Dramas e dores da Gente Inocente
Velórios nas casas das vítimas tornaram ainda mais dramático o dia em Janaúba, no norte de Minas, onde o vigilante Damião Soares dos Santos matou sete crianças e uma professora da Creche Gente Inocente, conta o enviado especial SÉRGIO ROXO. Familiares estavam inconsoláveis. “Deus precisou de você, mas eu preciso mais”, dizia Fernanda da Conceição Rodrigues, mãe de Luiz Davi, de 4 anos. O sepultamento do assassino não teve parentes nem amigos…
MP reforça acusações contra Lula
O MPF pediu à 2ª instância (TRF-4) que aumente a pena de 9 anos de prisão imposta pelo juiz Sergio Moro ao ex-presidente Lula no caso do tríplex no Guarujá. Em outro pedido à Justiça, o MP considerou “ideologicamente falsos” recibos de aluguel apresentados por Lula…
Violência faz 7 em cada 10 desejarem deixar o Rio
Datafolha mostra que 24% tiveram amigo ou parente ferido por tiro recentemente
A atual onda de violência no Rio despertou na população o desejo de deixar a cidade. Segundo o Datafolha, 72% dos moradores dizem que, se pudessem, iriam embora por essa razão. A vontade é majoritária em todas as regiões e faixas socioeconômicas do levantamento, que ouviu 812 pessoas…
———————————————————————————-

O Globo

Manchete : Pressão leva Temer a vetar censura eleitoral na internet
TSE ainda terá de resolver alguns pontos, como o voto impresso
Tribunal prevê problemas para implantar regra que autoriza pré-candidatos a arrecadar recursos a partir de maio; barreira a partidos nanicos valerá já para 2018, mas fim das coligações só em 2020
Ao sancionar ontem a nova lei eleitoral, que valerá para as eleições de 2018, o presidente Temer vetou a emenda que abriria caminho para a censura na internet. O texto dizia que sites teriam de retirar conteúdo do ar, sem decisão judicial, a pedido de candidatos. Diante da forte reação, o deputado Áureo, autor da emenda, se disse arrependido e pediu o veto. A lei sancionada inclui fundo público de R$ 2 bilhões para financiar campanhas e cláusula para barrar partidos nanicos. O presidente do TSE, Gilmar Mendes, disse que não há verba para adotar o voto impresso, previsto na lei. O tribunal terá de decidir sobre o limite de autofinanciamento dos candidatos. (Pág. 3)

EDITORIAL – ‘Surto de censura requer aplicação da Carta’ (Pág. 16)

MÍRIAM LEITÃO – Figura do esperto do jabuti precisa ser abolida do Congresso brasileiro. (Pág. 20)

MP reforça acusações contra Lula
O MPF pediu à 2ª instância (TRF-4) que aumente a pena de 9 anos de prisão imposta pelo juiz Sergio Moro ao ex-presidente Lula no caso do tríplex no Guarujá. Em outro pedido à Justiça, o MP considerou “ideologicamente falsos” recibos de aluguel apresentados por Lula. (Pág. 4)

Após prisão de Nuzman, COI corta verba do Brasil (Págs. 29 e 30)

Usuário de crack perde ajuda no Rio
Apesar de ter dado posse ontem ao secretário de Assistência Social na cracolândia da Avenida Brasil, o prefeito Crivella suspendeu o projeto Casa Viva, de ajuda a dependentes. (Pág. 10)

Dramas e dores da Gente Inocente
Velórios nas casas das vítimas tornaram ainda mais dramático o dia em Janaúba, no norte de Minas, onde o vigilante Damião Soares dos Santos matou sete crianças e uma professora da Creche Gente Inocente, conta o enviado especial SÉRGIO ROXO. Familiares estavam inconsoláveis. “Deus precisou de você, mas eu preciso mais”, dizia Fernanda da Conceição Rodrigues, mãe de Luiz Davi, de 4 anos. O sepultamento do assassino não teve parentes nem amigos. (Pág. 8)

Professora de vida
A professora Helley Batista, que enfrentou o vigia e salvou vidas, deixou três filhos, sendo um bebê de 1 ano. Ela foi enterrada ontem. (Pág. 8)

Tiroteios e mortes de volta à Rocinha
Uma semana depois de as Forças Armadas saírem da Rocinha, a comunidade teve intensos tiroteios ontem. Duas pessoas morreram. O Exército fez operação no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, onde 13 foram presos. (Pág. 11)

A reação dos artistas
Campanha na internet denuncia a censura, e artistas que se sentiram difamados vão à Justiça (Gente Boa)

ZUENIR VENTURA – Crivella age como pastor ao censurar (Pág. 17)

ARNALDO BLOCH – Hélio Oiticica seria vetado hoje no Brasil. (SEGUNDO CADERNO)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Projeto pretende facilitar recuperação judicial de empresas
No sistema atual, apenas uma em cada quatro companhias do País consegue se reerguer
O governo vai mudar a lei de recuperação judicial para facilitar que empresas em dificuldades tomem crédito novo e vendam ativos com o objetivo de evitar a falência. A proposta, que deve ser enviada ao Congresso na próxima semana, pretende encurtar o prazo médio de recuperação judicial dos cerca de cinco anos atuais para três anos. Hoje, apenas uma em cada quatro empresas que entram em recuperação judicial consegue efetivamente se recuperar. Os bancos resistem a oferecer crédito a quem recorre a recuperação judicial porque os financiamentos novos vão para o fim da fila de pagamento, depois de todo o processo de recuperação ou da falência efetiva. A equipe econômica acredita que, com a aprovação do projeto, será mais fácil para as empresas retomar suas atividades e garantir empregos. Essas medidas valerão até para empresas que já iniciaram o processo de recuperação. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, estima que 10 mil grupos serão beneficiados imediatamente. (Economia B1)

Temer veta censura e teto para candidato custear gastos
O presidente Michel Temer sancionou a reforma política aprovada pelo Congresso e vetou dois pontos da legislação que passa a regular as eleições. No caso mais polêmico, ele decidiu retirar o artigo que poderia levar a uma censura prévia na internet. Temer também vetou outro artigo que revogava a regra atual que permite o financiamento de até 100% das campanhas com recursos próprios. (Política A4)

Debates terão ‘nanicos’
Mudança na legislação obriga TVs e rádios a convidar para os debates candidatos de partidos com mais de cinco parlamentares. (A6)

Recibos de Lula são ‘falsos’, diz força-tarefa
A força-tarefa da Lava Jato afirmou que os 26 recibos apresentados pelo ex-presidente Lula para comprovar pagamento de aluguel de apartamento em São Bernardo do Campo são, “sem margem à dúvida”, “ideologicamente falsos”. (Política A12)

COI afasta Nuzman e suspende o COB
O Comitê Olímpico Internacional suspendeu atividades do comitê do Brasil (COB) e afastou Arthur Nuzman, preso pela PF. Atletas, porém, podem competir. (Esportes D1)

Justiça amplia bloqueio de bens da família Batista (Economia B11)

IPCA de setembro fica acima do esperado (Economia B4)

Gasto do setor investigado na PM de São Paulo subiu 211%
A gestão do coronel Álvaro Camilo no Comando-Geral da PM (2009-2012) registrou alta de 211% nos gastos do Departamento de Suporte Administrativo, órgão que está no centro das fraudes investigadas na Operação Imperador, a Lava Jato da PM. Camilo nega irregularidades. (Metrópole A24)

João Domingos
A Constituição proíbe, mas o Brasil registra constantes ataques à liberdade de expressão. (Política A6)

Notas&Informações
A pífia reforma política – O Congresso brasileiro perdeu mais uma oportunidade de promover uma verdadeira e necessária reforma política. (A3)

Vitória dos maus pagadores – O texto da MP que cria o novo Refis mantém as deformações da proposta original (A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Violência faz 7 em cada 10 desejarem deixar o Rio
Datafolha mostra que 24% tiveram amigo ou parente ferido por tiro recentemente
A atual onda de violência no Rio despertou na população o desejo de deixar a cidade. Segundo o Datafolha, 72% dos moradores dizem que, se pudessem, iriam embora por essa razão. A vontade é majoritária em todas as regiões e faixas socioeconômicas do levantamento, que ouviu 812 pessoas. A pesquisa foi realizada dez dias após conflito de facções na favela da Rocinha, que fechou vias, levou pânico a moradores da cidade e provocou cerco das Forças Armadas à comunidade. Nas últimas semanas, mostramos dados, um terço dos moradores mudou sua rotina e presenciou algum disparo de arma de fogo. Além disso, 24% dizem ter tido algum amigo ou parente morto ou ferido por tiros no mesmo período. A insegurança e a crise financeira no Estado, que reduz o número de policiais em favelas, contribuem para a má avaliação do desempenho do governo Pezão (PMDB) na área — ruim ou péssimo para 74% dos entrevistados. (Cotidiano b1)

ANÁLISE – Medo sustenta apoio ao Exército no Rio, escrevem Mauro Paulino e Alessandro Janoni. (b3)

Temer dá aval a novo fundo eleitoral e veta censura em site
O presidente Temer sancionou, com vetos, a proposta de reforma política aprovada pelo Congresso que, entre outros pontos, cria novo fundo público — de cerca de R$ 2 bilhões — para financiar candidatos. Além disso, vetou duas medidas que reduziriam o custo das campanhas. Emenda que permitia censura a conteúdo considerado ofensivo sem ordem judicial também foi vetada. (Poder a4)

Juiz manda soltar Battisti, que tenta evitar extradição
O Tribunal Regional Federal da 3ª Região deu habeas corpus a Cesare Battisti, detido ao tentar ir para a Bolívia com mais de R$ 10 mil. O ato do italiano, condenado por terrorismo em seu país, deve acelerar decisão de Temer sobre pedido de extradição. A defesa busca no STF evitar a expulsão. (Poder a12)

Comitê Olímpico Internacional pune Nuzman e o COB
O Comitê Olímpico Internacional anunciou a suspensão do Comitê Olímpico do Brasil, que era presidido por Carlos Nuzman, preso na quinta (5). O repasse de subsídios foi interrompido. Nuzman teve suas funções no COI suspensas. (Esporte b8)

Reitor da UFSC foi acusado de pressão contra investigação (Cotidiano b6)

Luís F. Carvalho Filho
Cruzada contra a corrupção amplia o viés autoritário
A condução coercitiva de investigados disseminada pela Lava Jato não existe na lei. O STF, em nome da “ficha limpa”, resolveu pela retroatividade de efeitos condenatórios a julgamentos anteriores à própria lei. (Cotidiano b2)

Aclamada como heroína, professora é enterrada em MG (Cotidiano b5)

Editoriais
Leia “Medo generalizado”, sobre estudo que aponta sensação de insegurança no país, e “Catalunha em xeque”, acerca de movimento separatista (Opinião pág. 2)

————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.