Manchete nos Jornais para esta Segunda-Feira 05 de Março de 2012

63

Previdência faz governo segurar novos concursos – Eleições: Mau uso das mídias digitais resulta em crimes políticos – Negócios: Pequenos e informais por falta de incentivo – Ficha Limpa: Pressão para fechar cerco aos corruptos – ‘Feudo político’ em ministérios segue intacto – Carteira Valor tenta pegar carona no fluxo externo – Caminhoneiros ameaçam greve contra multas – Creche do PAC vira estacionamento …

O Globo

Manchete: Brasil ajusta política externa para enfrentar mundo pós-crise

Com Primavera Árabe e recessão europeia, país busca oportunidades

Diante da Primavera Árabe e da crise europeia, o Brasil decidiu discutir seu novo papel no cenário internacional. Por determinação da presidente Dilma Rousseff, que chegou ontem a Hannover, na Alemanha, onde se encontra hoje com a chanceler Angela Merkel, um grupo de ministros está mapeando as oportunidades para marcar a presença brasileira na agenda mundial. A ideia é manter a “âncora regional”, aprofundando a atenção dos países vizinhos, mas também projetar o Brasil diante dos países desenvolvidos. Especialistas avaliam que a reaproximação com os Estados Unidos e um foco maior nos direitos humanos diferenciam a política externa de Dilma da do ex-presidente Lula. (Págs. 1 e 3)

Lula é internado com pneumonia

Ex-presidente volta ao Sírio Libanês com febre e infencção. Não há previsão de alta médica

Com pneumonia e febre baixa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internado ontem no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Não há previsão de alta. Especialistas afirmam que a radioterapia a que o ex-presidente está sendo submetido para combater um câncer na laringe diminui a imunidade. O paciente pode sofrer os efeitos até dois meses depois de encerrado o tratamento. Lula fez a última sessão de radioterapia no dia 17 de fevereiro.

Em pronunciamento na TV, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse que tirou um segundo tumor da região da pélvis e anunciou que fará radioterapia. (Págs. 5 e 24)

PT diz que não muda campanha

Depois de resultado de pesquisa Datafolha, que aponta o pré-candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, José Serra, com 30% das intenções de voto e petista Fernando Haddad com 3%, o PT afirma que não mudará campanha. (Págs. 1 e 9)

Putin eleito sob suspeita de fraude

Vladimir Putin foi eleito ontem presidente da Rússia para um terceiro mandato. A oposição disse que houve fraude generalizada. Foram 3.500 denúncias de irregularidades, com eleitores votando em mais de uma seção e coação nas seções eleitorais. (Págs. 1 e 23)

Creche do PAC vira estacionamento

Com obras paradas há um ano, imóvel na Rocinha é invadido

Uma creche do PAC na Rocinha, em fase de acabamento, foi invadida e tranformada em estacionamento. Ontem, 13 carros e 17 motos ocupavam o pátio do imóvel, cujas obras estão paradas há um ano. Numa das paredes da creche, está pintado o preço da mensalidade de uma vaga para moto (R$50). O estado, responsável pelas obras, informou que o governo federal já liberou R$49 milhões para concluir a creche e outras obras inacabadas na Rocinha. Uma nova licitação deverá ser feita dentro de um mês.

O MEC anunciou ontem a criação de uma força-tarefa que terá prazo de 60 dias para verificar, junto às prefeituras, a situação das creches no país. Ontem, reportagem do Globo mostrou que o MEC só entrega um terço das creches que divulga. (Págs. 1, 9 e 10)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: BCs dos países ricos gastaram US$ 8,8 tri nos últimos 3 anos

Dinheiro foi injetado no sistema financeiro, o que está dividindo opiniões na comunidade internacional

Os bancos centrais dos países ricos injetaram US$8,8 trilhões em pouco mais de três anos em seus sistemas financeiros, o que provoca fortes críticas de autoridades de nações emergentes e causa uma divisão na comunidade internacional sobre as estratégias para lidar com a crise. No total, o que a presidente Dilma Rousseff chamou na semana passada de “tsunami monetário” já supera em aproximadamente quatro vezes o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Ontem, em uma reunião fechada na Basileia, sede do banco central dos bancos centrais (BIS), e com a orientação a todos os participantes para que não vazem nenhum ponto discutido no encontro, o centro do debate foi mesmo a inundação do mercado com dinheiro barato e a intervenção das autoridades monetárias. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)

FMI vê riscos aos emergentes

Instituições financeiras como o BIS e o FMI alertam que o “tsunami monetário” representa risco real para os países emergentes, que devem se preparar para uma turbulenta entrada de capitais. (Págs. 1 e Economia B3)

Direto da Fonte: ‘Sou um animal jurídico’

Eliana Calmon, do CNJ, conta como sobrevive às pressões. (Págs. 1 e D2)

Putin vence no 1º turno

Choro? Críticos lembraram o filme soviético Moscou Não Acredita em Lágrimas

Apesar das denúncias de fraude na eleição presidencial russa, Vladimir Putin declarou vitória ontem ressaltando a disputa “aberta e honesta”, relata Talita Eredia. Com mais de 60% dos votos, será o primeiro presidente com um governo de 6 anos. “Não prometi para vocês que ganharíamos? Glória à Rússia”, disse, em discurso diante do Kremlin. (Págs. 1 e Internacional A8)

Eduardo Campos vem a SP para enquandrar PSB

Presidente do partido pretende evitar apoio a Serra

O presidente do PSB, governador Eduardo Campos (PE), dirá hoje às lideranças paulistas da sigla que a movimentação pró candidatura de José Serra à Prefeitura não tem validade. Campos não descarta intervir no diretório local do PSB para que se feche a aliança em torno de Fernando Haddad. Já o ministro da Pesca, Marcelo Crivella, apoiou Haddad ao afirmar que ele não produziu o kit anti-homofobia. Mas ressaltou que seu partido, o PRB, terá candidato próprio, o ex-deputado Celso Russomano. (Págs. 1 e Nacional A4 e A6)

Negócios: Balada bilionária

Com 19,5 milhões de consumidores e faturamento de R$2,5 bi por ano, clubes de música eletrônica têm Santa Catarina como polo. (Pág. 1)

Lula é internado com pneumonia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internado ontem, no Hospital Sírio-Libanês, com febre baixa. Os exames apontaram início de pneumonia. (Págs. 1 e Nacional A7)

Meirelles assume conselho do JBS

Após quarentena de um ano, o ex-presidente do BC Henrique Meirelles vai definir a estratégia do grupo que controla o maior processador de carnes do mundo. (Págs. 1 e Economia B8)

Explosão de arsenal mata 200 no Congo (Págs. 1 e Internacional A9)

Caminhoneiros ameaçam greve contra multas (Págs. 1 e Cidades C1)

José Roberto de Toledo

No embalo da pesquisa

A sondagem do Datafolha sobre a eleição em SP criou um fato positivo para Serra e liquidou as chances dos outros pré-candidatos do PSDB. (Págs. 1 e Nacional A6)

Andrew S. Weiss

Cinco mitos sobre o premiê

O primeiro deles: triunfo eleitoral deixa prever que Putin será presidente vitalício. Neste momento, ele luta para preservar sua vida política. (Págs. 1 e Internacional A8)

Notas & Informações

Estados precisam de alívio

O governo precisa preparar-se para começar a renegociação das dívidas estaduais e municipais. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Crack, o pesadelo da maternidade

Entre as mulheres, os danos causados pela dependência de crack afetam seriamente uma segunda vida: a do feto. Pesquisas indicam o alto índide de gravidez não planejada entre as usuárias da droga, muitas vezes fruto da prostituição. A situação é de tal gravidade que autoridades de saúde discutem a oferta de contraceptivos, nos casos mais urgentes, a fim de impedir a gestação por até dois anos. Aos 30 anos, Laura (foto, nome fictício) está há quatro meses em tratamento numa comunidade terapêutica de Ceilândia. (Págs. 1, 17 e 18)

“Vagabundo e boquirroto”

Marco Aurélio Garcia, o assessor da Presidência, disparou ataques contra o secretário-geral da Fifa que criticou organização brasileira da Copa. (Págs. 1 e 10)

Lula é internado com infecção pulmonar leve

Queixando-se de febre, o ex-presidente deu entrada no Sírio-Libanês na tarde de ontem. Previsão é de que Lula fique em observação até o próximo fim de semana no mesmo local onde ele encerrou, há 16 dias, tratamento contra um câncer na laringe. A infecção respiratória está em fase inicial, segundo médicos. (Págs. 1 e 5)

Rússia: Putin é reeleito. sob crise

Denúncias de fraude devem afundar o país em um período de incertezas políticas. Especialistas ouvidos pelo Correio apontam: vitória do premiê pode acentuar divisões internas e manifestações. (Págs. 1 e 12)

Em guerra

Disputa societária entre famílias Gradin e Odebrecht deve chegar este mês ao STJ. (Págs. 1 e 7)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Governo quer Samsung no controle de estaleiro em PE

Com o aval da presidente Dilma Rousseff, a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, está negociando nos bastidores a troca do controle acionário do Estaleiro Atlântico Sul (EAS), localizado no Porto de Suape, em Pernambuco. O plano é fazer com que a coreana Samsung Heavy Industries compre a participação dos outros sócios ou adquira o suficiente para ter o controle acionário da empresa.

Inaugurado em 2005, o estaleiro é o maior do Brasil, com capacidade para processar 160 mil toneladas/ano de aço, e tem como principais sócios os grupos Camargo Corrêa e Queiroz Galvão. Embora seja a responsável pelo know-how do projeto, a Samsung detém hoje participação pequena no estaleiro – 6%. O quarto sócio da empresa é a PJRM Empreendimentos. (Pág. 1)

BC processa bancos por R$ 62 bilhões

O Banco Central (BC) vai cobrar na Justiça as dívidas que os bancos Nacional e Econômico assumiram quando foi criado o Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (Proer), entre 1995 e 1998. As cobranças estarão entre as maiores ações em tramitação na Justiça brasileira. O Nacional vai responder a um processo de R$ 33,3 bilhões e o Econômico, de R$ 29,1 bilhões.

As ações serão ajuizadas contra as pessoas jurídicas dos bancos e em seu curso as cobranças poderão alcançar os antigos controladores. As negociações para o pagamento da dívida fracassaram porque os dois bancos insistiram em quitar as dívidas com um título que o BC não aceita – o Fundo de Compensação de Variações Salariais (FCVS). (Págs. 1 e C1)

Equador atrai construtoras brasileiras

O Equador ofereceu às grandes construtoras brasileiras um pacote de cerca de US$ 2,5 bilhões em obras de infraestrutura. O governo de Rafael Correa pretende voltar a atrair investimentos e, sobretudo, financiamentos brasileiros para grandes projetos locais, quase quatro anos após expulsar a Odebrecht do país, apontando problemas na hidrelétrica de San Francisco.

A própria Odebrecht já assinou em dezembro contrato para a construção da usina hidrelétrica de Manduriacu. Investimentos de US$ 136 milhões devem ter financiamento do BNDES. As empreiteiras brasileiras vão ainda disputar a construção de outras quatro hidrelétricas, uma termelétrica e três projetos de irrigação e combate a enchentes no país. Os investimentos totais previstos para essas obras são de US$ 2,474 bilhões. (Págs. 1 e A8)

Fotolegenda: Aposta no crescimento

A fabricante suíça de cimento Holcim busca áreas no país para ampliar sua atuação. Com duas fábricas em Minas e uma no interior do Rio, a empresa estuda construir uma nova planta ou se associar a um parceiro no Sul, Centro-Oeste ou Nordeste, diz Otmar Hübscher. (Págs. 1 e B7)

China, um pesadelo para a defesa comercial

Deter as importações procedentes da China passou a ser um desafio global e cada vez mais difícil, a julgar pela reunião anual dos chefes de defesa comercial dos 40 principais países da Organização Mundial do Comércio (OMC), na semana passada. O diagnóstico é parecido: produtos chineses criam cada vez mais problemas para as indústrias domésticas, enquanto os instrumentos de proteção tradicionais se revelam insuficientes para lidar com a situação.

Das 68 novas investigações antidumping abertas globalmente no primeiro semestre do ano passado, 21 tinham como alvo produtos chineses. No Brasil, 14 dos 53 novos pedidos de investigação antidumping e 33 das 89 sobretaxas em vigor também se referem a produtos originários da China. (Pags. 1 e A2)

Carteira Valor tenta pegar carona no fluxo externo

Parte do caminhão de dinheiro em busca de oportunidades mundo afora deve ter o Brasil como destino e o momento é de o investidor tentar pegar carona nesse fluxo de recursos dos aplicadores internacionais. Essa é justamente a tônica das recomendações para a Carteira Valor de março: não remar contra a maré e tentar tirar proveito desse movimento.

Em fevereiro, o portfólio composto pelas recomendações de dez corretoras encerrou em alta de 7,65%, ganho superior aos 4,34% do Índice Bovespa. No acumulado do ano, a Carteira Valor apresenta retorno de 16,51% ante 15,96% do indicador no mesmo período. Em 12 meses, a carteira dá de goleada no Ibovespa: alta de 16,71% em comparação a uma queda de 2,33% do Ibovespa. (Págs. 1, D1 e D2)

‘Feudo político’ em ministérios segue intacto

Mesmo com as mudanças feitas pela presidente Dilma Rousseff em sete ministérios por suspeitas de irregularidades, o perfil de feudos partidários nessas Pastas permaneceu inalterado. A maior parte das nomeações políticas anteriores às substituições foi mantida. A diferença é que o Planalto passou a cobrar resultados, o que levou a algumas iniciativas de profissionalização.

O Ministério do Turismo é o caso mais emblemático. Continua nas mãos do PMDB, agora com o deputado federal Gastão Vieira (MA). A novidade é o secretário-executivo Valdir Moysés Simão, presidente do INSS por duas vezes no governo Lula, responsável por mudanças que racionalizaram a gestão da autarquia. “Aqui não havia informações básicas sobre o fluxo financeiro, execução das obras nem compartilhamento de decisões, o que impedia um planejamento adequado. A ideia é trazer o mesmo modelo do INSS”, diz Simão. (Págs. 1 e A5)

Putin vence e pode completar duas décadas à frente da Rússia (Págs. 1 e A9)

Ex-presidente Lula volta ao hospital com pneumonia leve (Págs. 1 e A7)

Tratores para Colômbia

Com o aumento da segurança no país, o crescimento do agronegócio colombiano nos últimos anos impulsionou as vendas de máquinas agrícolas, grande parte delas produzidas no Brasil. (Págs. 1 e B11)

Randstad diversifica atuação

Segundo maior prestador de serviços de recursos humanos do mundo e líder em trabalho temporário, o grupo holandês Randstad amplia suas atividades no Brasil com a criação de uma unidade de recrutamento para média e alta gerência. (Págs. 1 e D8)

Empresa leva embaixada à Justiça

O Superior Tribunal de Justiça autorizou a brasileira Air Conditioning Building Systems a processar a Embaixada da Alemanha no país. A empresa cobra R$1,4 milhão, em valores de 2007, por serviços de instalação de um sistema de ar-condicionado. (Págs. 1 e E1)

Robson Braga de Andrade

No Brasil, a defesa comercial cumpre apenas a função de lutar contra importações desleais, não é protecionismo. (Págs. 1 e A10)

Gustavo Loyola

Aparentemente, o BC vem aceitando um risco com maior de a inflação se situar acima do centro da meta nos próximos dois anos. (Págs. 1 e A11)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Escolas do medo

A violência em torno das instituições de ensino de Belo Horizonte chegou a níveis tão altos que os vizinhos também vêm sofrendo com assaltos, arrombamentos, tráfico de drogas, agressões e depredações. Moradores ouvidos pelo EM vivem confinados em suas casas, marcadas por ataques de vândalos. O terror não se restringe às áreas mais distantes do Centro. No Bairro Santa Tereza, Região Leste,a E.E. Professor Pedro Américo está se esvaziando. Das suas 13 salas de aula, apenas cinco estão abertas,com 150 alunos do ensino médio. Levantamento da Secretaria de Defesa Social mostra que no ano passado houve 174 ocorrências de crimes contra a pessoa e 201 contra o patrimônio em unidades de educação da capital. (Págs. 1, 17 e 19)

Baixaria na briga Brasil-Fifa

O assessor para Assuntos Internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, chamou o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, de vagabundo. (Págs. 1 e 6)

Infecção pulmonar leva Lula a Hospital (Págs. 1 e 5)

Ficha Limpa: Pressão para fechar cerco aos corruptos

No rastro da lei que afasta das eleições candidatos condenados por corrupção, cresce o apelo popular para o Congresso tirar da gaveta e votar 140 propostas que endurecem as punições. (Págs. 1 e 3)

Negócios: Pequenos e informais por falta de incentivo

Cerca de 8 milhões de micro e pequenas empresas do país estão longe da formalidade porque, segundo especialistas, não veem no sistema de tributação do país estímulo para levá-las ao crescimento. (Págs. 1 e 10)

Eleições: Mau uso das mídias digitais resulta em crimes políticos (Págs. 1 e 4)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Santa Cruz no G-4 e Sport vice-líder

Tricolor vence o Serra por 2×0 no Arruda e volta ao G-4. Rubro negro bate o Petrolina por 1×0, no final do jogo, e toma a vice-liderança do Náutico. Salgueiro vence Ypiranga por 3×1 e continha líder. (Págs. 1 a 5)

Previdência faz governo segurar novos concursos

O objetivo é só nomear novos servidores federais depois das mudanças no sistema previdenciário, que prevê fim da aposentadoria integral. (Págs. 1 e 7)

Violência reduz, mas não atinge meta do “Pacto”

Em fevereiro, queda de homicídios em termos absolutos foi de 6,8%, enquanto o Pacto pela Vida prevê 12%. (Págs. 1 e 10)

Lula é internado em SP com infecção pulmonar

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva voltou a ser internado ontem, no final da tarde, ao Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. O quadro, segundo so médicos, era de febre baixa e uma pneumonia “leve”. O ex-presidente vem, desde o ano passado, tratando-se de um câncer na laringe que, ainda segundo os médicos, teria resultado numa boa resposta. Agora, não há previsão da alta. (Págs. 1 e 4)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Ataques a bancos

Explosivos e armamento pesado assustam o Interior

Quadrilha utilizou dinamite, fuzis e escopetas para arrombar agência do Banco do Brasil em Ipê. Este tipo de crime cresceu 67% no Rio Grande do Sul nos últimos dois anos. (Págs. 1 e 30)

Irrigação: Obras contra secas serão aceleradas

Piratini promete apressar licenças para açudes e pequenas barragens. (Págs. 1 e 14)

Longa batalha: Lula volta ao hospital, agora com infecção

Ex-presidente teve febre baixa e foi internado ontem no Sírio-Libanês, em São Paulo. (Págs. 1 e 10)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: De olho nos empregos, até senador americano faz lobby pela Embraer

O cancelamento do contrato de compra de 20 Super Tucanos pela Força Aérea dos EUA está mobilizando políticos da Flórida, onde os aviões seriam montados. A decisão também deve diminuir as chances de a Boeing fornecer novos caças à FAB. (Págs. 1 e 20)

Paulo Coelho, o mago dos livros,vale US$400 milhões

Paulo Coelho: “Eu acho os críticos hoje completamente irrelevantes. A internet mudou tudo”.

Ele tem uma marca quase tão valiosa quanto gigantes como Pão de Açúcar e Net somados, mas segue polêmico. Apesar do sucesso mundial, o escritor se ressente de seus livros não serem adotados nas escolas brasileiras. (Págs. 1 e 4)

Um dia decisivo para republicanos nos Estados Unidos

Amanhã, os eleitores podem decidir quem será o adversário de Barack Obama nas eleições. (Págs. 1 e 45)

Vladimir Putin vence as eleições presidenciais

Primeiro-ministro da Rússia se elege para mandato de seis anos e confirma favoritismo. (Págs. 1 e 48)

Vale investirá mais US$1 bi no complexo de Omã

Mineradora quer duplicar a capacidade de produção das unidades de pelotização recém-inauguradas no Porto de Sohar para 18 milhões de toneladas métricas ao ano. (Págs. 1 e 25)

O novo rei do gado

“A ida de Meirelles para o J&F é mais um passo na governança”, disse Joesley Batista ao Brasil Econômico. (Págs. 1 e 23)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *