Manchete dos Jornais nesta terça-feira, 08 de dezembro de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 8th dezembro 2015

O Jogo
Ao adiar a instalação da comissão do impeachment, peemedebista contraria interesse do Planalto em agilizar o processo e abre a possibilidade de dissidentes da base estarem no grupo. De quebra, atrapalha sessão do Conselho de Ética que pode indicar sua cassação devido às contas na Suíça…


O Globo

Manchete : Carta de Temer a Dilma com queixas agrava crise
Vice enumera episódios de suposta desconfiança da presidente
Parte do PMDB, oposição e Cunha articulam e conseguem adiar indicação de nomes para Comissão Especial, contrariando o Planalto; manobra deve beneficiar o presidente da Câmara no Conselho de Ética
Em carta enviada ontem à presidente Dilma, o vice Michel Temer usa tom duro para desabafar, relacionando episódios em que a aliada teria demonstrado não confiar nele e no PMDB. “A senhora não confia em mim”, diz o texto, segundo JORGE BASTOS MORENO. A carta elevou a animosidade entre Dilma e Temer, ainda mais afastados desde que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, aceitou o pedido de impeachment. PMDB, oposição e Cunha conseguiram adiar a formação da Comissão Especial do impeachment, contrariando o Planalto. (Págs. 3 a 7)

Presidente propõe convocar Congresso
A presidente defendeu ontem a convocação do Congresso no recesso para agilizar a votação do impeachment. “Não podemos nos dar o direito de parar o país”, disse ela, lembrando a gravidade da crise. (Pág. 5)

Rio e São Paulo reagem ao ‘Aedes’
O governo do Rio anunciará hoje campanha de combate ao mosquito, e São Paulo promete para 2016 um exame de detecção de vestígios do zika mesmo depois da fase aguda da doença. Especialistas esclarecem quais vírus são transmitidos pelo Aedes aegypti. (Pág. 25)

Crise no Rio – Gasto de custeio do MP cresce 48%
Enquanto o estado está na penúria, o custeio do Ministério Público cresceu 48% este ano. Somando a alta dos gastos no Tribunal de Justiça e no TCE, a torneira aberta chega a R$ 222 milhões extras em 2015. (Pág. 10)

Mercado mais informal – Cresce trabalho sem remuneração
Na crise, cresce o número de pessoas que trabalham sem remuneração, como ajudantes em negócios de familiares. No ano passado, o avanço foi de 18%. Havia 2,65 milhões nessa situação em setembro. (Pág. 19)
Concurso no Itamaraty – MP investiga fraudes em cotas

O Ministério Público no Distrito Federal tenta impedir que cinco candidatos aprovados para a carreira de diplomata tomem posse. Brancos, eles se declararam negros para concorrer pelas cotas. (Pág. 8)

Vitória da oposição acua o chavismo
Maduro admite derrota, e MUD diz ter maioria ampla
A oposição venezuelana informou ter obtido 112 de 167 cadeiras no pleito legislativo, o que lhe daria maioria qualificada de dois terços na Assembleia Nacional, suficiente para reformar a Constituição ou convocar Constituinte. O CNE não confirmou, mas o presidente Maduro admitiu a derrota, a maior em 16 anos de chavismo. O presidente eleito da Argentina, Macri, desistiu de tirar a Venezuela do Mercosul. (Págs. 28 e 29)

Colunistas

Merval Pereira – Carta esgarçou mais a relação (Pág. 4)

José Casado – Temer é inimigo íntimo de Dilma (Pág. 17)

Míriam Leitão – Aplicar a lei não é dar golpe (Pág. 20)


O Estado de S. Paulo

Manchete : A Dilma,Temer diz ser ‘vice decorativo’ e ‘menosprezado’
Vice reclama, em carta à presidente, da desconfiança em relação a ele e ao PMDB; Planalto avalia que foi mais um passo para rompimento com governo
O vice-presidente Michel Temer enviou carta ontem a Dilma Rousseff na qual se queixa de “absoluta desconfiança” em relação a ele e ao PMDB. Para o Planalto, foi mais um passo rumo ao rompimento. Em 11 pontos, Temer detalha o desgaste da relação desde 2011, alega que passou os quatro primeiros anos como “vice decorativo” e perdeu seu protagonismo político para afiançar o projeto de Dilma. Diz que o partido só se manteve na chapa por causa dele, mas, em troca, recebeu “menosprezo”. “Tenho mantido a unidade do PMDB apoiando seu governo, usando o prestígio político que tenho, advindo da credibilidade e do respeito que granjeei no partido. Isso tudo não gerou confiança em mim. Gera desconfiança e menosprezo.”O vice ainda se queixou da escolha de Leonardo Picciani na Câmara para indicar nomes à comissão que analisará o pedido de impeachment. Não se sabe qual dos lados deixou vazar a carta. O Planalto mandou o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, telefonar para Temer, mas ele não atendeu. De manhã, Dilma havia dito que “sempre confiou” nele. (Política/Pág. A4)

Encontro com empresários
Em evento ontem em São Paulo, Michel Temer foi saudado como “presidente” e aplaudido por lideranças do setor produtivo. Ele se apresentou como “ponte”para o País crescer. (Pág. 4)

Cunha adia votação de comissão do impeachment
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha ( PMDB-RJ), adiou para hoje a votação dos integrantes da comissão especial que decidirá pela procedência ou arquivamento do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Disputas internas nas bancadas de partidos como o PMDB provocaram a criação de uma chapa avulsa com nomes mais oposicionistas. Dilma defendeu a convocação extraordinária do Congresso para acelerar as votações. “Não podemos nos dar o direito de parar o País”, disse. (Política/Págs. A5 e A6)

Delcídio e Esteves denunciados
A Procuradoria-Geral da República apresentou ontem ao STF denúncia contra o senador Delcídio Amaral (PT-MS) e o banqueiro André Esteves, presos na Operação Lava Jato. (Pág. A6)

Oposição vence e faz planos na Venezuela
Após conquistar a maioria dos assentos no Legislativo na eleição de domingo, a oposição venezuelana trabalha para reduzir o poder do chavismo no governo, informa o enviado especial Felipe Corazza. Resultados parciais davam à oposição 99 cadeiras, ante 46 aos governistas. Os líderes da MUD projetavam obter 2/3 da Assembleia Nacional. (Internacional/A11)

SP apura 18 casos de microcefalia
Ao menos 18 casos de microcefalia suspeitos de relação com zika vírus são investigados em cidades paulistas. Estado lançou plano de combate a doenças do Aedes aegypty. (Metrópole/A14)

Fifa investiga Del Nero por suspeita de propina
Licenciado da presidência da CBF, Marco Polo Del Nero é investigado pela Fifa porque teria recebido propina na Copa de 2014. Dirigente pode ser banido do futebol. CBF informou que não falaria sobre o caso. (Esporte/A19)
Nem Black Friday salva comércio em novembro (Economia/B1)

Haddad anuncia corte de 20% dos gastos (Metrópole/A15)

José Paulo Kupfer
Depois do impeachment – A aprovação de reformas estruturais pressupõe disposição e sensibilidade para negociar consensos mínimos (Economia/B4)

Notas&Informações
O que Dilma pode oferecer – Pergunta inevitável: o que o governo do PT teria a oferecer aos empresários, à “elite”? (Pág. A3)

O Brasil vulnerável – A política e os impasses do ajuste fiscal aumentam a vulnerabilidade. Quem olha para isso em Brasília ? (Pág. A3)


Gazeta do Povo

Manchete: O Jogo
Ao adiar a instalação da comissão do impeachment, peemedebista contraria interesse do Planalto em agilizar o processo e abre a possibilidade de dissidentes da base estarem no grupo. De quebra, atrapalha sessão do Conselho de Ética que pode indicar sua cassação devido às contas na Suíça…

RODOVIAS FEDERAIS
Richa vai a Brasília negociar prorrogação do pedágio
TRIBUTOS
Receita abre sem querer consulta a lote do IR e volta atrás
CURITIBA E RMC
Sem greve: empresas de ônibus e trabalhadores fecham acordo no TRT
ZIKA VÍRUS
Dilma se reunirá com governadores para discutir plano para conter surto de microcefalia
TRIBUTOS
Fazenda envia à Casa Civil projeto de reforma do PIS/Pasep
VITÓRIA DA OPOSIÇÃO
Venezuela aponta um “ciclo à direita”
EDUCAÇÃO INTEGRAL
Comunidade ajuda a diversificar ensino nas escolas públicas
CRISE POLÍTICA
A favor do impeachment de Dilma? Beto Richa fica em cima do muro
XADREZ DA POLÍTICA
A jogada de Cunha contra Dilma
XADREZ DA POLÍTICA
O contra-ataque da presidente Dilma
PRESIDENTE E VICE
Dilma e Temer: uma relação na corda-bamba
PARANÁ
Richa devolve R$ 3,7 mil em diárias de viagem com escala em Paris
ESTRADAS
Assembleia vota instalação de pedagiômetro no Paraná
VENDAS
Mesmo com Black Friday, comércio teve recuo de 0,3% em novembro
FUSÃO
Cade inclui Sindicato dos Bancários no processo de compra do HSBC pelo Bradesco


Folha de S. Paulo

Manchete : Chavismo sofre nas urnas seu pior revés em 16 anos
Oposição conquista maioria das cadeiras parlamentares na Venezuela e promete anistia a presos do governo Maduro
Em uma vitória histórica, a oposição conquistou a maioria da Assembleia Nacional da Venezuela na eleição de domingo ( 6) e pôs fim à hegemonia de 16 anos do governo chavista. Segundo apuração preliminar, candidatos opositores conquistaram ao menos 99 das 167 cadeiras do Parlamento unicameral. (…) Apesar do temor de fraudes nos últimos meses, a eleição recebeu elogios da comunidade internacional. “Se respeita o resultado democrático”, afirmou a presidente Dilma, em indireta a adversários internos. (Mundo/A10)

Temer consulta PMDB antes de se definir sobre o impeachment
O peemedebista Eliseu Padilha, ex-ministro da Aviação Civil, disse que Michel Temer, vice de Dilma e presidente do PMDB, iniciou consulta às várias instâncias da sigla para definir sua posição sobre o pedido de impeachment da petista. Segundo Padilha, o PMDB está dividido sobre o tema. A declaração alarmou o Planalto, que conta com uma declaração de Temer contrária ao processo. (Poder a4)

Cunha adia para hoje a eleição da comissão que avaliará deposição (Poder A6)

Pressa
Interessada em rápida resolução da questão do impeachment, Dilma defendeu, devido às crises ‘política e econômica’, a convocação do Congresso em janeiro. (Poder a5)

Advogado critica caça às bruxas contra a corrupção
O advogado Augusto de Arruda Botelho, presidente do IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa),afirma que o combate à corrupção é fundamental, mas deve respeitar garantias do Estado democrático de Direito. Para ele, há falta de acesso às informações da acusação na Operação Lava Jato. “Incomoda esse discurso de caça às bruxas”, diz. (Poder a9)

Revisão em usinas deve elevar conta de luz em 2016
Uma redução na capacidade das hidrelétricas, em revisão feita pelo governo, deve elevar a conta de luz. Há menos água nas usinas devido à seca e a outros fatores. As distribuidoras usarão energia mais cara, de fontes alternativas, e devem repassar o custo ao cliente. (Mercado a15)

Secretário de SP sugere não adiar gravidez pelo zika
Apesar do avanço dos casos de microcefalia no país, relacionado à disseminação do vírus zika, o secretário da Saúde de São Paulo, David Uip, declarou que mulheres do Estado não precisam evitar a gravidez. Ele sugere, porém, não ir a regiões epidêmicas, como o Nordeste. No Recife, o Exército iniciou ação contra o mosquito vetor do vírus. (Cotidiano b4)

Mercado piora projeção e prevê retração de 3,5% no PIB deste ano (Mercado A18)

Mario Sergio Conti
Brasil regride à era Sarney, com o povo condenado às galés
A queda já ocorreu, pois PT, PSDB e PMDB adotaram a mesma divisa: nada pelo social. Os pobres devem gramar de sol a sol. No dia de São Nunca os partidos verão o que fazer com hospitais e escolas. Dane-se o sofrimento. Naufragar é preciso. (Poder a7)

Editoriais
Leia “Bofetada em Caracas”, sobre resultado de eleições legislativas na Venezuela, e “Fora do jogo”, acerca de números da inadimplência no país. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, 08 de Dezembro de 2015

Compartilhe nossa Matéria