Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O ex-policial civil, João Adão Sampaio Schsler, acusado de mandar matar o deputado estadual Tiago de Amorim Novaes, foi executado na cidade de La Paloma del Espírito Santo, que fica a 195 quilômetros de Ciudad del Este. Diante dos apontamentos do Ministério Público, Sampaio chegou a ser preso, mas obteve um habeas corpus. Um novo mandado de prisão preventiva foi decretado, no entanto, o ex-policial civil já havia fugido ao país vizinho. Na madrugada de ontem (30), ele foi morto a tiros, com a suposta esposa, Lucélia Leandro, 24 anos. A mulher era natural do Mato Grosso do Sul. Foram sete disparos de arma de fogo, calibre nove milímetros, contra o ex-policial e sete contra a mulher.

Fonte: Jornal Hoje Cascavel

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.