Manchete dos Jornais deste domingo, 31 de maio de 2015

97

Aparelhamento político gera nova crise nos Correios
Cenário de flagrante de pagamento de propina que há dez anos detonou o escândalo do mensalão, os Correios vivem crise em meio a denúncias de aparelhamento político, informa Alexandre Rodrigues. Dos 28 diretores regionais, 16 são do PT. Lucro da estatal despencou 97% em 2014 com o controle de tarifas postais e recorde no atraso de encomendas. O fundo de pensão tem déficit de R$ 5,7 bilhões…

————————————————————————————

O Globo

Pobreza extrema no Rio é a maior do Sul-Sudeste
Estado tem 565 mil pessoas, 3,77% de sua população, vivendo na penúria
Renda per capita das famílias é inferior a R$ 140. Muitas não contam com programas sociais
O Estado do Rio tem 565.135 pessoas (3,77% da população) abaixo da linha da miséria, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O percentual é o maior entre todos os estados do Sul e do Sudeste, superando apenas os do Norte-Nordeste e Mato Grosso no Centro-Oeste, relatam Maria Elisa Alves e Rafael Galdo. Com renda per capita inferior a R$ 140, essas famílias são marcadas pelo desemprego e pela fome. Sem documentos, uma legião de invisíveis tem acesso a programas sociais. Para especialistas, uma das explicações é o baixo desenvolvimento econômico do interior. Páginas 29.

Crise corta emprego de renda alta
Levantamento mostra que houve mais cortes em empregos com melhores salários. Este ano, foram fechados 137 mil postos de trabalho com carteira. Houve contratação em áreas de renda menor, como telemarketing e serviços gerais, além de educação e saúde. Páginas 27 e 28.

Uma ditadura mais sofisticada
Dono do jornal “El Nacional”, Miguel Henrique Otero não pode voltar à Venezuela e diz que o governo manda na Justiça. Na OEA, suspeita de alinhamento ideológico de juízes candidatos à Corte de Direitos Humanos desperta temores. Página 48.

Aparelhamento político gera nova crise nos Correios
Cenário de flagrante de pagamento de propina que há dez anos detonou o escândalo do mensalão, os Correios vivem crise em meio a denúncias de aparelhamento político, informa Alexandre Rodrigues. Dos 28 diretores regionais, 16 são do PT. Lucro da estatal despencou 97% em 2014 com o controle de tarifas postais e recorde no atraso de encomendas. O fundo de pensão tem déficit de R$ 5,7 bilhões. Página 3.
————————————————————————————

Zero Hora

Porto Alegre, cidade ocupada
Venda ilegal de lotes, ações planejadas com imagens aéreas, fila de espera, recrutamento de famílias e retaguarda jurídica em contratos de até R$ 100 mil alimentam mercado que explora pessoas em situação social vulnerável – como os moradores da Ocupação Progresso, no bairro Sarandi (foto) – e multiplicam o número de invasões na Capital e região. Notícias, 13 a 18.

Fifagate
O futuro da Fifa, do futebol brasileiro e dos personagens do grande escândalo
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Temer reconhece erros do governo e pede paciência
Para vice-presidente e articulador do Planalto, 2015 deve ser um ano de ‘compreensão’
Responsável pela articulação política do Planalto, o vice-presidente, Michel Temei (PMDB), disse que o governo cometeu “equívocos” no primeiro mandato de Dilma e admitiu, em entrevista a Valdo Cruz e Natuza Nery, que isso pesou na decepção do eleitor com a presidente.
Confrontado com o fato de o governo da petista ser acusado de não admitir erros, declarou: “Eu sou governo e estou reconhecendo equívocos”. Citou entre eles as “pedaladas fiscais” -o uso de bancos públicos para pagar despesas e obter artificialmente superávit nas contas.
Temer, 74, pede às pessoas “compreensão” até que as medidas de correção de rumo do país surtam efeito. “O povo tem que aguardar essas decisões do ajuste, verificar como a economia e a política se comportam até o fim do ano para depois fazer uma avaliação definitiva.”
Ele afirmou que passou a dormir menos paia conseguir lidar com “certa desarticulação” na relação do Planalto com o Congresso. Disse que deixará a função se seus acertos não vingarem. E adiantou que o PMDB deve lançar candidato à Presidência em 2018. Poder A4 e A5.

Para chefe da Fifa, ação dos EUA é revanchismo
Joseph Blatter, presidente da Fifa, acusou os EUA de revanchismo ao comandarem operação na Suíça que prendeu na quarta (27) sete cartolas, entre eles José Maria Marin, ex-chefe da CBF, acusados de corrupção.
“Os americanos eram candidatos para a Copa do Mundo de 2002 e perderam”, disse o suíço, que dirige a entidade máxima do futebol desde 1998 e foi reeleito há dois dias para novo mandato, até 2019. Esporte B3.

Produtividade de 1 americano vale a de 4 brasileiros
A produtividade de um trabalhador norte-americano equivale à de quatro brasileiros – o indicador mede a contribuição per capita para o PIB. Essa distância reflete, por exemplo, a baixa qualificação da mão de obra local. O índice atual do Brasil se assemelha ao patamar do país nos anos 1950. Mercado A25.

Para mudar política, indignação das ruas deve originar partido
A criação e a vitória do Podemos, sigla derivada dos “indignados” espanhóis apontam rumos para manifestantes brasileiros que querem mudar a política. Mundo A17.
————————————————————————————

Veja

Padrão Fifa
A prisão dos cartolas na Suíça é o começo de uma era de transparência que pode fazer o futebol ser de novo a alegria do povo

Tudo parado
Os erros que fizeram do Ceará um monumento da falta de planejamento no Brasil

Dor no bolso
Por que os preços nos supermercados sobem mais do que a inflação
————————————————————————————

Época

Que país era este?
Como seria Época num tempo em que Sarney era presidente, Paulo Coelho era roqueiro, Zico não errava pênalti – e já
faltava água em São Paulo

Fifa: A operação limpeza na cúpula do futebol

————————————————————————————

ISTOÉ

Corrupção padrão Fifa
A vida excêntrica dos cartolas que desviaram milhões de dólares. Como eles operavam e por que as investigações do FBI podem mudar o futebol.

Exclusivo
J. Hawilla: “Houve uma investigação. Mas delação não houve”.
Heróis: Os pilotos que salvam vidas em acidentes como o sofrido por Angélica e Luciano Huck

Educação: O apagão que o governo provoca nas universidades
————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

A recessão chegou, e agora?
1.Como ficam os empregos e o que fazer para mantê-los
2.Como proteger sua empresa e suas marcas

Como investir seu dinheiro em tempos de crise
A economia encolheu 0,2% no primeiro trimestre e está mais devagar ainda no segundo. A crise de confiança no governo Dilma tem gerado milhares de demissões e paralisado a produção das empresas de vários setores. Antes de melhorar, esse cenário deve piorar com a aprovação das medidas de ajuste e o aumento dos juros pelo Banco Central. É hora de respirar fundo e trabalhar.

Banco Santos: Justiça anula pena de Edemar Cid Ferreira
Fifa: o impacto do escândalo nas marcas patrocinadoras

————————————————————————————

Carta Capital

Se não fossem eles
Depois da Suíça, os EUA fazem o que o Brasil não fez: combater a corrupção no futebol

Dias de tormenta
Levy e Cunha experimentam os limites do poder, saem chamuscados, mas…
————————————————————————————

EBC



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *