Coligação petista entra com ação pedindo corte de tempo de Serra na TV

0

A coligação Para o Brasil Seguir Mudando, que tem Dilma Rousseff (PT) como candidata à Presidência da República, entrou com uma ação hoje (8) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a suspensão da exibição do programa eleitoral da aliança tucana exibido na última terça-feira (7). A ação também pede o corte de tempo de propaganda considerada irregular no programa de José Serra.

Na ação, a coligação petista afirma que os minutos finais da propaganda de José Serra foram usados para criticar Dilma Rousseff sem qualquer identificação da coligação tucana. A lei exige que o partido ou coligação se identifique em sua propaganda. Segundo os petistas, as acusações são feitas com imagens “sombrias” em cores vermelha e preta, uma alusão ao PT.

Em caso semelhante, o TSE indeferiu representação do PT que acusava os tucanos de atacar Dilma Rousseff no final de seu programa. Entretanto, na propaganda em questão constava a identificação do PSDB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Eu Aceito a Política de Privacidade

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.