Decisão sobre correção da poupança só em 2014; O STF adiou para fevereiro do ano que vem a votação que determinará se haverá ou não correção referente a planos econômicos…-BC eleva taxa básica de juros para 10% ao ano; O Banco Central anunciou o sexto aumento consecutivo dos juros, que voltaram ao patamar de dois dígitos, e deixou aberta a possibilidade de novas altas da taxa básica (Selic) em 2014. Os juros subiram de 9,5% para 10% ao ano por decisão unânime do Copom, que só volta a se reunir em 15 de janeiro…-Subsídio para quem não precisa; Porque subsidiar grupos privados se o projeto é lucrativo? A resposta está no uso de subsídios pela porta dos fundos para inflar o resultado dos leilões…

 

O Globo

Manchete: Caso Siemens: PT e PSDB fazem guerra de versões sobre dossiê

Para tucanos, houve falsificação; ministro afirma que documentos são diferentes.
PSDB pede que Comissão de Ética Pública da Presidência investigue comportamento de Cardozo, cuja saída foi cobrada também pelo PPS; deputado petista diz que processará quem o acusou de adulterar papéis.
A menos de um ano da eleição presidencial, PT e PSDB acirraram a troca de acusações sobre documentos utilizados na investigação do caso Siemens — que apura formação de cartel e pagamento de propina em contratos do Metrô durante governos tucanos em SP. Há pelo menos três documentos circulando, um em inglês e dois em português. O PSDB diz que petistas acrescentaram dados a uma tradução, incluindo o partido e nomes de políticos, e pediu que a Comissão de Ética Pública investigue. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que encaminhou os papéis à PF, disse que não há falsificação e que os documentos são diferentes. (Págs. 1 e 3 a 6)

Genoino não está inválido

Laudo de junta médica da Câmara diz que o mensaleiro Genoino não tem doença que justifique a aposentadoria. (Págs. 1 e 7)

Colunistas: Veríssimo

Como seria se o Brasil estivesse a ponto de dominar a tecnologia nuclear. (Págs. 1 e 23)

Esportes: Acidente pode atrasar entrega do Itaquerão

Dois operários morrem em queda de guindaste em estádio da Copa.
A queda de um guindaste matou dois operários e derrubou parte da fachada do Itaquerão, o que pode atrasar a entrega do estádio de abertura da Copa à Fifa. (Págs. 1 e 43 e 44)

De olho na inflação: Juro sobe a 10% na sexta alta seguida

A diretoria do Banco Central subiu os juros básicos de 9,5% para 10% ao ano, na sexta alta seguida. Com isso, a taxa volta a dois dígitos, o que não ocorria há dois anos. Segundo analistas, o objetivo é segurar a inflação em 2014. (Págs. 1 e 25)

Privatização de rodovias: Estrada sai com deságio de 52%

A Odebrecht venceu o leilão de trecho da BR-163, em Mato Grosso, por onde é escoada a soja do Centro-Oeste. Investirá R$ 4,7 bi em obras.
“O modelo (de concessões), querido, é meu. Não conheço investimento dessa envergadura antes do meu governo”
Dilma Rousseff, presidente. (Págs. 1 e 32)

MEC corrige falha: Revisão do Enem muda 1º colocado

O MEC recalculou notas e informou que o Colégio Objetivo Integrado (SP) é o 1º no Enem. No país, 24 escolas pediram reexame. (Págs. 1 e 10)

Sem imunidade: Senado italiano cassa Berlusconi

Condenado à prisão, o ex-premier foi cassado e perdeu direitos políticos por seis anos, encerrando duas décadas de poder na Itália. (Págs. 1 e 34)

Beber e dirigir: Comissão aprova penas mais duras (Págs. 1 e 9)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Câmara adia decisão sobre aposentadoria de Genoino

Junta médica pede 90 dias para analisar invalidez de deputado e frustra plano de evitar cassação.
A tentativa do PT de aposentar imediatamente o deputado licenciado José Genoino (PT-SP) para evitar um processo de cassação fracassou ontem. Um laudo dos médicos da Câmara pediu mais 90 dias para concluir se o deputado tem invalidez permanente. Como plano B, o partido quer agora paralisar qualquer decisão da Mesa Diretora sobre a perda do mandato enquanto o deputado estiver de licença médica. Para tanto, precisa que pelo menos quatro dos sete integrantes da Mesa votem pela não abertura do processo de cassação na reunião de terça-feira. A junta médica concluiu que Genoino não sofre de cardiopatia grave, mesma conclusão dos médicos da Universidade de Brasília que o examinaram a pedido do STF. A junta ressaltou ainda que o processo de aposentadoria por invalidez pode ir além do fim do mandato de Genoino, em fevereiro de 2015. (Págs. 1 e Política A8)

Donadon pode ser cassado

O Conselho de Ética da Câmara aprovou a perda do mandato do deputado federal Natan Donadon e a votação deve ir a plenário. (Págs. 1 e A12)

Consultor nega ter pago a tucanos propina de cartel

O engenheiro Arthur Gomes Teixeira, sócio da Procint Projetos e Consultoria, disse ao Estado que não pagou propina a políticos tucanos, nem de outros partidos. Considerado pelo Ministério Público lobista do cartel dos trens, ele desmente o ex-diretor da Siemens Everton Rheinheimer. Em relatório encartado nos autos do inquérito da Polícia Federal sobre o cartel que teria operado em governos do PSDB de São Paulo entre 1998 e 2008, Rheinheimer diz ter ouvido de Teixeira que os deputados Arnaldo Jardim (PPS-SP) e Edson Aparecido, hoje secretário da Casa Civil do governo Alckmin, teriam sido destinatários de “parte da comissão” paga por oito empresas à Procint. “Isso é uma mentira, algo sem qualquer fundamento”, reage Teixeira. Para ele, Rheinheimer é “vingativo” e autor do documento entregue pelo ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) à Polícia Federal. (Págs. 1 e Política A4)

Petista: ‘Não mexi em tradução’

O deputado licenciado Simão Pedro negou ter alterado documento com denúncia sobre o cartel de trens. (Págs. 1 e A6)

Acidente no Itaquerão mata 2 e atrasa obra

Acidente com um guindaste no início da tarde de ontem matou dois trabalhadores e danificou parte da estrutura do Itaquerão, futuro estádio do Corinthians e palco da abertura da Copa, em 12 de junho de 2014. A entrega da arena, prevista para o próximo mês, deverá ser adiada para fevereiro ou março. O Ministério Público pode pedir a interdição da obra. (Págs. 1 e Esportes A32 a A35)

Com deságio de 52%, Odebrecht leva a BR-163

Cinco dias após arrematar o Aeroporto do Galeão, a Odebrecht levou a concessão do trecho da BR-163 (MT), importante rodovia no escoamento de grãos no Centro-Oeste. O grupo propôs deságio de 52% sobre o teto do pedágio, de R$ 5,50. A tarifa será de R$ 2,64 para cada 100 km. (Págs. 1 e Economia Bl, B3 e B5)

BC eleva taxa básica de juros para 10% ao ano

O Banco Central anunciou o sexto aumento consecutivo dos juros, que voltaram ao patamar de dois dígitos, e deixou aberta a possibilidade de novas altas da taxa básica (Selic) em 2014. Os juros subiram de 9,5% para 10% ao ano por decisão unânime do Copom, que só volta a se reunir em 15 de janeiro. (Págs. 1 e Economia B7)

Senado italiano expulsa Berlusconi (Págs. 1 e internacional A14)

José Serra: Há direito de quebrar o País?

Se acolhida pelo STF a correção das cadernetas de poupança, perderão o Brasil e a população, que arcará com os custos da visão de “direito adquirido”. (Págs. 1 e espaço aberto A2)

Eugênio Bucci: Mensalão mineiro

Tanto no caso petista como no tucano, ambos os partidos tentam desinformar a sociedade. A imprensa está desafiada a esclarecer.(Págs. 1 e espaço aberto A2)

Sérgio Lazzarini: Subsídio para quem não precisa

Porque subsidiar grupos privados se o projeto é lucrativo? A resposta está no uso de subsídios pela porta dos fundos para inflar o resultado dos leilões. (Págs. 1 e economia B2)

Notas & Informações: Cassações às claras

A aprovação pelo Senado do voto aberto para cassações de mandato foi a solução mais certa. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Novo Laudo complica a atuação de Genoino

Médicos desaconselham aposentadoria do deputado por invalidez. Já a decisão sobre emprego para Dirceu deve ficar para 2014.
Assim como colegas da UnB, cardiologistas da Câmara concluíram que Genoino não sofre de cardiopatia grave, mas recomendaram licença médica por 90 dias e nova avaliação em fevereiro. Ontem, manobra do PT adiou outra vez a abertura do processo de cassação do parlamentar. No caso de Dirceu, que arranjou emprego de R$ 20 mil em hotel, juiz só decidirá se autoriza o trabalho em 40 dias. Há fila de presos pedindo o semiaberto. (Págs. 1 e 4 a 8)

PSDB eleva tom pela demissão de Cardozo

Novos trechos de tradução forjada para incriminar tucanos levam partido a aumentar a pressão contra o ministro da Justiça. O documento original em inglês sobre a máfia de trens não cita pagamento de propina a políticos do PSDB. (Págs. 1 e 2 e 3)

Crise: PM exonera coronel que suspendeu convênios

Sérgio Cordeiro, chefe do departamento de Saúde, deixará o cargo. Ele foi considerado o responsável pelo cancelamento dos planos de saúde, já reativados. O GDF diz que não havia motivos para a decisão. (Págs. 1 e 36)

Brasil fecha o ano com juros a 10%

O Banco Central elevou a Selic em 0,50 ponto percentual, no sexto aumento seguido em 2013. O reajuste consolidou o país na liderança de um triste ranking: o das taxas mais altas em todo o mundo. (Págs. 1 e 16)

Poupança só ano que vem

STF começa a julgar se contas terão correção devido a perdas com planos econômicos, mas decisão só deve sair em 2014.
Governo teme o impacto, na economia, de uma possível derrota dos bancos. (Págs. 1 e 14 e 15)

O ocaso de Berlusconi

O polêmico ex-primeiro-ministro italiano é cassado pelo Senado, fica inelegível por seis anos e terá de enfrentar a justiça sem a proteção da imunidade parlamentar. (Págs. 1 e 28)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: A duplicação que encolheu

Promessa de pistas separadas não será cumprida em um quarto da Rodovia da Morte.
O governo federal garantiu duplicar a BR-381 entre BH e Governador Valadares. No entanto, dos 303 quilômetros, 72,8 continuarão com pistas simples mesmo depois da reforma aguardada há décadas. O trecho, entre Valadares e Belo Oriente (D), terá revitalização e terceira pista em alguns locais, mas com a via compartilhada por veículos trafegando nos dois sentidos.
A parte excluída da duplicação tem 42 curvas, 19 delas acentuadas, e trânsito intenso de caminhões e carretas. Segundo levantamento da Polícia Rodoviária Federal, nesse percurso, de janeiro a outubro deste ano, acidentes mataram 34 pessoas e feriram 390. O Dnit foi procurado para explicar a decisão de não duplicar integralmente a rodovia, mas não se manifestou. (Págs. 1 e 8 e 9)

Tragédia no Itaquerão

Guindaste desaba sobre o estádio da abertura da Copa e mata dois operários.
O equipamento pesado içava o último módulo da estrutura metálica da cobertura, quando tombou sobre o edifício. A Odebrecht, responsável pela construção, garantiu que as arquibancadas não foram comprometidas. Mesmo com a paralisação das obras até a semana que vem, o Comitê Organizador da Copa afastou a hipótese de o estádio não estar pronto até a abertura do Mundial, em 12 de junho, quando será palco do jogo inaugural. A Fifa emitiu comunicado lamentando o acidente. Foi aberta investigação policial para apurar responsabilidade pelas mortes. (Págs. 1 e Capa)

Mensalão: Genoino sem aposentadoria por invalidez

Junta médica da Câmara deu parecer contrario à concessão imediata do benefício por entender que o deputado federal José Genoino não tem doença que justifique a aposentadoria por invalidez. Com essa decisão, o parlamentar deverá enfrentar processo de cassação do mandato. Reunião sobre o caso foi adiada na Casa. (Págs. 1 e 3)

Cocaína: Piloto preso: ‘Imaginei que fosse droga’

Em depoimento à Polícia Federal, condutor do helicóptero da família Perrella flagrado com 443 quilos de cocaína disse que, dado o valor a receber pelo frete (R$ 106 mil), desconfiou que fosse droga. Mas negou que os patrões soubessem qual era a carga. Perícia em celulares de presos ajudará na investigação. (Págs. 1 e 7)

Enem: Classificação das melhores escolas é refeita após erro

Correção de trapalhada no ranking de notas da prova de 2012, que excluiu escolas de pelo menos oito estados, tira de Minas a liderança na lista. (Págs. 1 e 17 e 18)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Liquidação online exige cuidados (Págs. 1 e economia 1 e 2)

Decisão do TRF mantém secretário (Págs. 1 e 4)

Mortes no Itaquerão (Págs. 1 e esportes 4)

Escolas vão à justiça contra Enem (Págs. 1 e cidades 2)

Aposentadoria negada para José Genoino (Págs. 1 e 3)

Juros básicos sobem para 10% ao ano (Págs. 1 e economia 6)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Inflação e eleição fazem juro voltar a dois dígitos

Para segurar a alta de preços e evitar medidas impopulares em 2014, Banco Central eleva taxa básica para 10% ao ano, depois de 20 meses abaixo desse limite. (Págs. 1 e 22 e 24)

Acidente em palco da Copa

Queda de guindaste que erguia cobertura sobre arquibancada causa duas mortes no Itaquerão, em São Paulo, o estádio do primeiro jogo do Mundial.
Fatalidades, infelizmente, acontecem.
Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e responsável pela construção
Conclusão de obra deve ter prazo estendido. (Págs. 1 e esportes)

Mensalão: O 4 estrelas onde Dirceu quer trabalhar

Como é o Saint Peter, o hotel que pretende pagar R$ 20 mil ao ex-ministro preso na Papuda.
Câmara adia aposentadoria de Genoino. (Págs. 1 e 8)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Taxa de juros volta aos dois dígitos e fica em 10%

Com a decisão de ontem do Comitê de Política Monetária do Banco Central, a Selic aumentou pela sexta vez consecutiva e voltou ao nível de março de 2012, quando estava em 10,5%. Ao manter o comunicado utilizado desde maio, o BC sinalizou que deverá fazer mais uma alta de 0,50 ponto percentual na próxima reunião em janeiro. (Págs. 1 e P21 e 24)

Odebrecht leva mais uma

A Odebrecht Transport arrematou a concessão da BR-163 (Mato Grosso) em leilão realizado ontem, desbancando seis concorrentes ao apresentar proposta de deságio de 52,03% na tarifa teto estipulada pelo governo. O grupo Odebrecht tem arrematado as principais obras do país, incluindo quatro arenas esportivas, o aeroporto do Galeão no Rio e a linha 6 do metrô de São Paulo. (Págs. 1 e P10 e 11)

Itaquerão

A alegria da Odebrecht foi ofuscada pelo acidente que matou dois operários na Arena Corinthians, que sediará a abertura da Copa 2014. (Págs. 1 e P10)

Decisão sobre correção da poupança só em 2014

O STF adiou para fevereiro do ano que vem a votação que determinará se haverá ou não correção referente a planos econômicos. (Págs. 1 e P8)

CVM reduz entraves para pequenas e médias

Nova regulamentação flexibiliza regras para os aportes de fundos de investimentos. (Págs. 1 e P20)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.