Retrato da desigualdade:,11,4 milhões de pessoas moram em favelas; O pescador Edmilson Batista mora há 22 anos com a família na beira de represa no Jardim Gaivota, zona sul de São Paulo. Pesquisa do IBGE mostra que em áreas pobres do País não faltam TVs ou celulares, mas os moradores não conseguem trabalho fixo nem estudar. SP tem o maior número de pessoas em favelas…-Senado tem mais cargo político que efetivo na gestão Renan; Pela primeira vez em 11 anos, Casa tem o maior número de apadrinhados; Ministério Público vai apurar o caso…- Gasto e subsídio deixam pouco espaço a governo; Aumento de despesas, desonerações tributárias e subsídios são apontados como cruciais para o resultado ruim das contas públicas este ano, e previsão é de que quadro piore em 2014.Dá para piorar as contas; Deputados e senadores estão prontos para colaborar com mais despesas para sangrar o Tesouro…

O Globo

Manchete: Desigualdade social: Universidade, carro e internet ainda dividem favela e asfalto

TV e geladeira, no entanto, estão praticamente universalizadas.
No Rio, quem vive em comunidades leva menos tempo para chegar ao trabalho do que moradores do restante da cidade; em São Paulo, situação se inverte.
No mais profundo retrato já feito pelo IBGE sobre as condições de vida em favelas brasileiras, o acesso à universidade e a posse de bens de consumo como automóvel e computadores com acesso à internet aparecem como os itens que mais diferenciam os moradores dessas áreas em relação ao restante da população. A pesquisa traz também algumas curiosidades: no Rio, moradores de comunidades perdem menos tempo no deslocamento ao trabalho do que o restante dos trabalhadores. Em São Paulo, a situação se inverte. (Págs. 1 e 3 e 4)

Light terá tarifa especial para combater o‘gato’

Empresa se comprometeu com a Aneel a adotar tarifa diferenciada e com desconto de até 70% para áreas carentes. (Págs. 1 e 24)

Aperitivo do Porto livre da perimetral

Em um pequeno trecho de 40 metros, quem passa pela Avenida Rodrigues Alves e olha para o alto já não se depara com o Elevado da Perimetral. Ali, blocos de concreto e vigas de aço foram totalmente desmontados. Cerca de 1800 metros da estrutura irão ao chão. (Págs. 1 e 14)

A vida na corte: Presidente fujona

Aprender a guiar moto é um dos desejos que a presidente Dilma gostaria de realizai: Em entrevista ao sistema RBS, ela contou que dribla a segurança quando pode e foge. Perguntada se era para namorar, respondeu: “Infelizmente, não. Seria bom, um momento de relaxamento.” Dilma disse que teria remarcado a ida aos EUA se Obama tivesse pedido desculpas pela espionagem. (Págs. 1 e 7)

Manual para espertos

Em livro sobre marketing, o deputado Doutor Ubiali (PSB-SP) dá dicas de sucesso: ter um assessor que consiga consultas para eleitores, mas filtre os pedidos deles — carne para churrasco, jamais. (Págs. 1 e 9)

Perícia indica que Arafat foi envenenado

Laudo da Universidade de Lausanne revelou ter encontrado polônio 210 em níveis 18 vezes superiores ao normal nos restos mortais de Yasser Arafat e que há 83% de certeza de ele ter sido envenenado. (Págs. 1 e 29)

Farc poderão ter cargos políticos (Págs. 1 e 31)

Crime na Rocinha: Coordenador das UPPs pede desculpas por Amarildo

O coordenador de Polícia Pacificadora, coronel Frederico Caldas, se desculpou ontem com a família de Amarildo de Souza pela tortura e morte, por PMs da UPP da Rocinha, do ajudante de pedreiro. Segundo ele, o que aconteceu foi inaceitável. (Págs.1 e 13)

Acima das previsões: Lucro da Vale sobe 139% no trimestre

Vendas maiores para a China e alta do preço do minério fizeram o lucro da mineradora subir para R$ 7,949 bi no terceiro trimestre. (Págs.1 e 23)

Contas públicas: Meta fiscal pode não ser cumprida

Pela primeira vez, o ministro Guido Mantega admitiu que o governo poderá ter um superávit abaixo de 2,3% do PIB este ano. (Págs. 1 e 25)

Sob suspeita: TCU recomenda parar sete obras

O TCU recomendou ao Congresso a paralisação de sete obras custeadas pelo governo federal nas quais viu indícios de irregularidades. (Págs.1 e 6)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Senado tem mais cargo político que efetivo na gestão Renan

Pela primeira vez em 11 anos, Casa tem o maior número de apadrinhados; Ministério Público vai apurar o caso
Em nove meses sob o comando de Renan Calheiros (PMDB-AL), o Senado passou a ter mais servidores admitidos por meio de indicação do que por mérito, informam os repórteres Ricardo Brito e Fábio Fabrini. Hoje, a Casa tem 3.241 funcionários comissionados, o maior número dos últimos 11 anos. Já o total de efetivos é de 2.991, ante 3.233 no ano passado. A folha de pagamentos do Senado chega perto de R$ 3 bilhões anuais. O Ministério Público Federal abriu inquérito civil para investigar o loteamento partidário nas nomeações. Em nota, o Senado afirmou que os cargos comissionados atendem “conveniência e necessidade” da administração e se destinam a atividades de assessoramento técnico e de secretariado. (Págs. 1 e Política A4)
Solidariedade e PROS terão 119 servidores
Criados em setembro, o Solidariedade e o PROS vão onerar a folha de pagamento da Câmara dos Deputados em R$ 19 milhões a partir de 2014. Com bancada de 22 deputados, o Solidariedade tem direito a 68 servidores, sendo 16 obrigatoriamente concursados e 52 por livre nomeação. O PROS contará com 51 funcionários, 14 concursados e 37 comissionados. (Págs. 1 e A4)

Dilma diz que ação da Abin não é igual à dos EUA

A presidente Dilma Rousseff disse à rede gaúcha RBS que agentes brasileiros “não cometeram ilegalidade” ao monitorar, em 2003 e 2004, diplomatas da Rússia e do Irã – e que aquelas ações foram diferentes da espionagem da NSA Ela afirmou que o cancelamento de sua viagem aos EUA só seria revisto se houvesse pedido de desculpas e garantias do fim da espionagem. (Págs. 1 e Política A4)

Auditora que citou secretário será exonerada

Paula Nagamati será exonerada de cargo de chefia na Prefeitura de São Paulo após dizer que o secretário Antonio Donato (PT) recebeu dinheiro da quadrilha que fraudou o ISS. O prefeito Fernando Haddad disse que Paula integra o esquema. (Págs. 1 e Metrópole A22)

Retrato da desigualdade

11,4 milhões de pessoas moram em favelas
O pescador Edmilson Batista mora há 22 anos com a família na beira de represa no Jardim Gaivota, zona sul de São Paulo. Pesquisa do IBGE mostra que em áreas pobres do País não faltam TVs ou celulares, mas os moradores não conseguem trabalho fixo nem estudar. SP tem o maior número de pessoas em favelas. (Págs. 1 e Metrópole A34 e A35)

Juiz barra alta do IPTU após sanção de Haddad

Um juiz suspendeu a lei que aumenta o IPTU em São Paulo, após ela ter sido sancionada na noite de terça-feira por Fernando Haddad. O prefeito disse que não sabia de uma liminar barrando a lei. (Págs. 1 e Metrópole A23)

Gasto e subsídio deixam pouco espaço a governo

Aumento de despesas, desonerações tributárias e subsídios são apontados como cruciais para o resultado ruim das contas públicas este ano, e previsão é de que quadro piore em 2014. (Págs. 1 e Economia B1)

Sobe para 50 anos idade para exame de próstata (Págs. 1 e Metrópole A26)

Lucro da Vale cresce 140% e é de R$ 7,9 bi (Págs. 1 e Economia B15)

EUA vão propor ao Irã redução das sanções (Págs. 1 e Internacional A19)

Dora Kramer

Defeito de qualidade
A proposta de reforma eleitoral é boa e, por isso, vai ser difícil sair do papel. Deve morrer sob escombros de interesses conflitantes entre partidos. (Págs. 1 e Política A6)

Bruce Bartlett

Declínio do Tea Party
Há indicações de que as elites conservadoras e os empresários dos EUA optaram por um recuo, que pode fazer o pêndulo político voltar para o centro. (Págs. 1 e Visão Global A20)

Notas & Informações

Dá para piorar as contas
Deputados e senadores estão prontos para colaborar com mais despesas para sangrar o Tesouro. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Cotistas terão até 40% das vagas em concursos

Hoje, nas seleções públicas, entre 5% e 20% dos postos são para pessoas com deficiência. Com a decisão do governo de destinar mais 20% a afrodescendentes — conforme projeto de lei enviado ao Congresso —, o percentual dos beneficiados por políticas afirmativas poderá chegar a até 40% das vagas nos concursos federais. Além disso, quem concorrer pela reserva racial e obtiver nota para ser aprovado sem precisar do benefício não será computado entre os cotistas. A medida foi apontada como eleitoreira nas redes sociais e provocou intensa discussão.
Membro da Comissão de Fiscalização de Concurso Público da OAB-DF, Max Kolbe criticou o projeto. “Concurso é meritocracia” disse. “Não tem essa história de cotas.” (Págs. 1 e 16 a 19)

Governo admite não atingirá meta fiscal

Resultados já indicavam o que Mantega confirmou. Reconhecimento tardio alimenta desconfianças de que em 2014 será pior. (Págs.1 e 20)

Minha casa invadida

Antes mesmo de ficarem prontas, as casas de um conjunto habitacional financiado pelo governo federal em Planaltina de Goiás foram ocupadas ilegalmente. O clima no local é de tensão, há famílias ameaçadas e invasores que tentam revender imóveis. (Págs. 1 e 31)

Exame mostra que veneno matou Arafat

Relatório aponta níveis altos de uma substância tóxica no corpo do líder palestino, que faleceu em 2004. O governo de Israel desqualificou o laudo. (Págs.1 e 26)

Fiscalização TCU condena menos obras

Criticado pelo governo por atrasar o andamento de projetos, o tribunal suspendeu apenas sete construções este ano. (Págs. 1 e 4)

Houve 52 acidentes nos dias em que Ideli usou helicóptero

Ministério Público revela que acidentes deixaram 73 feridos e dois mortos, em Santa Catarina, em pelo menos três dias nos quais o único helicóptero da PRF usado pelo Samu para socorrer vítimas no estado estava a serviço da ministra de Relações Institucionais. (Págs.1 e 2)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: PM nos câmpus das federais

Objetivo é a segurança, mas entidades de estudantes e professores desaprovam
O aumento da violência está levando universidades federais mineiras a enfrentar um tabu: o de permitir policiais militares em seus territórios, o que era rechaçado, devido à perseguição de acadêmicos considerados subversivos durante a ditadura. Além da UFMG, onde as patrulhas são constantes, a polícia chega às federais do interior. A de Ouro Preto deve abrir amanhã um ponto avançado da PM depois do primeiro assalto à mão armada no câmpus. Nas universidades de Lavras e Viçosa, a presença da corporação já é efetiva. E a Justiça determinou a instalação de postos de vigilância na de Uberlândia, o que está sendo analisado pelo departamento jurídico. A federal de Juiz de Fora, porém, considera a PM desnecessária.A União Nacional dos Estudantes (UNE) e o sindicato nacional dos professores também são contrários à medida. (Págs. 1, 17 e 18)

Sexo no cartão, mas sem os benefícios (Págs. 1 e 12)

Polo de consumo

Com fácil acesso a crédito e renda maior, brasileiros que moram em aglomerados, como o Morro do Papagaio, em BH, levaram para suas casas produtos e serviços antes restritos a bairros urbanizados. Recorte feito pelo IBGE do Censo 2010 revela que bens duráveis como TVs e máquinas de lavar estão presentes em quase todas as moradias. Outros indicadores, porém, carecem de investimento. Na capital mineira, apenas 1% da população de vilas e favelas tinha concluído a faculdade, contra 31,84% das pessoas de outras áreas da cidade. (Págs. 1 e 10)

Vereadores: Projeto quer enquadrar os ‘turistas’ da Câmara

Proposta em tramitação na Casa quer punir parlamentares de BH que batem o ponto e vão embora, sem participar de votações. Intenção é descontar do salário dos faltosos as ausências nas sessões. (Págs. 1 e 3)

Na cola de Ideli

MP aponta que duas pessoas morreram e 73 ficaram feridas em acidentes nas estradas de Santa Catarina durante três dias em que a ministra ficou com helicóptero médico da PRF. (Págs. 1 e 5)

Primeiro processo: Acionistas de Minas e Rio na Justiça contra Eike (Págs. 1 e 13)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: BC mostra a saída para os endividados (Pág. 1)

Recife vai enfrentar o crack com programa de R$ 52 milhões (Pág.1)

Desigualdade ainda é cruel nas favelas (Pág. 1)

Demissões à vista em Suape são discutidas (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: “Os Estados Unidos teriam de se desculpar pela espionagem”

Em entrevista a jornalistas da RBS, presidente afirmou que não pode aceitar a quebra da soberania brasileira. (Págs. 1, 4, 5, 8, 10, 16, 18 e 19)

Protesto na BR-116: Grupo explode cabines de pedágio em Pelotas

Mascarados usaram coquetéis molotov durante manifestação contra concessão de estradas. (Págs. 1 e 45)

Pré-escola: Solução para falta de vagas só viria em 2024

Mantido o ritmo atual, a meta de atendimento a crianças de 4 a 5 anos pode atrasar oito anos. (Págs. 1 e 36)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: ANP adia contrato, mas recebe bônus por Libra em dia

As estatais chinesas não conseguiram cumprir toda a burocracia exigida para assinar o contrato de exploração do campo de Libra, o que seria feito até o fim do mês. Mas a entrada dos R$ 15 bilhões que o país receberá das empresas vencedoras da licitação realizada pela agência continua marcado para o próximo dia 19. Os recursos vão ajudar a fechar a conta do governo em 2013. (Págs. 1 e 5)

Prefeitura de Nova York é assunto de família

Foi assim que Bill de Blasio, eleito com esmagadora votação, justificou a participação de seus filhos durante a campanha. Ontem, os adolescentes Dante e Chiara comemoraram com o pai, primeiro democrata eleito na cidade após 20 anos. (Págs. 1, 28 e 32)

Fornecedor recorre à Justiça para cobrar da OSX

A Techint se antecipou ao processo de recuperação judicial que a empresa de Eike pedirá nos próximos dias. (Págs. 1 e 23)

Seca destrói perspectiva agrícola do Nordeste

A projeção de aumento de safra em 2013 caiu de 40% para 1,5%, segundo boletim regional do BC. (Págs. 1 e 6)

Cliente & CIA: Seguro é coisa séria e consumidor merece explicação detalhada (Págs. 1 e 15)

Superávit: Mantega diz que cumprimento da meta depende de estados e municípios (Págs. 1 e 4)

Fiscalização: TCU recomenda parar sete obras e reter recursos de outras oito (Págs. 1 e 4)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.