O Estado de S. Paulo

  • Padrão de vida brasileiro pode ter queda recorde na pandemia
    PIB per capita deve recuar 6,7%, com o indicador caindo de R$ 34,5 mil em 2019 para R$ 32,2 mil em 2020. Segundo levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), de 2011 a 2020, o PIB per capita deve recuar 8,2%, ante alta de 28% na década anterior. A crise causada pelo novo coronavírus deve levar à maior queda do padrão de vida do País desde a década de 1940, quando começa a série histórica. Só neste ano, o PIB por habitante deve cair quase o mesmo que a retração vista na crise de 2015 e 2016. Em valores de 2019, o indicador era de R$ 34,5 mil no ano passado e deve cair para R$ 32,2 mil este ano. Caso esse cenário se concretize, o padrão de vida voltaria ao nível de 2008.“Quando a classe privilegiada fica mais rica, a perda das camadas baixas é ainda maior. A renda per capita precisa reagir para que a sensação de pobreza da maior parte da população seja superada”, avalia Bentes.Outro estudo da (FGV), aponta que o auxílio emergencial de R$ 600, pago a brasileiros de baixa renda, reduziu a extrema pobreza ao menor nível em 40 anos. Só que o efeito é temporário, já que o programa é de alto custo.
  • País tem síndrome rara em criança com covid
    A reação inflamatória sistêmica é uma resposta tardia ao novo coronavírus e pode afetar até meninos e meninas que apresentaram formas brandas da infecção. País ainda não tem números oficiais sobre a doença, que é grave e pode afetar coração.A síndrome não ocorre na fase aguda da covid-19. Pode ocorrer mesmo em crianças que apresentaram quadro brando da doença” Apesar de as crianças serem as menos afetadas pelo coronavírus, há casos de uma reação inflamatória grave que aparece dias depois da infecção. São apenas cerca de 200 casos no mundo. No Brasil, Alice, de 3 anos, teve manchas, barriga inchada, pés e mãos descamados e febre. Foi internada na UTI com infecção generalizada e só então os pais receberam o diagnóstico.
  • Bolsonaro dá aval a Guedes para discutir nova CPMF
    Presidente afirmou que novo tributo terá de ser compensado com cortes em outros impostos; ele disse que carga tributária não vai subir
  • Crise reforça debate sobre taxar fortunas
    Aumento do patrimônio de mais ricos na pandemia amplia pressão para alíquotas mais altas para milionários na reforma tributária. A Constituição de 1988 previu a instituição de um imposto sobre grandes fortunas no Brasil. Até hoje, no entanto, a medida depende da aprovação de um projeto de lei complementar que determine como será feita essa taxação. O imposto sobre grandes fortunas é o único dos sete tributos previstos na Constituição que ainda não foi implementado.
  • Pis/cofins pode ser melhor que CPMF
    O economista, novo contratado do Safra, acha que o imposto onera menos as empresas. É fato que a crise global do coronavírus e a montanha de dinheiro injetado na economia produzirá gigantes déficits fiscais pelo mundo. No caso do Brasil, tudo indica que para fazer frente aos danos causados também pelos efeitos da pandemia, pode haver a decisão de aumento de impostos pelo governo federal. Hoje, a cobrança pelos bancos do novo PIS/COfins no momento de pagamento entre empresas, deduzindo os créditos do tributo devido, como proposto por alguns, talvez trouxesse mais resultados do que uma CPMF e não pesasse muito nas empresas”, analisa Levy.

O Globo

  • ‘O mercado de seguros é muito aquém do potencial’
  • Manchete: Bolsonaro admite ‘nova CPMF’, mas sem elevar carga

Folha de S. Paulo

  • Contra evasão, SP muda ensino médio no próximo ano
    Em novo currículo, estado oferecerá 12 itinerários de aprendizado conforme os interesses dos estudantes. será o primeiro estado a promover a mudança de currículo do ensino médio determinada pela reforma aprovada em 2017. Conforme as novas regras aprovadas, serão oferecidas 12 opções de itinerários formativos, para que os alunos escolham as matérias com as quais mais se identificam.O objetivo é reduzir a evasão escolar, que pode ser catastrófica com a pandemia. Pela lei, devem-se instituir pelo menos cinco áreas de aprendizado no país: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica.
  • Política limita possibilidade de eliminar arma nuclear
    Nos 75 anos de Hiroshima, diretor-geral da AIEA fala sobre riscos de conflito e pede que o Brasil assine os protocolos adicionais ao Tratado de Não Proliferação Nuclear
  • A vez do gás
    Projeto que estimula a concorrência no mercado do combustível é passo importante para a retomada
  • Auxílio emergencial e justiça
    Impossibilidade de novo cadastro mantém antigas dinâmicas de exclusão.O benefício de caráter emergencial, instituído no país durante a pandemia de Covid-19, é um socorro humanitário pensado para enfrentar uma crise que traz demandas em grau…
  • Pandemia inverte equação: as compras vão ao brasileiro
    Consumo digital não é panaceia, mas canudo para continuar respirando. A pandemia de coronavírus está revolucionando os hábitos de consumo no Brasil. Estamos no quinto mês de distanciamento social e, neste período, o comércio digital de…
  • Tributação na internet
    Tributar aplicativos de compras pela internet é muito pouco para um ministro chamar de reforma tributária (“Governo aperta cerco a tributação via apps e marketplaces”

Valor Econômico

  • Os planos de saúde perdem usuários e reveem reajustes
    Operadoras estão abrindo mão do reajuste e até concedendo descontos, para não perder clientes mesmo com uma inflação médica que bateu em 13,86% em 2019
  • Classes D/E terão 56% da população
    Estudo mostra que 3,8 milhões de famílias devem retroceder na pirâmide social neste ano. Com pandemia, classes D/E rumam a patamar de mais de 10 anos atrás
    Consultoria estima que segmento vai ganhar 3,8 milhões de famílias com crise no emprego informal
  • Pesquisadores propõem políticas para áreas desmatadas em regeneração
    País avançaria em questões climáticas e de preservação se ampliasse suas ações para a proteção da regeneração tropical
  • Defesa quer ampliação de estatais para investimento
    Temendo teto de gastos, ministério busca garantir mais recursos
  • Câmara deve aceitar ampliação de saque do FGTS
    Deputados querem transferir para Bolsonaro ônus de vetar a proposta aprovada pelos senadores
  • Democracia tributária
    Propostas de reforma do Executivo e do Congresso são prova de que a sociedade indicou, por meio de seus representantes, ter chegado a um consenso sobre o problema tributário
  • Crise já pressiona a Previdência na América Latina
    Chile e Peru permitiram saques de contas individuais, medida que trouxe de volta a discussão sobre a reforma da Previdência. Colômbia busca medida semelhante
  • Na saúde, mercado encolhe e preço cai
    Operadoras reduzem reajustes na renovação dos contratos para manter os negócios
  • STF pauta julgamento sobre correção de dívida trabalhista
    O tema deve ir ao Pleno no dia 12 de agosto
________________________________________________________________
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.