Os trabalhadores dos Correios podem entrar em greve em todo o país a partir das 22h da próxima terça-feira (7), segundo federações ligadas à categoria.

O motivo é a falta de acordo entre os profissionais e a empresa para fechar a convenção coletiva deste ano.
Dentre as principais reivindicações dos funcionários da estatal estão reajuste salarial de 5%, mais R$ 300 de aumento. Eles também querem manter o plano de saúde como está e ainda incluir sete exames obrigatórios.

Segundo Douglas Melo, diretor de comunicação da Findect (federação dos trabalhadores e trabalhadoras) e do sindicato de São Paulo, até o momento, a empresa não apresentou nem ao menos a reposição da inflação para os salários.

De acordo com ele, a proposta dos Correios é dar um reajuste que corresponde a 60% do que foi pedido pelos funcionários, que tem como base o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

No ano passado, os profissionais também fizeram greve. Após a assinatura da convenção, houve mutirão para regularizar as entregas. Em nota, os Correios disseram que “ainda estão em negociação com as representações sindicais”.

por Folha Press

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.