Cambé tem queda no número de óbitos enquanto enfrenta aumento no número de casos de Covid-19

0
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

O município de Cambé registrou em agosto o menor número de óbitos em decorrência da Covid-19 neste ano. No mês, foram contabilizados nove óbitos, três vezes menos que em julho, mês que confirmou 28 mortes. Enquanto a cidade apresentou queda brusca nos óbitos, o número de novos casos subiu em 40% em relação ao mês anterior. No total, julho confirmou 475 casos, enquanto em agosto foram 668.

O total de óbitos registrado em agosto é o menor número desde outubro de 2020, quando a cidade confirmou sete mortes. Se comparado ao mês de julho, a média diária de óbitos passou de 0,93 para 0,3 em agosto. Simone Lopes, enfermeira responsável pelo Departamento de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, explica que esses dados mostram que o aumento da cobertura vacinal faz com que o número de óbitos diminua.

“Hoje, em Cambé, 83% dos casos positivos são de pessoas que não se vacinaram ou que não têm o esquema vacinal completo”, explica.

Por outro lado, o mês de agosto começou com uma média móvel baixa de 18 casos por dia. No final do mês, a média já estava em 51 casos ao dia. A média de casos quase triplicou durante o mês de agosto, indicando que o vírus esta circulando mais entre a população. Segundo Lopes, esse é um sinal de alerta para os próximos dias. “Esse aumento no número de casos facilita para que, em breve, aumente também o número de óbitos registrados na cidade, caso não haja estabilização. Essa é uma tendência estatística”, explica Lopes.

Ainda no mês de agosto, a cidade teve 30 novas internações por conta da doença, mas a média de internações pela Covid-19 começou a cair entre o sétimo e o oitavo mês. Em julho, o número médio de casos ativos em internação foi de 25, enquanto que em agosto esse número caiu para 13. Essa queda acompanha a abrangência vacinal, que era de 72,38% em julho e passou para 87,8% em agosto, apontando que uma maior cobertura da vacinação evita que a população desenvolva casos graves da doença.

Simone Lopes ainda destaca que pela primeira vez a cidade enfrenta uma baixa procura de segunda dose, principalmente do público geral de 33 e 34 anos. Ainda de acordo com ela, somente com as duas doses da vacina, a população está menos apta a contrair uma forma grave da doença. “Os cambeenses têm que se conscientizar que as medidas sanitárias são de suma importância para evitar novos casos. Além disso, é essencial buscar a vacinação quando chegar a sua vez, tanto na primeira quanto na segunda dose”, finaliza a enfermeira.

Via: Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.