Petrobras vai vender a refinaria de Pasadena, envolvida no escândalo
A refinaria de Pasadena, nos EUA, foi posta à venda pela Petrobras, que desembolsou US$ 1,2 bilhão pela unidade, hoje avaliada em no máximo US$ 300 milhões. Pasadena foi um dos epicentros do petrolão. Ao depor ontem, o ex-presidente Lula alegou desconhecer irregularidades na Petrobras e disse que as indicações políticas eram necessárias…
Jato de empresário
Acusado pela Lava-Jato de receber vantagens indevidas de empreiteiros, Lula viajou a Curitiba no jatinho do ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, empresário que esteve envolvido no mensalão tucano. E posou com políticos do PT, 11 deles alvos da Lava-Jato…


O Globo

Manchete: Lula atribui a Marisa decisões sobre tríplex e confirma reunião com Duque
‘Não solicitei, não recebi e não paguei (o imóvel)’
Ex-presidente diz que não soube de propinas
Petista afirma ser vítima de perseguição

Réu em cinco processos, o ex-presidente Lula depôs ontem pela primeira vez ao juiz Sergio Moro, da Lava-Jato, e negou as acusações de que teria recebido propina da OAS na forma de reserva do tríplex no Guarujá. O petista atribuiu à mulher, dona Marisa, morta em fevereiro, o interesse e as decisões sobre o imóvel. No depoimento de mais de cinco horas no processo do tríplex, Lula também negou ter tido conhecimento de corrupção na Petrobras, mas admitiu ter se encontrado com o ex-diretor da estatal Renato Duque e perguntado se ele tinha contas no exterior. O ex-presidente afirmou ter feito a pergunta porque ouvira “boatos de que estavam roubando dinheiro” na estatal, e o executivo — que já disse ao juiz que Lula comandava o esquema — era indicado pelo PT. (Pág. 3)

Jato de empresário
Acusado pela Lava-Jato de receber vantagens indevidas de empreiteiros, Lula viajou a Curitiba no jatinho do ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, empresário que esteve envolvido no mensalão tucano. E posou com políticos do PT, 11 deles alvos da Lava-Jato. (Págs. 5 e 7)

Petista nega até ter mantido influência no PT
Fundador e principal líder do PT, Lula negou ter mantido influência no partido nos oito anos de mandato e mesmo após deixar o cargo. Apesar de ter imposto várias decisões ao PT no período, disse que jamais o ex-tesoureiro do partido Vaccari prestou contas a ele. (Pág. 7)

MERVAL PEREIRA
Explicações do ex-presidente não batem com os fatos. (Pág. 4)

MÍRIAM LEITÃO
Lula tenta no discurso político escapar das acusações. (Pág. 22)

RICARDO NOBLAT
O Lula eloquente deu lugar a um Lula reticente. (Pág. 6)

JOSÉ CASADO
Como no mensalão, ex-presidente nada soube, viu ou assinou. (Pág. 5)

Menor inflação em dez anos pode levar a corte de 1,25 ponto nos juros (Pág. 21)

Petrobras vai vender a refinaria de Pasadena, envolvida no escândalo
A refinaria de Pasadena, nos EUA, foi posta à venda pela Petrobras, que desembolsou US$ 1,2 bilhão pela unidade, hoje avaliada em no máximo US$ 300 milhões. Pasadena foi um dos epicentros do petrolão. Ao depor ontem, o ex-presidente Lula alegou desconhecer irregularidades na Petrobras e disse que as indicações políticas eram necessárias. (Págs. 5 e 23)

IPTU: 500 mil podem perder isenção no Rio (Pág. 12)

Já presa, Adriana Ancelmo resgatou R$ 1,2 milhão (Pág. 9)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Interesse por triplex era de Marisa, diz Lula a Moro
Em quase cinco horas de depoimento, Lula nega propriedade de imóvel no Guarujá, que seria propina de empreiteira, e se diz vítima de perseguição: ‘Não solicitei, não paguei e não tenho triplex’
Oex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu, em quase cinco horas de depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, que esteve uma vez no triplex do Guarujá, em 2014, mas atribuiu à mulher, Marisa Letícia, morta em fevereiro, o interesse pelo imóvel. Lula disse que a mulher não fechou negócio porque “ela nunca gostou de praia” e ele identificou “quinhentos defeitos” no prédio, mas confirmou que tratou do apartamento, por duas vezes, com o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro. Réu em cinco ações penais, duas delas da Lava Jato, o petista responde por supostas vantagens indevidas recebidas para favorecer a construtora em contratos da Petrobrás. O ex-presidente afirmou ainda que é vítima de “caçada política” e que será candidato em 2018. “Estava encerrando minha carreira política. Agora, digo em alto e bom som que quero ser candidato à Presidência da República outra vez.” À noite, ao discursar para militantes, o petista chorou e alegou inocência. (POLÍTICA / PÁGS. A4 a A8)

Ex-presidente admite encontro com Duque
Lula admitiu encontro com o ex-diretor da Petrobrás Renato Duque. O petista queria saber sobre “boatos” de contas de Duque no exterior. (PÁG. A5)

Vera Magalhães
Mulher vira investidora
Marisa Letícia visitou o triplex mais de uma vez, mas não falava com o marido sobre isso. (PÁG. A4)

Marginais provocam desgaste na relação entre Alckmin e Doria
O relacionamento entre os tucanos Geraldo Alckmin e João Doria sofreu desgaste após a divulgação, pela Polícia Militar, de alta no número de acidentes com vítimas nas Marginais do Pinheiros e do Tietê e depois do anúncio de estudo de concessão das vias, que pegou Doria de surpresa, informa Adriana Ferraz. Eles negam desentendimentos. (POLÍTICA / PÁG. A11)

Inflação é a menor para abril desde 94
Com as despesas de luz e de combustíveis mais baixas, a inflação de abril registrou uma alta de 0,14%, o menor resultado para o mês desde 1994. Com isso, a inflação em 12 meses é de 4,08%. (ECONOMIA / PÁG. B1)

STF iguala herança para gay e hétero
Supremo Tribunal Federal decidiu que uniões estáveis homossexuais e heterossexuais têm direito ao mesmo regime de herança dos casamentos, em que o parceiro vivo recebe 50% dos bens. (METRÓPOLE / PÁG. A15)

Petrobrás coloca Pasadena à venda (Economia / Pág. B8)

Notas & Informações
Inflação cai, risco permanece
Inflação domada, essencial para o planejamento de longo prazo, só será possível com segura correção das finanças públicas. Falta mobilizar muita gente, em Brasília, para esse objetivo. (PÁG. A3)

Isso é que é impunidade
O caso de Maluf é digno das antologias de direito, como paradigma da Justiça que tarda e falha. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Lula nega posse de tríplex e atribui decisões a Marisa
Ex-presidente foi interrogado por Moro durante quase 5 horas em processo sobre propina da OAS
Em quase cinco horas de depoimento em processo no qual é acusado de receber propina da OAS, o ex-presidente Lula negou ter obtido vantagens indevidas. Foi o primeiro interrogatório dele pelo juiz Sergio Moro. O petista afirmou que nunca teve intenção de adquirir um apartamento tríplex no Guarujá. Segundo a Procuradoria, o imóvel integra benefícios de R$ 3,7 milhões recebidos em troca de vantagens à empreiteira em contratos. Lula atribuiu decisões sobre o tríplex a sua mulher, Marisa, morta em fevereiro. “Fui lá ver, coloquei 500 defeitos, voltei e nunca mais conversei com o Léo [Pinheiro, ex-presidente da OAS] sobre o apartamento.” Moro o questionou, então, sobre visita de Marisa ao tríplex em 2014. “Não sei se o senhor tem mulher, mas nem sempre ela pergunta para a gente o que vai fazer”, disse. O ex-presidente fez críticas à imprensa, que, diz, o criminaliza e demoniza. (Poder a4)

INDEX LAVA JATO
Petista teve reunião com Duque sobre conta no exterior
O ex-presidente Lula confirmou encontro com ex-di-retor da Petrobras após a Lava Jato para saber se ele tinha conta no exterior. “A pergunta que eu fiz para o [Renato] Duque foi simples: tem denúncias de que você tem dinheiro no exterior, pegando da Petrobras. Você tem conta no exterior? Ele disse: ‘Não tenho’. Acabou”, afirmou. (Poder A5)

Quero ser julgado pelo povo, discursa Lula após audiência (Poder A6)

IGOR GIELOW
Duelo anticlimático reforça discurso de vítima para eleição (Poder A9)

BERNARDO MELLO FRANCO
Contrariando Moro, depoimento não foi apenas ato banal’ (Opinião A2)

NELSON DE SÁ
Entre mesuras, embate põe até familiares no meio (Poder A6)

Entrevista Eliseu Padilha – Governo ainda pode reverter sua impopularidade
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, diz que o governo sabe que “a população não está contente”, mas espera reverter o quadro com o fim da recessão. Para ele, a maior conquista da gestão atê agora ê a aliança com o Legislativo. (Poder a10)

Com recessão, inflação cai abaixo do centro da meta (Mercado a15)

STF decide que união estável dá direito à herança igual a casamento (Cotidiano B6)

Petrobras põe à venda refinaria de Pasadena, nos EUA (Mercado a22)

Editoriais
Leia “Pragmatismo caro”, sobre programa de vantagens para devedores do fisco, e “Prisão nada temporária”, acerca de superlotação nas cadeias. (Opinião a2)

————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.