Manchete dos Jornais nesta sexta-feira, 06 de novembro de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 6th novembro 2015

Oposição e PMDB traçam nova estratégia para impeachment
Com o desgaste sofrido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a oposição começou a construir uma nova estratégia para levar em frente o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Apoiados por parte do PMDB, parlamentares tentarão postergar para o ano que vem a votação da mudança da meta fiscal de 2015. Assim, Dilma iria infringir a legislação neste mandato, dando aos oposicionistas o que seria o argumento mais consistente para tirá-la do cargo no retorno dos trabalhos legislativos em 2016. A estratégia é considerada boa pelos oposicionistas por abrir caminho para o afastamento de Dilma sem precisar recorrer à rejeição das contas de 2014 pelo Tribunal de Contas da União (TCU) devido às “pedaladas fiscais”


O Globo

Manchete : Cunha dirá que dinheiro na Suíça é da venda de carne
Presidente da Câmara vai alegar que não tem contas, mas offshores
Escolhido como relator do processo contra o peemedebista no Conselho de Ética, deputado Fausto Pinato (PRB-SP) disse que tende a aceitar denúncia
Em sua defesa no Conselho de Ética, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, admitirá que tinha dinheiro na Suíça, mas que era originário de trabalho como “corretor internacional” e que exportava carne nos anos 80, segundo revelou a aliados . Cunha dirá ainda que as contas na Suíça pertencem a offshores e não a ele. O relator do processo no Conselho de Ética, Fausto Pinato, disse que tende a aceitar a denúncia. (Pág. 8 e Merval Pereira)

‘Não temo ser preso’, diz Lula sobre ações da PF
Em entrevista, o ex-presidente Lula negou ter tido conversas sobre ilícitos com empresários e disse não temer ser preso. (Pág. 10 e Míriam Leitão)

Com novo reajuste, luz sobe 56% no Rio no ano
A Aneel autorizou a Light a reajustar as tarifas para os consumidores residenciais em 15,99% a partir deste sábado. Para a indústria e o comércio, a alta será maior, de até 17,28%. Na média, a conta de luz dos 3,7 milhões de clientes da Light vai subir 56% este ano, considerando o reajuste extra ocorrido em fevereiro e a bandeira vermelha, que eleva as tarifas em período de escassez de chuvas e está em vigor desde janeiro. (Pág. 21)

Mar de lama destrói distrito de Mariana
O rompimento de uma barragem de re jeitos de mineração provocou enxurrada de lama que destruiu parte do distrito de Bento Rodrigues , na cidade histórica de Mariana, em Minas. Até o fim da noite de ontem , uma morte foi oficialmente confirmada, mas, segundo um sindicato do setor , havia ao menos 45 pessoas desaparecidas, entre trabalhadores da mineradora Samarco e moradores do local. (Págs. 3 e 4)

Levy e o ‘monstro’ da CPMF
Em palestra na Fiesp , o ministro Levy defendeu a importância da criação da CPMF para o ajuste fiscal, mas admitiu que o tributo enfrenta resistência dos empresários: “Sei que os senhores aqui não gostam desse monstro” . (Pág. 22)

Mudança climática – Brasileiro é o mais preocupado
Uma pesquisa em 40 países sobre o aquecimento global revela que a preocupação é maior no Brasil. (Pág. 26)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Pacto com Cunha e Renan poupa Lula e filho em CPIs
Acordo de não agressão com peemedebistas foi negociado por ex-presidente e também blindou ex-ministros
Aliados dos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), atuaram ontem em duas CPIs para evitar convocação de ex-ministros e do filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ação coordenada ocorre uma semana após Lula pedir ao PT para poupar Cunha de críticas. A blindagem a Lula é resultado de conversas dele e de outros petistas com aliados de Cunha e Renan nas últimas semanas. Os dois grupos firmaram pacto de não agressão que envolve interesses de PT, PMDB e de políticos investigados na Operação Lava Jato. Ontem, na CPI do Senado que apura irregularidades no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), governistas liderados por PT e PMDB derrubaram requerimento de convocação de Luís Cláudio Lula da Silva e impediram que os ex-ministros Erenice Guerra e Gilberto Carvalho fossem chamados. Na Câmara, aliados de Cunha ajudaram o PT a rejeitar convocação do ex-ministro Antonio Palocci na CPI do BNDES. (Política/Pág. A4)

Ex-presidente diz que não teme ser preso
Lula afirmou ao telejornal SBT Brasil que não teme ser preso em razão da Operação Lava Jato. (Pág. A4)

Deputado atribui dinheiro na Suíça a carne enlatada
Acusado de receber US$ 5 milhões em propina, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, alegará em sua defesa no Conselho de Ética que desconhece a origem do depósito de 1,3 milhão de francos suíços feito em seu favor em 2011 na Suíça e que todo o dinheiro que tem fora do País veio da venda de carne enlatada para a África e de operações no mercado financeiro. (Política/Pág. A6)

Relator é estreante na Câmara
Advogado, 38 anos, Fausto Pinato (PRB-SP) disse que tratará Eduardo Cunha como “deputado comum”. (Pág. A7)
BC admite que meta de inflação só será atingida em 2017
O BC prometeu “fazer o que for necessário” para levar a inflação à meta de 4,5% em 2017. A autoridade monetária não descarta aumentar os juros, atualmente em 14,25%, mesmo com a economia em recessão. (Economia / Pág. A7)

Fórmula 85/95 para aposentadoria já vale
Regra que soma idade e tempo de contribuição foi sancionada. Aposentadoria com base no fator previdenciário continua em vigor. (Economia / Pág. 11)

São Paulo registra um crime por semana contra gay (Metrópole / Pág. A14)

Enxurrada de lama soterra e mata em Mariana
Uma barragem de rejeitos da mineradora Samarco se rompeu na tarde de ontem em Mariana, a cerca de 110km de Belo Horizonte, causando uma enxurrada de lama que matou ao menos sete pessoas no distrito de Bento Rodrigues. (Metrópole/Pág. A13)

Fernando Gabeira
Memórias da salvação – Das diretas para cá, o clima se degradou. Lula movimenta fortunas na conta bancária, Collor tem seus carros. E, no fundo, a sirene do camburão. (Espaço Aberto/Pág. A2)

Notas&Informações
O predomínio da imoralidade – Será uma surpresa se não houver conchavo na análise dos crimes da presidente na área fiscal. (Pág. A3)

Deliberadamente confuso – Para supostamente regulamentar o direito de resposta, o Congresso aprovou projeto inconstitucional. (Pág. A3)


Gazeta do Povo

CRISE POLÍTICA
Manchete: Oposição e PMDB traçam nova estratégia para impeachment
Com o desgaste sofrido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a oposição começou a construir uma nova estratégia para levar em frente o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Apoiados por parte do PMDB, parlamentares tentarão postergar para o ano que vem a votação da mudança da meta fiscal de 2015. Assim, Dilma iria infringir a legislação neste mandato, dando aos oposicionistas o que seria o argumento mais consistente para tirá-la do cargo no retorno dos trabalhos legislativos em 2016. A estratégia é considerada boa pelos oposicionistas por abrir caminho para o afastamento de Dilma sem precisar recorrer à rejeição das contas de 2014 pelo Tribunal de Contas da União (TCU) devido às “pedaladas fiscais”

CONSELHO DE ÉTICA
Relator fala em aceitar denúncia contra Cunha
Escolhido para relatar o pedido de cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), o deputado Fausto Pinato (PRB) afirmou ontem que há uma “grande possibilidade” de dar seguimento ao caso, em vez de arquivá-lo

PREVIDÊNCIA SOCIAL
Nova fórmula de aposentadoria começa a valer
A presidente Dilma Rousseff sancionou ontem a regra de aposentadorias chamada de 85/95, que é uma combinação de tempo de contribuição e idade. A fórmula sofre alteração a partir de 2018 até chegar a 90/100

PRODUÇÃO
Greve começa a afetar produção de combustível
A Federação Única dos Petroleiros afirmou que a greve já afeta a produção nas duas principais refinarias do país, em Duque de Caxias (RJ) e Paulínia (SP). Ainda não há, porém, problemas de abastecimento nos postos

TRAGÉDIA
Tragédia em Minas Gerais
Uma barragem de contenção de rejeitos de uma mineradora se rompeu ontem, no subdistrito de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais. A lama arrastou carros e caminhões e encobriu parte das casas do subdistrito. Pelo menos 25 funcionários da empresa responsável pela barragem, estavam desaparecidos e um morreu


Zero Hora

Manchete : Aposentadoria com a regra 85/95 agora é lei
Dilma sancionou sistema aprovado pelo Congresso que considera soma de idade e tempo de contribuição como alternativa ao fator previdenciário. Presidente vetou a desaposentação. (Notícias | 6, 7 e 18)

TJ paga até R$ 33,5 mil em auxílios atrasados (Rosane de Oliveira | 8)


Folha de S. Paulo

Manchete : Lula afirma que não tem medo de ser preso pela PF
Em entrevista a telejornal, ex-presidente nega ter tido qualquer conversa ilícita
O ex-presidente Lula (PT) afirmou nesta quinta (5) que não tem medo de ser preso pelas operações Lava Jato ou Zelotes, que investigam esquemas de desvios na Petrobras e denúncias de suposta compra de medidas provisórias, respectivamente. “Duvido que tenha alguém nesse país —do pior inimigo meu ao melhor amigo meu, qualquer empresário pequeno ou grande — que diga que um dia teve alguma conversa comigo ilícita.” A declaração foi dada em entrevista ao telejornal “SBT Brasil”. Lula disse também estar disposto a ser candidato à Presidência em 2018 para defender o projeto de governo das gestões petistas. O ex-presidente negou as acusações de estelionato eleitoral para reeleger Dilma Rousseff no ano passado. “Depois da campanha, percebeu-se que estava saindo mais dinheiro do que entrando”, afirmou. Ele admitiu erros do governo, como o tamanho da política de desonerações e a manutenção do preço da gasolina em 2012. (Poder a8)

Relator deve dar sequência ao processo contra Cunha
Relator no Conselho de Ética do processo de cassação contra Eduardo Cunha, Fausto Pinato (PRB-SP) indicou que aceitará a denúncia contra o presidente da Câmara. Ele afirmou que o peemedebista “vai ser julgado como um deputado comum”. Acusado de participar do esquema de corrupção na Petrobras, Cunha nega. (Poder a4)

Dilma sanciona nova regra para aposentadorias
A presidente Dilma Rousseff sancionou regra mais favorável para as aposentadorias. Ela autorizou a fórmula chamada de 85/95, que soma o tempo de contribuição à idade e funcionará como alternativa ao fator previdenciário. (Mercado a23)

Falta de clareza em projeto de lei sobre aborto acirra polêmica (Cotidiano B4)

Maldito diário
Tem causado desconforto no meio político o primeiro volume de “Diários da Presidência”, do tucano Fernando Henrique Cardoso. Michel Temer, vice de Dilma, ligou para o ex-presidente para desfazer um “mal-entendido” no livro. Para José Sarney, o conteúdo é “desnecessário” e “deselegante”. FHC chama o ex-presidente de “democrata tardio” na obra. (Poder a10)

No Rio, cotado à sucessão de Paes admite agressão a ex
Pré-candidato à sucessão de Eduardo Paes (PMDB), o secretário de governo do Rio, Pedro Paulo, admitiu à Folha que agrediu a ex-mulher, mas disse que a briga foi uma discussão de casal que fugiu do controle. “Foi um episódio triste, mas superamos.” Desde a revelação do caso, há três semanas, o secretário usava uma nota assinada pela ex, Alexandra Marcondes, em que ela negava o ocorrido. Na terça (3), ela confirmou as agressões ao Ministério Público. (Poder a9)

Em MG, barragem de mineradora se rompe e encobre cidade de lama (Cotidiano B3)

Editoriais
Leia “Petrobras capturada”, acerca da greve dos petroleiros, e “A força da água”, a respeito de pesquisa sobre a atuação de Alckmin na crise hídrica. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, 06 de Novembro de 2015

Compartilhe nossa Matéria