Manchete dos Jornais nesta segunda-feira, 25 de janeiro de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 25th janeiro 2016

Uso da máquina dará tom da eleição
Com a proibição de doações de empresas, dirigentes partidários avaliam que candidatos apoiados pela máquina pública se fortalecerão ainda mais nas eleições municipais. Segundo esses políticos, o Fundo Partidário é insuficiente para bancar campanhas.


O Globo

Manchete : Estados mais ricos cortam R$ 8,5 bi em investimentos
Em meio à crise, governos enxugam orçamento de 2016 e adiam obras
Em 2015, União reduziu gastos com infraestrutura em 38,5%, atingindo o menor patamar desde 2007
Levantamento feito com base nas leis orçamentárias estaduais mostra que grupo dos estados mais ricos planeja investir R$ 48,6 bilhões este ano, contra R$ 57,1 bilhões em 2015, mostra SÉRGIO ROXO. No Rio, apenas investimentos com linhas de financiamento específicas, como a expansão do metrô, estão garantidos, segundo o governo. Na esfera federal, segundo dados do Siafi, gastos da União em obras públicas ficaram em R$ 38,9 bilhões no ano passado, bem abaixo dos R$ 63,3 bilhões de 2014, conta DANILO FARIELLO. Há nove anos esse volume não ficava abaixo de R$ 40 bilhões. Estudo da CNI aponta as travas ao investimento no país. (Págs. 17 e 18)

Uso da máquina dará tom da eleição
Com a proibição de doações de empresas, dirigentes partidários avaliam que candidatos apoiados pela máquina pública se fortalecerão ainda mais nas eleições municipais. Segundo esses políticos, o Fundo Partidário é insuficiente para bancar campanhas. (Pág. 3)

Em Minas, prefeituras doam lotes a eleitores
MP mineiro abriu inquérito para apurar outras suspeitas de irregularidades, como distribuição de cestas básicas, cargos e material de construção. (Pág. 3)

Lula ameaça acionar promotor
A defesa do ex-presidente Lula estuda entrar com uma representação disciplinar no Conselho do Ministério Público contra o promotor que disse ter provas para processá-lo por ocultação de bens. Já a oposição diz que Lula precisa se explicar e tentará convocá-lo para depor na CPI dos Fundos de Pensão. (Pág. 6)

Olimpíadas preocupam – Comitê britânico alerta para zika
O Comitê Olímpico Britânico incluiu na preparação de seus atletas orientações para evitar picadas de mosquitos. (Pág. 11)

Antônio Gois
No Brasil, cerca de 20% dos jovens não trabalham ou estudam (Pág. 16)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Tribunal revê menos de 4% das decisões da Lava Jato
Instâncias superiores só aceitaram 16 recursos em sentenças de Moro, alvo de manifesto de advogados
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, teve até agora menos de 4%das decisões reformadas em tribunais superiores. Levantamento feito pela Procuradoria-Geral da República e pelo Estado mostra que foram apresentados ao menos 413 recursos entre março de 2014 e este mês. Do total, 16 reclamações dos defensores foram concedidas integralmente ou em parte e 313 (76%) negadas. Ainda estão em trâmite 85 habeas corpus. No STF, de 54 recursos, 4 foram concedidos, entre eles o que mandou soltar o publicitário Ricardo Hoffmann. Nos últimos dias, a divulgação de carta aberta em repúdio à Lava Jato, assinada por cerca de cem advogados, abriu polêmica com a magistratura e o Ministério Público. Os defensores afirmam que “magistrados das altas cortes estão sendo atacados ou colocados sob suspeita para não decidirem favoravelmente aos acusados”. O documento classificou a operação como “espécie de inquisição”. Para a Associação dos Juízes Federais, a carta é “fumaça”. (Política / PÁG. A4)

Noruega investiga propina
Apurações na Noruega apontam que ao menos R$ 140 milhões teriam sido pagos em propina a ex-diretores da Petrobrás e autoridades no Brasil para que empresas do país escandinavo fechassem acordo com a estatal. (Pág. A6)

PT quer barrar reforma de Dilma
As bancadas do PT na Câmara e no Senado e a direção nacional do partido tentarão barrar a reforma da Previdência do governo Dilma Rousseff. A proposta, apresentada pelo ministro Nelson Barbosa (Fazenda), também enfrenta resistência dos movimentos sociais. “Teremos dificuldade de passar na bancada o aumento da idade mínima para aposentadoria”, admitiu o líder do PT na Câmara, Sibá Machado. No dia 15 de fevereiro o presidente do partido, Rui Falcão, reúne o conselho consultivo para elaborar propostas na área econômica, entre elas temas ligados à Previdência. (Política/Pág. A8)

Rio ampliará ações contra zika em abril
A Secretaria Municipal de Saúde do Rio anunciou que intensificará, a partir de abril, ações de prevenção para evitar o avanço do zika vírus e de outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti durante os Jogos Olímpicos. Para especialistas, as medidas serão insuficientes. (Metrópole / Pág. A14)

Petróleo barato ameaça reservas
Como barril de petróleo cotado no patamar de US$ 30, a Petrobrás enfrenta dilema sobre o destino de quase 80% dos seus campos de produção. Por questão de escala, essas reservas menores são mais afetadas pela queda e, em alguns casos, geram prejuízo. (Economia / Pág. B4)

IR maior de agências vai encarecer ida ao exterior (Economia/B8)

Notas&Informações
Desencanto paulistano – De cada 10 habitantes, 7 sairiam de São Paulo, subjugada à irresponsabilidade de Haddad (A3)

O alto custo dos partidos – É urgente diminuir subsídios aos partidos. Deve caber ao cidadão mantê-los voluntariamente (A3)


capa (3)JOGOS DE AZAR
Jogatina pode ser legalizada no Brasil

“ESQUENTA”
Pré-carnaval eletrônico reúne 80 mil
CURITIBA
Falta de recurso ameaça implantação de programa de aluguel social em Curitiba
PÓS-KIRCHNERISMO
“Deterioração argentina é profunda”
SAÚDE
Estamos transformando dilemas cotidianos em problemas mentais?
DISPUTA JURÍDICA
Defesa de Lula avalia processar promotor
PATRIMÔNIO PÚBLICO
Cinco imóveis do governo federal serão vendidos em Curitiba
LINGUAGEM COLOQUIAL NO CELULAR
Professor cria aplicativo para traduzir regionalismos
INVESTIMENTOS
44% das obras federais ficaram sem verba
REGULAMENTAÇÃO
Ministério quer nova legislação para comércio eletrônico brasileiro
INDICADORES
Indexação, impostos e chuvas pressionam inflação
EXPANSÃO
Fábrica amplia linha de chocolates para superar a crise
PRODUÇÃO
Safra de café em 2016 deve ser a segunda maior da história, estima Conab
MERCADO
Startup da Hungria cria máquina de fazer cerveja em casa

 

 


Folha de S. Paulo

Manchete : Inquérito sobre ‘black blocs’ acaba sem acusar ninguém
Polícia Civil de SP também não identificou elo entre tática de vandalismo e MPL
Dois anos e cerca de 300 testemunhos depois, a principal investigação sobre a tática de destruição dos “black blocs” durante as manifestações de 2013 e 2014 foi concluída em São Paulo sem apontar qualquer responsável pelas ações. A cargo da Polícia Civil, o “inquérito-mãe” não conseguiu individualizar condutas criminosas e foi encerrado em setembro. Há ainda16 inquéritos menores em curso. Diversos protestos contra a alta das tarifas e a Copa terminaram em vandalismo. A investigação também não estabeleceu conexão entre “black blocs” e o MPL (Movimento Passe Livre). Segundo a Folha apurou, a maioria dos investigados não tinha linha ideológica e aderia ao quebra-quebra nos atos pelo efeito “manada”. O “inquérito-mãe” causou divergências entre entidades de direitos humanos, que alegam criminalização de movimentos sociais, e parte da polícia, defensora de detenções prévias de mascarados a fim de se antecipar à prática de crimes. (Cotidiano B8)

Entrevista da 2a. – Kátia Abreu : Temos de ser mais agressivos e abrir mais mercados
A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, afirma que, para sair da crise, o Brasil precisa ser mais ambicioso e agressivo e acabar com a proteção para alguns setores da indústria. “Quando você abre um mercado, é claro que uns adoecem e outros falecem, mas é o jogo.” (Pág. a10)

Verba de energia e infraestrutura deve crescer, diz BNDES
O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, declarou à Folha em Davos, durante o Fórum Econômico Mundial, que o banco de fomento pretende ampliar em 10% os desembolsos para infraestrutura e energia neste ano. Segundo ele, o montante deve ser de R$ 35 bilhões. (Folhainvest a13)

PT apostará em candidaturas próprias para as prefeituras
O PT prepara uma série de candidaturas próprias a prefeituras, a fim de fortalecer a imagem do partido e a do governo federal. “Teremos candidatos no maior número possível de cidades, principalmente nas com mais de 200 mil eleitores”, diz Alberto Cantalice, vice-presidente nacional do PT. (Poder a4)

Depois de o PSDB pedir a extinção do PT, FHC afirma ser contra (a6)

Na Rio-2016, Brasil mais uma vez será vítima da propaganda enganosa (Esporte 3)

Editoriais

Leia “Apesar do Brasil”, sobre riscos do cenário econômico internacional, e “Conselho de elite”, acerca de tentativas do governo Dilma de obter apoio. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2016

Compartilhe nossa Matéria