Manchete nos Jornais desta Quarta-feira, 31 de Julho de 2019

0

O Globo

Manchete: Bolsonaro: ‘Sou assim mesmo, não tem estratégia
Presidente diz que não mudará estilo de ataque a adversários
Jussara Soares
O presidente Jair Bolsonaro não pretende mudar seu estilo nem retroceder diante das críticas que tem recebido de aliados e opositores nos últimos dias, após atacar até vítimas da ditadura. “Sou assim mesmo, não tem estratégia. Se eu estivesse preocupado com 2022, não daria essas declarações”, disse, em conversa com O GLOBO em seu gabinete no Palácio do Planalto, decidida de improviso e registrada com uma caneta Bic cedida por ele. Bolsonaro contou que está conversando com grupos estrangeiros para criar “pequenas Serras Peladas” para serem exploradas também por indígenas e transformar a Baía de Angra na “Cancún brasileira”. Página 4

Paraguai em risco de impeachment por crise de Itaipu
Acordo que altera pontos da administração compartilhada da hidrelétrica de Itaipu deflagrou crise política com risco de impeachment para o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez. Considerado lesivo aos interesses paraguaios pela oposição, o acordo enfraqueceu Benítez, que não controla o Parlamento. Página 24

Trump quer livre comércio com o Brasil
O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que deseja fazer um acordo comercial com o Brasil, um “grande parceiro”. Hoje, o secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, tem reunião em Brasília com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes. Página 19

Merval Pereira
Arroubos personalistas não podem ameaçar reformas Página 2
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Trump defende livre-comércio entre EUA e Brasil
Governo quer acordo ambicioso’, com cotas de importação com menos tributos
Depois de Donald Trump dizer ontem que trabalha em um acordo de livre-comércio com o Brasil, o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, afirmou que o governo vai atuar para firmar um tratado mais “ambicioso e abrangente” possível. A ideia é buscar um acordo que inclua a retirada de tarifas e a criação de cotas de importação com menos tributos. Em visita ao Brasil, o secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, confirmou o interesse em um tratado comercial, mas afirmou que há riscos de que compromissos assumidos pelo Mercosul com a União Europeia, em junho, impeçam um acordo mais amplo. Com discussões mais adiantadas, um tratado para aumentar a compra pelos EUA de açúcar e etanol brasileiros pode sair até outubro. Os EUA foram o principal destino de exportações brasileiras de bens (US$ 28,7 bilhões, em 2018) e de serviços (US$ 16 bilhões, em 2017). Economia/ Págs. B1, B4 e B5

‘Muito feliz’ com Eduardo
Trump também afirmou ontem que está “muito feliz” com a indicação de Eduardo Bolsonaro à Embaixada nos EUA e que ela não configura nepotismo. Pág. A8

Auxiliares querem menos exposição de Bolsonaro
Auxiliares de Jair Bolsonaro fizeram reunião de emergência ontem no Planalto para avaliar as consequências da série de declarações dadas pelo presidente nos últimos dias. As conclusões são de que Bolsonaro precisa ficar menos exposto a entrevistas e de que integrantes da chamada ala ideológica têm influenciado o presidente de forma mais assertiva. Política/pág. A4

‘Combate à lavagem ficaria prejudicado’
O dirigente do Coaf considera que a decisão liminar de Dias Toffoli (STF) de mandar parar investigações que se apoiem em informações bancárias e fiscais compartilhadas por órgãos de controle compromete o combate à lavagem de dinheiro. “Não cabe ao Coaf questionar decisões judiciais. No entanto, não há como negar a preocupação com o impacto imediato da decisão”, disse. Política/Pág. A8

Obras de prisão vizinha a Altamira estão atrasadas
Alternativa para desafogar a cadeia onde 58 morreram anteontem em Altamira (PA), o Complexo Penitenciário de Vitória do Xingu está quase três anos atrasado. A obra é contrapartida aos impactos da Usina de Belo Monte – o governo do Pará diz que ficará pronta em 60 dias. Questionado sobre o massacre, Bolsonaro disse que deveria ser perguntado “às vítimas dos que morreram lá o que elas acham”. Metrópole/pág. A13

Cidadania e Educação sofrem os maiores cortes
Os Ministérios da Cidadania (R$ 619 milhões) e da Educação (R$ 348,5 milhões) foram os mais atingidos pelo contingenciamento de R$ 1,442 bilhão detalhado ontem pelo governo. Os cortes na Educação foram alvo de protestos no início do ano. A Pasta da Economia teve R$ 282,6 milhões contingenciados e a do Turismo, R$ 100 milhões. Em meio à crise nas penitenciárias, foram liberados R$ 60 milhões para a Justiça. Economia/pág. B8

PF investiga se hacker foi pago com bitcoin Política/Pág. A6

Fabio Alves
O Copom pode iniciar o ciclo de corte de juros sem colocar em xeque sua credibilidade. Economia /pág. B6

Silvio Meira
Sem fomentar inovação, sistemas financeiros locais correm o risco de ser irrelevantes. Economia/ pág. B10

Notas & Informações
De volta ao realismo comercial?
Brasil e EUA, as maiores economias americanas, poderão enfim ligar-se por um acordo. Pág. A3
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Ato de Bolsonaro pode atrasar aval a acordo UE-Mercosul
Cancelamento de encontro com chanceler francês irrita europeus; apesar de desgaste, negociação não deve parar
Os 12 minutos da live feita por Jair Bolsonaro (PSL) enquanto cortava o cabelo, na segunda (29), arriscam atrapalhar o ritmo da aprovação do pacto União Europeia-Mercosul. Isso porque, na hora aproximada da transmissão, o presidente devia se encontrar com o chanceler francês Jean-Yves Le Drian, mas cancelou a reunião.
Diplomatas ligados à visita de Le Drian disseram que ele se irritou ao saber da ida de Bolsonaro ao cabeleireiro, apesar de o Planalto ter alegado problemas de agenda. O presidente tem demonstrado insatisfação com críticas da França à política ambiental de seu governo e a cobrança para o Brasil respeitar o Acordo de Paris.
O próprio Le Drian, em entrevista recente à Folha,havia dito não esperar um endosso oficial de Emmanuel Macron ao pacto com o Mercosul antes do fim de 2020. O texto precisa ser ratificado pelo Executivo de todos os países de ambos os blocos, antes de seguir para a chancela dos Poderes Legislativos. Mercado A17

Brasil vai a reunião com negacionistas do clima pela 1ª vez
O governo brasileiro enviou representantes diplomáticos a uma reunião de negacionistas do clima nos Estados Unidos pela 1ª vez. A participação do país na 13a Conferência Internacional sobre Mudança do Clima, em 25 de julho, é relatada em telegrama obtido pela Folha. Ambiente B5

Após motim, detentos são transferidos a outros estados
Começou ontem a transferência de 46 suspeitos de participar da rebelião em um presídio em Altamira (PA), que deixou 57 mortos na segunda (29). A reação de autoridades à maior chacina do ano em penitenciárias tem sido criticada. Questionado, Jair Bolsonaro disse: “Pergunta para as vítimas dos que morreram lá”. Cotidiano B1

Entorno do presidente busca a lógica de suas falas
Aliados e militares tentam identificar o foco do comportamento intempestivo de Jair Bolsonaro, que, principalmente nos últimos dias, estaria sendo estimulado a dar vazão a temas laterais. Ontem, ele voltou a falar sobre amor-te do pai do presidente da OAB e chamou de “balela” documentos sobre mortos na ditadura. Poder A4

Trump elogia Eduardo e diz que colega brasileiro não faz nepotismo A14

Bolsonaro critica perda de propriedade por uso de trabalho escravo A20
————————————————————————————

________________________________________________________________
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.