Manchete dos Jornais neste sábado, 23 de julho de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 23rd julho 2016

FBI alertou Brasil sobre 6 suspeitos; foragido se entrega
11º preso por ligação com terror estava perto da Bolívia
O procurador da República Rafael Miron disse que o FBI alertou o Brasil sobre ao menos seis suspeitos de compor célula terrorista do Estado Islâmico no País. O relatório da polícia federal americana era “sucinto”, segundo o procurador, mas apontava para o radicalismo dos investigados. Ontem, Valdir Pereira da Rocha, um dos brasileiros suspeitos de ligação com o terrorismo, se entregou. Ele estava na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, em Mato Grosso, fronteira com a Bolívia, e foi o 11.º preso na Operação Hashtag. “Eles são amadores? São. Mas não conheço suicida experiente”, disse o procurador. “Tinha notícia de firme propósito: ‘Sim, eu quero, eu tenho de morrer para ir para o paraíso’, coisa desse tipo.”…


O Globo

Manchete : FBI alertou Brasil sobre apoiadores do Estado Islâmico
Agência americana identificou seis dos 11 suspeitos de planejar ataque nos Jogos
Foragido se entregou à polícia na fronteira com a Bolívia. Entidade internacional especializada em terrorismo diz que canal jihadista ainda é acessado por brasileiros
Antes da prisão de 11 brasileiros suspeitos de planejar atentados durante a Olimpíada, o FBI, agência americana de inteligência, já havia informado o governo brasileiro sobre suposta célula terrorista no Brasil, ligada ao Estado Islâmico. Relatório do órgão identificava seis integrantes do grupo, presos anteontem pela PF. Segundo as investigações, eles juraram lealdade aos jihadistas e tentavam recrutar soldados. Apesar das prisões, entidade internacional especializada em terrorismo diz que ainda há brasileiros no canal de propaganda do EI. O 11º preso se entregou ontem, em Mato Grosso. (Pág. 14)

Atentado mata nove em shopping e põe Munique em emergência
A cidade alemã de Munique viveu horas de pânico depois que um atirador matou nove pessoas e feriu 21 numa filial do McDonald’s no shopping Olympia. Segundo a polícia, o autor é um jovem alemão de 18 anos, de origem iraniana, que teria se matado em seguida ao ataque. O governo decretou emergência em Munique e suspendeu todo o transporte público. (Págs. 28 e 29)

Dilma repete o ‘não sabia’ de Lula
Presidente afastada diz que não tinha conhecimento de caixa 2 confessado por seu marqueteiro; para Moro, Lula deu motivos para ser preso (Pág. 3 e Merval Pereira)
Em busca de sócio, Petrobras abre mão de controlar BR (Pág. 23)

Corrida contra o tempo na Vila
A Vila Olímpica, que será oficialmente aberta aos atletas amanhã, ainda tem problemas de acabamento. A organização dos Jogos também briga com a Light. (Págs. 35 e 36)

Foto-legenda : Como nasce um jihadista
Em Saquarema, a mãe de Alisson Luan, de 19 anos, contou que ele se converteu pela internet e queria viajar à Síria para se aliar ao EI, revela VERA ARAÚJO. (Pág. 8)
Editorial

‘Combate ao terrorismo não tem volta’ (Pág. 20)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Ataque deixa 10 mortos em Munique
Alemão de origem iraniana de 18 anos abriu fogo diante do McDonald’s de um shopping e depois se matou a um quilômetro do local
No terceiro ato de violência contra civis na Europa Ocidental em oito dias, um jovem de 18 anos abriu fogo contra frequentadores de um centro de compras em Munique, a terceira maior cidade da Alemanha. Ao menos nove pessoas morreram e 16 ficaram feridas. Identificado como um alemão de origem iraniana, ele agiu sozinho segundo a polícia e cometeu suicídio a cerca de um quilômetro do local. O governo alemão trata o caso como atentado terrorista. O ataque ocorreu na frente de um McDonald’s, no Shopping Olympia. O centro comercial fica perto do complexo que sediou os Jogos de 1972, em que militantes do grupo radical palestino Setembro Negro mataram 11 membros da equipe israelense. Ontem, mais de 100 pessoas testemunharam o ataque. Testemunhas disseram ter visto um rapaz loiro fugir da cena do crime com uma maleta e relataram que ele gritou “Eu sou alemão” antes de abrir fogo e após alguém alertar para a presença de “um turco”. A polícia não revelou o nome do atirador, mas disse que ele já era conhecido das autoridades. (Internacional A8 e A9)

FBI alertou Brasil sobre 6 suspeitos; foragido se entrega
11º preso por ligação com terror estava perto da Bolívia
O procurador da República Rafael Miron disse que o FBI alertou o Brasil sobre ao menos seis suspeitos de compor célula terrorista do Estado Islâmico no País. O relatório da polícia federal americana era “sucinto”, segundo o procurador, mas apontava para o radicalismo dos investigados. Ontem, Valdir Pereira da Rocha, um dos brasileiros suspeitos de ligação com o terrorismo, se entregou. Ele estava na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, em Mato Grosso, fronteira com a Bolívia, e foi o 11.º preso na Operação Hashtag. “Eles são amadores? São. Mas não conheço suicida experiente”, disse o procurador. “Tinha notícia de firme propósito: ‘Sim, eu quero, eu tenho de morrer para ir para o paraíso’, coisa desse tipo.” (Esportes A16 a A18)

Órfãos da Força Nacional
Tropas federais pararam missões em pelo menos três Estados para reforçar a segurança no Rio. No Ceará, rebeliões voltaram. (Metrópole A12)

Lula poderia ter sido preso, diz Moro
Em resposta à defesa do ex-presidente Lula, que pede sua suspeição, o juiz Sérgio Moro disse que diálogos interceptados em março justificariam prisão temporária. (Política A6)

Matarazzo já admite ser vice de Marta
Na 1.ª entrevista da série do Estado com pré-candidatos à Prefeitura de SP, Andrea Matarazzo (PSD) admitiu que pode integrar chapa liderada por Marta Suplicy (PMDB). (Política A5)

João Domingos
Acabou o dinheiro – Tanto caixa 2 fizeram candidatos, partidos e doadores que o financiamento de campanhas por empresas não corre mais o risco de voltar. (Política A6)

Fernando Reinach
Florestas: quando 20 são 40 – Uma mata que tenha 20% do território desmatado perderá de 39% a 54% de seu valor como área de conservação da biodiversidade. (Metrópole A15)

Notas&Informações
A volta da política – Não parece demais esperar que Temer arregimente sustentação sem recorrer ao bazar fisiológico. (A3)

Um legado de Dilma – Os marqueteiros não deixam dúvidas: a corrupção faz parte do catastrófico legado da petista. (A3)


Folha de S. Paulo

Manchete : Atentado mata ao menos 9 e eleva tensão na Alemanha
Polícia suspeita que ataque a tiros em shopping de Munique tenha sido terrorismo
Pelo menos nove pessoas morreram e dez ficaram feridas em um ataque a tiros dentro e nas imediações de um shopping em Munique, na Alemanha, ontem. Até a conclusão desta edição, não estava claro quem eram os responsáveis pelo atentado. A polícia suspeita de terrorismo, mas até a noite da sexta não divulgara indícios sobre a motivação do crime. A chanceler alemã, Angela Merkel, convocou uma reunião com seu gabinete e ministros suspenderam férias. A Alemanha registrou um incidente violento há menos de uma semana. (Mundo a8)

Suspeitos de elo com terrorismo citaram bomba, diz procurador
Os suspeitos de elo com o terrorismo presos em ação da PF compartilhavam materiais sobre a fabricação de bomba, declarou o procurador responsável pela investigação, Rafael Miron. De acordo com ele, os detidos eram agressivos e afirmavam que a Olimpíada era a chance de chegar ao paraíso. (Esporte b9)

Para desvendar trama, polícia usou agente infiltrado em bate-papos. (b9)

‘Nem uma formiga ele seria capaz de matar’, afirma amigo de detido (Esporte b10)

Olimpíada não pode ser culpada por crise e terror, diz diretor do COI (Esporte b11)

Petrobras decide vender fatia maior de subsidiária
A Petrobras decidiu mudar o modelo de venda da BR Distribuidora. Após analisar propostas por fatia minoritária da subsidiária, a estatal agora quer vender 51% do capital votante e compartilhar o controle. Em crise, a Petrobras planeja vender mais de R$ 14 bilhões em ativos. (Mercado a11)

Mariliz P. Jorge
Falta sintonia na fala de dirigentes do comitê que cuida dos Jogos (b13)

Editoriais
Leia “Prevenção e imagem”, acerca de prisão de suspeitos de planejar ataques à Olimpíada, e “A reboque”, sobre novos reajustes do funcionalismo. (Opinião a2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Sábado, 23 de Julho de 2016

Compartilhe nossa Matéria