Manchete nos Jornais para este Domingo 04 de Dezembro de 2011

80

Empregos: TI, um mercado que só cresce – Economia: O governo amplia as medidas de estímulo ao consumo – Especial Tecnologia: O Natal dos aparelhos semiprofissionais – Rio de Janeiro: O “humanista” da Rocinha é pego negociando fuzil – Arapongagem: Os burocratas temem o que? – O casamento acabou? Prepare-se para gastar mais – Crise faz salário no Brasil superar o de países ricos…

O Globo

Manchete: Crise faz salário no Brasil superar o de países ricos
Pesquisa mostra que remuneração é até 85% maior em empresas brasileiras

A crise na Europa e nos Estados Unidos, combinada ao crescimento do Brasil, está fazendo trabalhadores brasileiros ganharem até 85% mais que seus colegas estrangeiros, revela pesquisa da consultoria Michael Page feita em grandes empresas de todos os setores em cinco países. É o caso de engenheiros elétricos seniores que ganham no mínimo R$ 14.900 no Brasil, e a partir de R$ 8.037 da Espanha. Já um consultor jurídico brasileiro ganha 24,4% mais que os mesmos profissionais na Itália (até R$ 15 mil no Brasil contra R$ 12.055). A menor remuneração de um diretor comercial no Brasil é de R$ 28 mil, já no Reino Unido fica em R$ 24.674 (menos 11,9%). No Rio, o bom momento está trazendo os cariocas de volta para a casa, um “repatriamento” que já cresceu 30%. (Págs. 1, 31 e Boa Chance)

A geração do limbo
Cerca de 3.600 jovens estão entre o tráfico e o desemprego. Eles vivem nas favelas pacificadas, já não tem idade escolar e faziam parte dos escalões inferiores do tráfico. O estado detectou o problema e terá programa para tirá-los da situação de risco. “Com a UPP, o lucro do tráfico caiu muito. Cheguei a ganhar R$ 8 mil por mês. Agora, conseguiria no máximo R$ 800, o mesmo que ganho com carteira assinada, férias e 13º”, diz um jovem que se empregou num hotel. Pesquisa feita em comunidades pacificadas mostra que proximidade com a Zona Sul tem peso maior do que a escolaridade na hora de conseguir trabalho. (Págs. 1 e 18)

Mário Soares

Aos 86 anos, o ex-presidente português ataca os neoliberais, que “mandam na Europa”, e primeiros-ministros tecnocratas: “Isso ofende a democracia.” (Págs. 1 e 46)

Eike Batista

Oitavo homem mais rico do mundo, Eike Batista fez um manual para aspirantes a empresários. Reconhece erros e admite: “Não sou infalível.” (Págs. 1 e 40)

Consultoria rendeu R$ 2 milhões a ministro
Depois de sair da prefeitura de Belo Horizonte e antes de assumir o Ministério do Desenvolvimento no governo Dilma Rousseff, Fernando Pimentel faturou pelo menos R$ 2 milhões com sua consu1toria em 2009 e 2010. A Federação das Indústrias de Minas pagou R$ 1 milhão; o grupo da construtora mineira Convap, R$ 514 mil- e ganhou contratos na prefeitura de BH, aliada de Pimentel. (Págs. 1 e 3)

Brasil será 3º maior poluidor com pré-sal
Atualmente na sexta posição no ranking de maiores poluidores do mundo, o Brasil vai saltar para a terceira colocação com a exploração pesada do petróleo da camada do pré-sal nos próximos oito anos, revela estudo do Greenpeace. O país ficará atrás apenas de China e EUA. (Págs. 1 e 34)

A história de mora
O aperto de mão entre Ernesto Geisel e Ulysses Guimarães, no velório de Tancredo Neves, marcou o fim da ditadura, conta Jorge Bastos Moreno. (Págs. 1 e 12)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Promessa de campanha, obra no Rio São Francisco para
Abandono é marcante ao longo dos canais para a transposição; governo diz que houve ‘desaceleração’

Cenário de propaganda eleitoral da presidente Dilma Rousseff e responsável por parte da votação recebida por ela no Nordeste, a Transposição do Rio São Francisco foi abandonada por construtoras e o trabalho feito começa a se perder. Durante três dias a reportagem do Estado percorreu 100 km dos canais da obra. O abandono foi a tônica da viagem. O Ministério da Integração Nacional diz que a conservação do que já foi feito é de responsabilidade das empresas contratadas e que não se trata de interrupção das obras, mas de “desaceleração”. (Págs. 1 e Nacional A4, A6 e A7)

Foto legenda: Deterioração

Canal de transposição do São Francisco em que as placas de concreto começam a desprender.

Transnordestina precisa de mais R$ 1,3 bilhão
Na lista das maiores obras do Programa de Aceleração do Crescimento, a Ferrovia Transnordestina exigirá, no mínimo, mais R$ 1,3 bilhão para ser concluída – valor que elevará o preço da obra para R$ 6,7 bilhões. (Págs. 1 e Economia B1)

Censo: Pobres, mas com vida longa
Mapeamento inédito do Censo mostra que os brasileiros com mais de 100 anos não estão nas áreas mais ricas do País, e sim no Norte e no Nordeste. A Bahia lidera em concentração de centenários, a maioria habitante de cidades do interior. Para especialistas, a vida em cidades pacatas explica a longevidade. (Págs. 1 e Vida A20 e A29)

Cristãos do Egito sofrem mais ataques
Ataques a igrejas não são novidade no Egito. Mas, após a queda do ditador Hosni Mubarak, eles se intensificaram, motivados pela maior liberdade de ação dos islâmicos radicais, informa Lourival Sant’ Anna, enviado especial. (Págs. 1 e Internacional A16)

Acidente na Bahia mata 36 pessoas (Págs. 1 e Metrópole C6)

Viúva do caso Mega Sena é absolvida (Págs. 1 e Metrópole C6)

Fernando Henrique
Encruzilhadas mundiais

Sem perder os ideais desenhados em 1948, é urgente que as potências reconheçam a nova realidade e convidem à mesa os que tem vez e voz no mundo. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Dora Kramer
Ato de omissão

Quanto mais demora a agir no caso do ministro Carlos Lupi, menos a presidente Dilma cumpre sua obrigação constitucional. (Págs. 1 e Nacional, A6)

Notas & Informações
Pior a emenda que o soneto

Vaccarezza devia saber a enorme diferença entre funcionário publico e funcionário de partido. (Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense

O casamento acabou? Prepare-se para gastar mais
A conta sai pesada para os casais que põem um ponto final na relação: o custo de vida dos novos solteiros sobe até 40% com as despesas duplicadas. Fora os danos emocionais, claro. O divórcio litigioso sai 80% mais caro que uma separação amigável. E o prejuízo apenas começa aí. (Págs 1, 36 e 37)
O ensino no DF está cada vez mais privado (Págs. 1, 29 e 30)

Começa a corrida das compras natalinas
Surtiu efeito o pacote do governo para incentivar o consumo: os brsilienses lotaram os shoppings. Mas itens essenciais, como alimentos, ainda estão caros. (Págs. 1, 14 a 16)
Arapongagem: Os burocratas temem o que?
E não é só no Senado: levantamento do Correio mostra quais órgãos da Esplanada se armam contra grampos telefônicos. Especialistas acham que o temor não se justifica do ponto de vista institucional. Afinal, diz um consultor, assuntos de interesse nacional não são tratados por telefone. (Págs. 1, 2 e 3)
A ré e a vergonha
Fotografia inédita que será publicada em biografia de Dilma Rousseff mostra-a sendo interrogada, em 1970, por oficiais da ditadura. Envergonhados, eles escondem os rostos. (Págs. 1 e 7)
Acidente mata 39 na Bahia
A tragédia envolveu dois caminhões e um ônibus em Milagres, na BR-116. Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas. Em Brasília, a universitária Laís Cristina morreu em violenta colisão na Ponte do Bragueto. Sobrinho da deputada Eliana Pedrosa, o outro envolvido, passa bem. (Págs.1, 12 e 34)
————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Ruas loteadas
Ocupação de faixas laterais de movimentados corredores de tráfego para exposição de veículos à venda, uso de cones para demarcar vagas ou transformar o espaço público em área de feira livre contrariam o Código de Posturas, mas são práticas comuns em Belo Horizonte. O estado flagrou irregularidades em vias das regiões Centro Sul, Noroeste, Pampulha, Venda Nova e Nordeste, como a Avenida Cristiano Machado. Nem a fiscalização intimida. De janeiro a outubro, a prefeitura aplicou 278 multas, 7% a mais que em todo o ano passado. (Págs. 1, 25, 28 e 29)

Medo do grampo
Espionagem ronda os gabinetes de Brasília

O Palácio da Alvorada, ministérios, Judiciário e o Congresso investem em equipamentos sofisticados para barrar a arapongagem telefônica. (Págs. 1 e 3)
Tribunal de Contas: Andamento de processos nas mãos do Executivo
Veto do governador Antonio Anastasia a projeto que propõe arquivamento de 30 mil ações que tramitam no TCE pode evitar que o órgão leve o caso ao Supremo Tribunal Federal (STF). (Págs. 1 e 11)
Johnie leva a sério briga com João
Poderosa multinacional, fabricante de uísque, acusa de plágio pequeno produtor de cachaça e move ação no Instituto Nacional de Propriedade Industrial. (Págs. 1 e 19)
Crime da mega-sena: Viúva é absolvida e pede reabertura da investigação (Págs. 1 e 15)
————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Tragédia na Bahia e luto em Pernambuco (pág. 1)

Violência causa medo no Litoral Sul (pág, 1)

Socialistas reforçam Eduardo (pág. 1)

Foto histórica de Dilma nos anos de chumbo (pág. 1)

Burocracia incomoda e causa prejuízos (pág. 1)
————————————————————————————

Veja

Manchete: O nocaute das estrelas
Hidrelétricas na Amazônia

Os estudantes reagem aos artistas ecochatos e fazem primeiro debate sério da internet brasileira. (Pág. 1)

Especial Tecnologia: O Natal dos aparelhos semiprofissionais (Pág. 1)

Rio de Janeiro: O “humanista” da Rocinha é pego negociando fuzil (Pág. 1)
————————————————————————————

Época

Manchete: Como parei de fumar
As dificuldades e as lições de quem conseguiu se libertar do vício que escraviza 25 milhões de brasileiros. (Pág. 1)

Música a R$ 1,99
Enfim, a Apple lança a loja iTunes no Brasil. (Pág. 1)

Exclusivo
Documentos secretos da Marinha revelam como espiões da CIA operavam na ditadura. (Pág. 1)

Biografia
Um novo livro narra a trajetória de Dilma – da luta armada ao Planalto. (Pág. 1)
————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: Especial brasileiro do ano 2011
Antonio Candido – Brasileiro do Ano na Cultura;
José Mariano Beltrame – Brasileiro do Ano na Cidadania;
Dilma Rousseff – Brasileira do Ano;
Gilberto Kassab – Brasileiro do Ano na Política e
Anderson Silva – Brasileiro do Ano no Esporte. (Pág. 1)
————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete: Edição Especial – Empreendedores do ano 2011
Johnny Saad, Fernando Pimentel, André Esteves, Júlio Vasconcellos e José Luiz Gandini (Pág. 1)
————————————————————————————

Carta Capital

Manchete: Educação nota zero
As escolas estatais e privadas são um desastre, mas os bons exemplos provam que ainda é possível sonhar com um sistema público universal e de qualidade. (Pág. 1)
Especial Nordeste: A nova onda de desenvolvimento regional (Pág. 1)
Economia: O governo amplia as medidas de estímulo ao consumo (Pág. 1)
————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Número de presos cai pela primeira vez em 20 anos
Nova lei e mutirão tiram 1,4 mil detentos das prisões em 12 meses no Estado, mas ainda faltam 9 mil vagas. (Págs. 1, 4 e 5)

Por que o RS tem a maior fila de adoção
Entre os 4,2 mil cadastrados, estão Alessandro e Juliana, que encaram a espera como uma gravidez sem data para acabar. (Págs. 1, 20 e 21)

Empregos: TI, um mercado que só cresce (Págs. 1 e Encartado nesta edição)

Clipping Radiobrás



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *