A maldição de um plano de saúde; Desde 2004, a carteira de clientes da Interclínicas foi vendida sucessivamente para diversas operadoras, e todas apresentaram problemas financeiros… – Nas estradas: Lei mais dura inibe álcool ao volante. Após novas regras, dados apontam mudança de comportamento… – Fraude: Golpistas roubam dados no país a cada 14 segundos. É isso mesmo. Todo o cuidado é pouco. O ataque a dados pessoais serve para compras de carro, celulares e diversos outros produtos. Prevenir é a solução… – Indústria de alimentos perde ritmo; A indústria de alimentos, que representa 9% do PIB nacional e em geral é a última a sentir os efeitos da crise, foi marcada pela desaceleração em 2012…

O Globo

Manchete: Para aumentar o pibinho: Governo cobra de bancos ampliação do crédito

Banco do Brasil e Caixa se preparam para fazer nova rodada de redução de juros

A presidente Dilma Rousseff tem se encontrado com banqueiros para pedir mais ousadia na oferta de recursos

Depois do fraco crescimento da economia brasileira em 2012, o governo decidiu procurar os bandos privados para pedir mais ousadia na oferta de crédito. A avaliação é que, apesar de terem reduzido os juros no ano passado, os bancos foram conservadores na concessão de empréstimos tanto para consumidores como para empresas. A presidente Dilma tem se encontrado com banqueiros. A equipe econômica defende que a inadimplência, um dos principais argumentos dos bancos para não ampliarem o crédito, se estabilizou. A estratégia inclui ainda preparar a Caixa e o Banco do Brasil para novos cortes em suas taxas de juros. (Págs. 1 e 17)

Mais turistas nas favelas

Pesquisa feita no Aeroporto Tom Jobim, pela Fundação Getulio Vargas, revela que mais da metade dos turistas brasileiros e estrangeiros quer visitar comunidades cariocas. (Págs. 1 e 6)

Hackers milionários

Quadrilha de hackers presa em Búzios, Barra Mansa e Volta Redonda desviou R$ 2 milhões violando contas bancárias de empresas e repassando o dinheiro para laranjas. (Págs. 1 e 7)

Arquivos públicos estão em petição de miséria (Págs. 1 e 3)

Já chegam a 80 os mortos na Argélia (Págs. 1 e 23)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Obama toma posse e busca acordo contra crise fiscal

Democrata assume hoje segundo mandato com o desafio de preservar seus programas sociais

Barack Obama tomou posse oficialmente ontem como presidente dos Estados Unidos, depois de uma cerimônia simples na Casa Branca. Hoje ele presta juramento público perante o Congresso e começa, na prática, seu segundo governo com o desafio de melhorar o diálogo com a oposição republicana e evitar o nó fiscal. Outro tema econômico urgente será a discussão sobre os cortes de gastos públicos até 2022. O democrata tenta preservar os programas sociais que os republicanos pretendem enxugar. Ao mesmo tempo, foi dada a largada para a sua sucessão, em 2016. Ontem, o juramento do vice-presidente, Joe Biden, teve mais visibilidade que o do próprio Obama. (Págs. 1 e Internacional A8)

Barack Obama
Presidente dos Estados Unidos
“Sim, fiz um bom trabalho”, falando sobre seu primeiro mandato.

Dilma cobra metas para viabilizar reeleição

Preocupada com o crescimento econômico, a presidente Dilma Rousseff encomendou a ministros do PT um plano com metas para os dois últimos anos do governo que ajude sua candidatura à reeleição em 2014. “Não podemos perder 2013 para fazer deslanchar a máquina pública”, diz o senador Jorge Viana (PT-AC). (Págs. 1 e Nacional A4)

Apreensão com o emprego

Conselheiros do Planalto têm acompanhado com apreensão indicadores econômicos, Eles temem que a baixa atividade de 2012 se mantenha e afete o emprego, uma das bases da popularidade de Dilma. (Págs. 1 e Economia B1)

Cade promete julgar casos polêmicos este ano (Págs. 1 e Negócios)

Nova regra para motoboy entra em vigor no dia 2 (Págs. 1 e Cidades C1)

Número de mortos na Argélia deve ser maior (Págs. 1 e Internacional A9)

Internação à força começa na cracolândia

O governo paulista inicia hoje programa que prevê internação compulsória de usuários de drogas na cracolândia, centro de São Paulo. ONGs prometem protestos. (Págs. 1 e Cidades C3)

Em crise, OMS corta programas e faz demissões

Com rombo de mais de US$ 500 milhões, a Organização Mundial de Saúde demitiu cerca de mil funcionários e cortou verbas dos programas de doenças crônicas e combate à aids. (Págs. 1 e Vida A11)

José Roberto Toledo

Petistas e tucanos de ponta

Parece ter chegado ao fim uma supremacia de 15 anos do PT no segmento onde se concentram, por exemplo, leitores de jornais e revistas. (Págs 1 e Nacional A6)

Gil Castello Branco

Mágicas fiscais

O governo faz dinheiro aparecer e passa a ilusão de que “cumpriu a meta”. Em uma “corrente de felicidade”, a dívida é empurrada para terceiros. (Págs. 1 e Economia B2)

Notas & Informações

Custos do mau planejamento

O descasamento dos cronogramas é particularmente grave no caso da energia eólica. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Prefeituras do entorno exportam o caos para o DF

Prefeitos da região assumem mandatos e encontram dívidas impagáveis, máquinas quebradas, infraestrutura precária em escolas e postos de saúde. Resultado: para terem atendimento médico ou educacional, os moradores dessas cidades intensificam a procura por unidades do Distrito Federal. A demanda em alguns hospitais da capital cresceu até 70% no fim do ano. (Págs. 1, 17 e 18)

O Brasil que ninguém vê: Entregues à sorte

Penúria dos brasileiros esquecidos pelo Estado é ainda mais aguda em assentamentos e lugarejos isolados. Geraldo é testemunha das privações dos moradores de Simolândia (GO): “Somos escravos dessa vida sofrida”. Situação se repete em Sítio d’Abadia (GO), mostra reportagem do Correio. (Págs. 1, 7 e 8)

Carro alugado, cuidado dobrado

Ao locar um veículo, fique atento. Pesquise a empresa prestadora do serviço e esmiúce o contrato: é o mínimo a ser feito. (Págs. 1, 24 e 25)

São Paulo trata viciado na marra

Começa a vigorar a polêmica medida que autoriza a internação compulsória de moradores de rua usuários de drogas. Enquanto juízes e promotores se manifestam positivamente à iniciativa, críticos vêem “limpeza social” disfarçada. (Págs. 1 e 6)

Obama oficializa segundo mandato

Em cerimônia discreta na Casa Branca, o presidente norte- americano fez o juramento que marca o início de mais quatro anos à frente de um país repleto de impasses. (Págs. 1 e 12)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Importação de produtos sobretaxados já caiu 16%

Caiu o valor das compras no exterior dos cem produtos que tiveram elevação do Imposto de Importação. As compras desses itens somaram US$ 1,92 bilhão de outubro a dezembro, com uma redução de 16,4% em relação aos mesmos meses de 2011. Nesse período, as importações brasileiras totais também tiveram queda, mas bem menor, de 1,8%. Apesar dessa redução nas importações, o desempenho não está sendo comemorado.

Economistas e representantes de entidades de classe observam que outros fatores além do aumento da tributação podem explicar a redução. Cristina Reis, do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial, lembra que a queda nos desembarques pode refletir o baixo nível de investimento, como resultado da insegurança em relação à economia internacional e doméstica. (Págs. 1 e A6)

Indústria de alimentos perde ritmo

A indústria de alimentos, que representa 9% do PIB nacional e em geral é a última a sentir os efeitos da crise, foi marcada pela desaceleração em 2012. As vendas reais cresceram 4,96%, segundo a Abia, associação das empresas do setor, abaixo dos 5,9% de 2011. O nível de emprego também teve aumento inferior ao do ano anterior – 3,6% em comparação com 4,5%. Em 2012 foram criadas 59 mil vagas e em 2011, 94 mil.

Segundo o presidente da Abia, Edmundo Klotz, que está no 13º mandato à frente da entidade, a desaceleração é um sinal de alerta. “O governo deveria deixar de lado medidas provisórias, como desonerações, e investir em medidas perenes, como a infraestrutura”. (Págs. 1 e B1)

O novo status do crédito imobiliário

O crédito imobiliário no Brasil tende a se tornar neste ano a maior operação de financiamento à pessoa física do mercado bancário, ultrapassando o crédito pessoal. Contabilizando todos os tipos de recursos, o saldo das operações de crédito imobiliário somou R$ 342,9 bilhões em outubro. No acumulado em 12 meses, a carteira cresceu 35,6%. Ainda assim, a modalidade representa apenas 6,2% do PIB do Brasil, muito abaixo dos EUA, por exemplo, onde supera 70%. No fim de 2011, era 5,1%. (Págs. 1, C1 e C7)

Fotolegenda: Recomeço

Ao lado da mulher, Michele, e das filhas, Obama presta juramento no Salão Azul da Casa Branca e inicia seu segundo mandato na presidência dos EUA: discurso de hoje vai sugerir união. (Págs. 1 e A8)

Adiada para maio exigência de rastreador

O cronograma para a instalação obrigatória de dispositivos antifurto nos veículos produzidos no Brasil será alterado pela oitava vez em sete anos. O sistema de telecomunicação do governo que vai monitorar e registrar os rastreadores está pronto após atrasos na implantação, mas agora é preciso testá-lo com os carros em movimento, o que levará mais alguns meses. A instalação dos rastreadores, começando por 20% da produção, está agora prevista para maio, e não mais em 31 de janeiro. (Págs. 1 e B7)

Geithner vê avanço na recuperação

Em seus últimos dias como Secretário do Tesouro, Timothy Geithner usou uma metáfora do basquete e disse que “os Estados Unidos estão no início do quarto tempo da sua recuperação da crise”, enquanto os países europeus ainda estariam no segundo tempo.

Em entrevista ao “The Wall Street Journal”, ele refletiu sobre a crise financeira e a resposta que ajudou a preparar no primeiro mandato do governo Barack Obama. E afirmou que o socorro governamental ao sistema financeiro estava fadado a ser impopular. “Parece que você está dando dinheiro para o incendiário”, disse ele. Mas previu que a história acabará julgando os esforços como mais eficazes e muito menos custosos para os contribuintes do que inicialmente previsto. (Págs. 1 e B10)

Ficou difícil ganhar da inflação no curto prazo

Para ganhar da inflação em 2013, o investidor dificilmente poderá contar com as aplicações tradicionais. Poupança nem pensar, fundo DI apenas com taxa de administração inferior a 0,19% e CDB somente se ele prometer mais de 100% do Certificado de Depósito Interfinanceiro (CDI). Se a inflação prevista para o ano, de 5,53%, se confirmar, as opções para alocar reservas de curto prazo ficam extremamente limitadas.

As conclusões são de um levantamento feito pelo economista Marcelo d’Agosto, autor do blog “O consultor financeiro”, do Valor, e consideram um Imposto de Renda de 20%, pago quando os recursos são sacados no intervalo de seis meses a um ano após a aplicação. (Págs. 1 e D1)

Países europeus cortam gastos militares e perdem influência global (Págs. 1 e A9)

Arno Augustin diz que o governo pode fazer ajustes no superávit primário (Págs. 1 e A12)

Fundos regionais têm boa execução

Os Fundos de Desenvolvimento regionais do Nordeste, Amazonas e Centro-Oeste reverteram o fraco desempenho do primeiro semestre de 2012 e encerraram o ano passado com a execução de R$ 3,1 bilhões, 90% do montante disponível. (Págs. 1 e A4)

Proinveste completa carteira

Os Estados deverão fechar até o fim do mês a contratação com bancos federais da quase totalidade dos R$ 20 bilhões do Programa de Apoio ao Investimento (Proinveste), criado pelo governo federal em julho do ano passado. (Págs. 1 e A4)

Ezentis chega ao Brasil

A companhia espanhola Ezentis, especializada em serviços de tecnologia e instalação de redes de telecomunicações, energia e água, negocia a compra de empresa no Brasil. (Págs. 1 e B3)

Desestatização do IRB

O Conselho Nacional de Desestatização autorizou um aumento de 2% a 15% no capital social do IRB-Brasil Re. A medida é parte do processo de desestatização da resseguradora, iniciado em 2011, e que deve ser concluído neste semestre. (Págs. 1 e C7)

Protesto de dívida ativa

Portaria da Advocacia-Geral da União autoriza os procuradores federais a protestar em cartório dívidas de até R$ 50 mil devidas às 155 autarquias e fundações públicas federais após 180 dias da intimação do devedor. (Págs. 1 e E1)

Ideias

Sergio Leo

Reuniões com empresários mostram que Dilma, além de formular a política econômica, sentou-se à mesa de operações. (Págs. 1 e A2)

Luiz Carlos Mendonça de Barros

Um novo modelo de política monetária deve surgir e a independência dos BCs sem qualificações não fará parte dele. (Págs. 1 e A11)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: O perigo do sol

As mulheres belo-horizontinas têm o maior índice de câncer de pele em todo o país

Nem mesmo o sol escaldante das praias do Nordeste tira o título negativo da capital mineira. Para ter uma ideia, no Brasil inteiro são registrados 68,36 casos para cada grupo de 100 mil mulheres. Em Belo Horizonte o índice sobe para 94,75 casos. Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Especialistas explicam que a maior causa é a falta do hábito no uso de protetores solares. Um exemplo é o comportamento da advogada Marcela Máximo: “Quem não vive na praia não está acostumado a usar filtro solar. As mulheres gostam de estar bronzeadas. Só uso filtro no rosto, porque tenho uma mancha provocada pelo sol que tento controlar há alguns anos”. A situação deixa especialistas em alerta. “É de se preocupar porque as taxas estão altas e provavelmente ainda são muito maiores, uma vez que este tipo de câncer é subnotificado”, afirma o presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia em Minas Gerais, Geraldo Magela Magalhães. A pesquisa cuidou apenas de câncer, não incluiu o melanoma. (Págs. 1 e 17)

Dependência de verba federal

Minas tem 470 municípios sem arrecadação própria. Eles são obrigados a sobreviver com o fundo de participação. (Págs. 1 e 5)

A era do filho único

Diego, filho do casal Maria Otília e Ivan Costa, admite ter sido mimado na infância, mas jura que seus pais também impuseram limites. A família pequena hoje é uma realidade no país. A taxa de fecundidade no Brasil caiu de 5,76 filhos em 1970 para 1,9 em 2010. O censo informa ainda que, em Minas Gerais, as mulheres têm 1,77 filho. A tendência dos dias atuais foi antecipada por casais que contam como conseguiram superar os desafios de conviver com esta situação, os momentos tensos e os alegres. (Págs. 1 e 18)

Fraude: Golpistas roubam dados no país a cada 14 segundos

É isso mesmo. Todo o cuidado é pouco. O ataque a dados pessoais serve para compras de carro, celulares e diversos outros produtos. Prevenir é a solução. (Págs. 1 e 13)

Pé na estrada: Brasileiros viajam mais e de carro novo

Só em 2012, o fluxo de veículos nas rodovias privatizadas, de acordo com estudo da Tendências Consultoria, cresceu 5,5%. O aumento da renda e a nova classe média explicam por que as estradas estão cada vez mais cheias. Negócios nas rodovias também cresceram. (Págs. 1 e 10)

Polêmica: Aviões não tripulados dos EUA violam lei internacional (Págs. 1 e 14)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Santa sai ganhando e Sport só empata (Págs. 1 e Esportes 1 a 5)

Fotolegenda: No Litoral Norte, trechos de praia da Ilha de Itamaracá estão tomados pelo lixo e pelo descaso

Na foto, ao fundo, a Coroa do Avião, vista da Praia do Forte, em Itamaracá. Na areia, em primeiro plano, o lixo acumulado destoa da paisagem de um dos destinos mais procurados por turistas e veranistas no Litoral Norte de Pernambuco: o mau cheiro e a sujeira provocam indignação dos banhistas. E a desordem pode ser observada em vários pontos da ilha. (Págs. 1 e Cidades 10)

Dilma deve vir ao Recife para desfile do Galo

O assunto deve ser tratado esta semana, quando a presidente recebe prefeito Geraldo Júlio, em Brasília. (Págs. 1 e 3)

Promessa federal

Ministro Fernando Bezerra Coelho anuncia hoje verba para Transposição. (Págs. 1 e 7)

Mais 25 reféns entre os mortos na Argélia

Total de vítimas do seqüestro já está em 80, entre reféns e terroristas. Corpos foram achados em campo de gás. (Págs. 1 e 5)

Obama de novo

Presidente dos Estados Unidos começou ontem o seu segundo mandato. (Págs. 1 e 5)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Ação preventiva do TCE poupa R$ 13 milhões em obras da Copa na Capital

Ao analisar contratos desde antes do lançamento de licitações, auditores do Tribunal perceberam problemas, como preço de material de construção acima do valor do mercado regional. (Págs. 1 e 8)

Nas estradas: Lei mais dura inibe álcool ao volante

Após novas regras, dados apontam mudança de comportamento. (Págs. 1 e 24)

Fim da linha: Traficante fornecia fuzis para assaltos

Preso em Cristal, criminoso é suspeito de armas quadrilhas que atacam bancos no Estado. (Págs. 1 e 30)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Usina do Madeira aciona turbina, mas energia não chega ao Sudeste

Uma obra de R$ 10 bilhões, a linha de transmissão da hidrelétrica de Santo Antônio, que está inaugurando a 10ª de suas 27 turbinas, não foi conectada. Espera decisão de órgãos federais. A Aneel garante que tudo se resolverá até o fim de abril. (Págs. 1 e 8)

“PSDB precisa defender suas privatizações”, diz líder tucano

Em entrevista ao BRASIL ECONÔMICO, o chefe da Casa Civil do governo de SP, Edson Aparecido, afirma que os tucanos capitalizam mal suas ações e descarta a possibilidade de Lula se candidatar a governador. (Págs. 1 e 4)

A maldição de um plano de saúde

Desde 2004, a carteira de clientes da Interclínicas foi vendida sucessivamente para diversas operadoras, e todas apresentaram problemas financeiros. (Págs. 1 e 22)

Chávez ganha força para ‘nova fase’

O presidente venezuelano está “saindo de um complexo processo pós-operatório” e entrando em outro tratamento, diz o vice Nicolás Maduro. (Págs. 1 e 37)

Azul segue a Gol e enxuga malha de rotas regionais

Redução atingirá voos com menos de 70% de ocupação, sobretudo para Norte e Nordeste. (Págs. 1 e 16)

Santander reage na Espanha, mas empaca no Brasil

Crise espanhola não impede alta da ação do banco, que na Bovespa tem desempenho fraco. (Págs. 1 e 30)

Hermanos sem descanso

A alta demanda por automóveis no Brasil levou montadoras a cancelar as férias coletivas na Argentina. (Págs. 1 e 27)

O pesadelo da Boeing com o avião dos sonhos

Suspensão dos voos com 787 Dreamliner coloca em risco finanças e imagem da empresa. (Págs. 1 e 17)

Clipping Radiobrás

 

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.