20150224110319
Foto: Fábio Bianco/Portal Cambé

Professores da Rede Estadual de Cambé fizeram um protesto na tarde desta terça-feira (24/02) no centro de Cambé, eles cobram o pagamento integral de benefícios atrasados.

Confira a pauta da greve:

  1. Retirada ou rejeição dos projetos de Lei: PLC 06/2015 e PL 60/2015

Já na primeira rodada de negociações o governo, através do secretário da Casa Civil, Eduardo Sciarra, afirmou que não apresentará qualquer projeto que retire direitos dos(as) servidores(as). Além disso assumiu o compromisso de debater junto com todos os sindicatos de servidores(as) o possível projeto que trata da previdência

  1. 20150224110318
    Foto: Fábio Bianco/Portal Cambé

    Pagamento imediato dos salários em atraso

PSS – Governo garantiu o depósito dos valores referentes às rescisões dos contratos PSS na terça-feira, dia 24.

1/3 de férias – A proposta de pagamento do terço de férias é de 2 grupos: fevereiro (parcela única) – servidores(as) que tiraram férias em novembro e dezembro; março e abril (2 parcelas iguais) – servidores(as) que tiveram férias em janeiro

Auxílio alimentação – governo afirmou que efetuou pagamento dos valores referentes a dezembro e janeiro junto com o salário de janeiro e quitará o restante no próximo pagamento.

Conveniadas – Governo garantiu que valores já foram repassados às escolas conveniadas com excessão daquelas em que há problemas de documentação.

Fundo Rotativo – Secretaria propõe envio de cota adicional às escolas que ainda possuem pendências financeiras de 2014. Não concordamos pois todos os valores retroativos devem ser pagos

  1. Retomada das negociações sobre os temas educacionais e a organização escolar

(abaixo, nos pontos imediatos da negociação)

  1. Retomada do Porte das Escolas (tendo como referencia mínima dez/2014)

Seed informou que um novo Porte será rodado obedecendo os mesmos critérios de dezembro de 2014. Isto significa que os números de funcionários(as), pedagogos(as), diretores(as) e diretores(as) auxiliares por escola continuam de acordo com regra do ano passado.

PONTOS IMEDIATOS DA NEGOCIAÇÃO

  1. Retomada imediata dos projetos educacionais e programas

A comissão exigiu e o secretário garantiu que serão abertas salas de apoio e professores(as) que atuam no Sareh serão supridos. Também serão reabertas turmas do Celem com professores(as) Quadro Próprio do Magistério (QPM).

  1. Abertura e reabertura de turmas/matrículas, contra a superlotação de salas de aulas

Segunda-feira, dia 23, à tarde, deve ser publicada nova normativa sobre a abertura de turmas. Ao enviar para os Núcleos Regionais de Educação (NREs) o pedido de reabertura de turmas, as direções devem enviar cópia do protocolo do pedido para a APP, no e-mail educacional@app.com.br.

  1. Nomeação de todos(as) concursados(as)

Pedagogos(as) – secretário de educação afirmou que todos(as) os(as) cerca de 1000 pedagogos(as) que haviam sido convocados(as) para distribuição de aulas em dezembro, serão nomeados.

Nomeação dos demais 463 concursados – Solicitamos um novo decreto que contemple estes(as) profissionais que são de diversas áreas e disciplinas. Este é o número de concursados(as) que ficou fora do anúncio realizado pelo governador no início do ano.

 

IMPASSE CONTINUA

Na próxima semana, uma nova rodada de negociações deve acontecer para avançar nos seguintes itens que ainda estão pendentes:

Licença Especial – Exigimos a revogação da normativa que suspendeu as licenças para 2015.

PDE – Garantia de realização do PDE como já programado, com início em 2015. Ontem, o secretário anunciou a suspensão do PDE para todo o ano.

Nomeação de 463 concursados – Este é o número de concursados que ficou fora do anuncio realizado pelo governador no início do ano. Solicitamos um novo decreto que contemple estes(as) profissionais.

Ordem de serviço – Solicitamos a liberação de ordens de serviço, principalmente aos novos concursados.

Licença para mestrado e doutorado – Solicitamos a liberação destas licenças que também estão suspensas temporariamente.

Distribuição de aulas para o PSS – Hoje há um descumprimento da instrução que regula a distribuição de aulas a professores(as) temporários que estão sendo obrigados(as) a pegar 26 aulas para efetivação do contrato. Exigimos que a estes(as) professores(as) possam atribuir menos aulas.

Nova distribuição de aulas – Para a reorganização da escola com novos concursados, mais PSS contratados e reabertura de turmas, será necessária uma nova distribuição de aulas.

Liberação programas ainda pendentes – Ficam pendentes programas como Mais Educação e Hora Treinamento e solicitamos também a reabertura destes programas.

Pagamento de atrasados – Governo não apresentou proposta para pagamento. A comissão realizou um amplo debate sobre o pagamento de benefícios em atraso como progressões e promoções. O governo alega a falta de dinheiro para efetivar estes pagamentos imediatamente e se negou a estabelecer qualquer prazo saldar esta dívida. Exigimos a implantação imediata.

Pagamento de 1/3 – a APP-Sindicato não aceitou a proposta de parcelamento do pagamento deste benefício. Exigiu pagamento em parcela única.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.