O centenário da 1ª Guerra; Em 2014, líderes de todo o mundo vão lembrar os 100 anos do conflito que mudou a história da humanidade…

Como esticar o seu dinheiro em 2014; Num ano de incertezas na economia, aprender a planejar os gastos, a controlar o
orçamento e a fazer poupança é fundamental para fugir das dívidas…

Indústria fecha 200 mil postos de trabalho em dois anos; A crise na indústria brasileira engoliu mais de 200 mil empregos em pouco mais de dois anos. Os números são da Pesquisa Mensal de Emprego, do IBGE. Trabalhadores industriais estão migrando para setores que mantém fôlego nas contratações, como o comércios os serviços…

 

O Estado de S. Paulo

Manchete: Gasto com servidor cresce mais que receita em Estados

Em 3 anos, 21 governos ficaram perto do teto fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal; Tocantins atingiu o limite
Nos últimos três anos, 22 dos 27 Estados ampliaram a parcela da receita comprometida com salários de servidores ativos e aposentados. Isso se traduz em menos investimentos e contas mais engessadas. Na média, a receita estadual cresceu 16% acima da inflação entre 2010 e 2013, informa Daniel Bramatti. Os gastos com pessoal em todos os Estados subiram 36% desde 2010. No governo federal, o aumento foi de 3%. O Estado do Tocantins recebe hoje 15% a mais em impostos e transferências do que em 2010, o que não o impediu de atingir o teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. (Págs. 1 e Política A4)

Balanço: ‘Perdi o ano’, admite Haddad

Sem dinheiro para investir nem sinais de socorro da presidente Dilma Rousseff para recuperar as finanças de São Paulo, e proibido de aumentar o IPTU, o prefeito Fernando Haddad encerra 2013 em clima de derrota. “Perdi o ano”, admitiu a aliados, relatam Vera Rosa e Daiene Cardoso. (Págs. 1 e Metrópole A15)

Indústria fecha 200 mil postos de trabalho em dois anos

A crise na indústria brasileira engoliu mais de 200 mil empregos em pouco mais de dois anos. Os números são da Pesquisa Mensal de Emprego, do IBGE. Trabalhadores industriais estão migrando para setores que mantém fôlego nas contratações, como o comércios os serviços. (Págs. 1 e Economia B1)

França intervém na África sob bandeira humanitária

Em menos de três anos a França ampliou intervenções militares na África sob o argumento humanitário e de combate ao terrorismo, informa Andrei Netto. Mas, para especialistas, por trás das ofensivas está a tentativa de recuperar influência e garantir benefícios econômicos de ex-colônias. (Págs 1 e Internacional A8)

China age para pôr fim à política de filho único (Págs. 1 e Internacional A10)

Ativista volta ao Brasil após prisão na Rússia (Págs. 1 e Metrópole A12)

Suely Caldas

Duas décadas de real
2014 será o 20º ano de estabilidade da moeda e controle da inflação no País. É visível o progresso social e econômico. O político, nem tanto. (Págs. 1 e Economia B3)

Mario Vargas Llosa

O exemplo uruguaio
A política desse simpático velhinho estadista, Pepe Mujica, conferiu ao Uruguai uma imagem de país estável, moderno, livre e seguro. (Págs. 1 e Internacional A 10)

Notas & Informações

Muito custo, pouco benefício
A carga tributária recorde acentua o contraste entre o alto custo do Estado e o serviço público. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Como esticar o seu dinheiro em 2014

Num ano de incertezas na economia, aprender a planejar os gastos, a controlar o orçamento e a fazer poupança é fundamental para fugir das dívidas. O Correio preparou um guia sobre controle de finanças e os investimentos mais seguros e rentáveis. (PÁGINAS 1 e 8 a 11)

A próxima luta

Após 100 dias presa na Rússia, a bióloga Ana Paula Maciel chega a Porto Alegre e planeja a nova missão: a defesa das baleias. (PÁGINAS 1 e 18)

Os nomes da presidente

As alianças eleitorais ditarão as trocas do primeiro escalão: Dilma mudará titulares de 14 pastas. (PÁGINAS 1, 2 E 3)

O centenário da 1ª Guerra

Em 2014, líderes de todo o mundo vão lembrar os 100 anos do conflito que mudou a história da humanidade. (PÁGINAS 1 e 16)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete – Câmara do Recife fica só na promessa

Propostas apresentadas pelos vereadores para modernizar a Casa não saíram do papel, como as criações da ouvidoria, do Portal da Transparência, Tribuna Popular e Câmara nos bairros. (Páginas 1 e 4)

Ativista brasileira detida na Rússia volta para casa (Págs. 1 e 10)

Mais impostos: Alta do IOF surpreende e irrita turistas

Brasileiros em viagem ao exterior buscam alternativas para escapar da alta repentina de 1.579% do tributo sobre operações com cheques de viagem e cartões de débito. Comprar moeda estrangeira em espécie é a saída mais procurada. (PÁGINAS 1 e 12)

————————————————————————————

Época

Manchete – Nossas apostas para 2014

Ganhará a Copa? Será reeleita? Que filme levará o Oscar? A inflação voltará? Qual será a onda do Verão? Quais celebridades brilharão? Faremos o turismo no espaço? Todas as nossas previsões e um convite para você também fazer as suas.

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete – Como vencer em 2014

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete – O Real e os 20 anos que mudaram o Brasil

Em 2014, a moeda brasileira completa duas décadas de circulação. Saiba como os principais protagonistas dessas história de sucesso veem as conquistas e os desafios na luta pela estabilidade econômica e pelo desenvolvimento.

Nesta Edição

Edmar Bacha, Gustavo Franco, Luiz Carlos Mendonça de Barros, Rubesn Ricupero, Henrique Meirelles e Guido Mantega comentam passado, presente e futuro do Real.
Exclusivo: “Estamos lenientes com a inflação”(Fernando Henrique Cardoso)

————————————————————————————

Carta Capital

O mundo em 2014 – The Economist (Pág. 1)

Richard Branson Nova era espacial Matt Damon Agua para todos Virginia Rometty Big Data Larry Fink Os investidores baby boomers
Tory Burch Mulheres empreendedoras

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete – Pedágio privado 15 anos de tarifa polêmica e poucas obras

Concessões chegam ao fim com brigas na Justiça entre governo e empresas (Págs. 1, 8 e 9)

Negócios na Vila

Moradores da periferia de Porto Alegre, capital com o menor desemprego do País, empreendem nas comunidades, concretizando desejos de consumo antes acessíveis apenas às classes mais altas. (Pág. 1 e Caderno Dinheiro)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.