País cresce só 0,27%, calcula BC

O Brasil cresceu 0,27% em agosto, segundo o índice de atividade econômica do BC, bem abaixo do 1,52% de julho. No ano, a expansão é de 0,04%. O índice ficou aquém do previsto por analistas e reforça a previsão de que o PIB ficará estagnado este ano…

Cade multa entidades médicas

Entidades médicas de seis estados foram multadas em R$ 2,7 milhões por fixarem o valor mínimo que médicos deveriam cobrar de planos de saúde por seus serviços…

Rodízio de água devido à seca se espalha pelo país

Com o agravamento da estiagem, cada vez mais prefeituras têm apelado para medidas de contenção do consumo. Esta semana, três cidades mineiras e quatro paulistas anunciaram interrupções no abastecimento, alternadas por bairros. Em Caeté (MG) e Salto (SP), foram estipuladas multas contra o desperdício. O nível da Cantareira voltou a cair…

O Globo

Manchete : Aécio reage a ataques e Dilma passa mal no fim

Em debate, senador diz que irmão da presidente foi fantasma em prefeitura do PT

Candidata petista pergunta sobre dia em que tucano deixou de fazer teste de bafômetro em blitz da Lei Seca e afirma que ‘ninguém pode dirigir bêbado ou drogado ’; após debate , Dilma interrompeu entrevista alegando queda de pressão

No debate de ontem, no SBT, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, reagiu às acusações de nepotismo feitas pela presidente Dilma Rousseff (PT) e, assumindo a ofensiva, acusou o irmão da presidente de ter sido funcionário -fantasma nomeado na gestão do petista Pimentel na prefeitura de Belo Horizonte. Dilma também subiu o tom ao perguntar a Aécio sobre a obrigatoriedade do teste do bafômetro, que for a recusado por ele ao ser parado em uma blitz da Lei Seca, no Rio, em 2011. Outra questão que acirro u os ânimos foi a notícia de que o ex -presidente do PSDB Sérgio Guerra, morto este ano , também teria recebido propina do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa para esvaziar uma CPI. (Págs. 3 a 5)

Costa diz que pagou propina a ex-dirigente tucano

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa disse, num dos seus depoimentos de delação premiada, que em 2009 pagou propina a Sérgio Guerra, ex-presidente nacional do PSDB falecido este ano, para esvaziar CPI da Petrobras. (Pág. 4)

Pezão amplia vantagem sobre Crivella

Pesquisas Datafolha e Ibope mostram candidato do PMDB à frente do adversário do PRB. No Datafolha, governador tem 46% das intenções de voto, contra 36% do senador . Já no Ibope, a diferença é de sete pontos : 45% a 38% (Pág. 12)

‘Se a seca continuar, vamos ter problema’

Em sabatina no GLOBO, o governador e candidato à reeleição, Luiz Fernando Pezão (PMDB), disse que, se em um mês não chover no estado, poderá haver problemas no abastecimento de água. Ele se comprometeu a divulgar os bens de seus secretários, caso se reeleja, e disse que haverá espaço para indicações em seu governo, inclusive do PT, com quem rompeu no Rio. E afirmou que aprendeu a negociar ao lidar com a “belicosidade” de Anthony Garotinho. (Págs. 10 e 11)

Quem é Igor Rousseff

Discreto, o advogado irmão de Dilma foi assessor de prefeito petista em BH de 2003 a dezembro de 2008. (Pág. 3)

Revista ‘The Economist’ declara apoio a tucano (Pág. 8)

País cresce só 0,27%, calcula BC

O Brasil cresceu 0,27% em agosto, segundo o índice de atividade econômica do BC, bem abaixo do 1,52% de julho. No ano, a expansão é de 0,04%. O índice ficou aquém do previsto por analistas e reforça a previsão de que o PIB ficará estagnado este ano. (Pág. 38)

Exportações devem perder

A queda na cotação das commodities deve reduzir em US$ 17,5 bilhões as exportações do Brasil em 2015. Mas não haverá alívio na inflação, devido à alta do dólar. (Pág. 37)

Cade multa entidades médicas

Entidades médicas de seis estados foram multadas em R$ 2,7 milhões por fixarem o valor mínimo que médicos deveriam cobrar de planos de saúde por seus serviços. (Pág. 39)

Ilimar Franco

O Brasil dividido

O duro embate entre a presidente Dilma e Aécio Neves no debate de ontem é indício da divisão do país. Políticos mais experientes preveem que o eleito enfrentará feroz oposição. O resultado apertado que se prenuncia ser á insumo para a radicalização. Avaliam que os dramas econômicos a ser em enfrentados pelo vencedor adubarão o confronto. A temperatura promete subir até a eleição e no próximo mandato. (Pág. 2)

Merval Pereira

Campanha chega ao nível mais baixo com insinuações de Dilma. (Pág. 4)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete : Piora avaliação das estradas do Estado

Pesquisa da CNT mostra que 32,4% dos 8.295 quilômetros analisados neste ano foram classificados como ótimos ou bons. Em 2010, eram 66%. (Notícias | 8 e 9)

Disputa pelo Piratini

Sartori e Tarso investem em alianças e mobilização. (Notícias | 12)

Ataques tomam conta de debate

Após embate com Aécio na TV, Dilma sofreu mal-estar ao ser entrevistada. (Notícias | 10, 18 e 19)

Medo globalizado

Ebola coloca EUA e Europa em alerta (Notícias | 20)

————————————————————————————

Valor

Argentinos acusam sócio de aplicar “golpe” na Usiminas

O conglomerado ítalo-argentino Techint, que vive um conflito societário com a Nippon Steel & Sumitomo, acusa sua sócia japonesa na Usiminas de aplicar um golpe para mudar o comando da siderúrgica mineira. Esse golpe, garante, ocorreu com o afastamento unilateral de executivos indicados pelo grupo Techint, rompendo o acordo de acionistas.

– Real se torna refúgio em ano eleitoral

Em 2002, durante a disputa eleitoral que levou Lula ao poder, o dólar foi o principal refúgio dos investidores, temerosos com a gestão do PT. Nesta eleição, o refúgio tem sido as aplicações de curto prazo, principalmente as operações compromissadas, em que o aplicador compra título público da carteira do Banco Central, com o compromisso de revendê-lo em determinada data e recebendo em troca juro próximo à taxa Selic. Desde março, o estoque de compromissadas saltou de R$ 651 bilhões para R$ 920 bilhões. “Lá [em 2002], o temor era o desconhecimento em relação ao que seria o governo eleito. Aqui, o pavor é com um governo reeleito e muito bem conhecido e sem emitir qualquer sinal de que pretenda mudar. Quando a incerteza se radicaliza, bancos, empresas e famílias correm para o dinheiro”, diz José Roberto Afonso, pesquisador do IBRE/FGV.

– Superávit com Venezuela deve cair

A queda do petróleo deve reduzir o superávit brasileiro na balança comercial com a Venezuela, que alcançou US$ 3,67 bilhões no ano passado e US$ 2,6 bilhões neste ano, de janeiro a setembro. Segundo analistas, o recuo nos preços da commodity vai reduzir a geração de divisas na Venezuela, que tem no petróleo 96% de suas exportações, e, consequentemente, sua capacidade de importação.

– Cobrança de CSLL irrita a Emirates

– Debate tem escalada em ataques

Brasil Econômico

Manchete : Rodízio de água devido à seca se espalha pelo país

Com o agravamento da estiagem, cada vez mais prefeituras têm apelado para medidas de contenção do consumo. Esta semana, três cidades mineiras e quatro paulistas anunciaram interrupções no abastecimento, alternadas por bairros. Em Caeté (MG) e Salto (SP), foram estipuladas multas contra o desperdício. O nível da Cantareira voltou a cair. (Pág. 10)

Debate na TV vira novo bate-boca

O confronto entre a petista Dilma Rousseff e o tucano Aécio Neves foi pontuado por troca de ofensas e perguntas enviesadas. De programa mesmo, muito pouco. Após o debate, a presidenta Dilma sentiu-se mal, atribuindo a uma queda de pressão. (Pág. 3)

Economia melhora, mostra BC

A atividade econômica cresceu pelo segundo mês consecutivo. O índice do Banco Central aponta para um crescimento de 0,27% em agosto. (Pág. 7)

O segredo da educação

A cientista política Mônica Sodré Pires ficou entre os oito finalistas latino-americanos do concurso do FMI “Como construir um futuro melhor para a América Latina”. Para ela, a educação é o maior gargalo: “uma coisa é escolher ser pedreiro, outra é ser por falta de opção”. (Pág. 6 e 7)

PT reforça ataques na reta final

Campanha da presidenta Dilma aposta na rejeição de Aécio Neves para desconstruir programa do candidato do PSDB. (Pág. 4)

Mosaico Político

Gilberto Nascimento

VOTO DE SÃO PAULO DECIDE

Um grupo de eleitores que deve se decidir somente nas últimas 48 horas garantirá a vitória da petista Dilma Rousseff ou do tucano Aécio Neves (PSDB) nestas eleições. Essa é a avaliação de integrantes da campanha do PT à Presidência. (Pág. 2)

Sintonia Fina

Julio Gomes de Almeida

A MELHORA DA ECONOMIA

Foram dois meses seguidos de crescimento da produção industrial (0,7% em julho e o mesmo percentual em agosto) e agora a pesquisa sobre o varejo do IBGE registrou aumento das vendas reais de 1,1% em agosto, o que neutraliza a queda de 1% no mês anterior. (Pág. 8)

O mercado como ele é…

Luiz Sérgio Guimarães

SEM PODER INFLUIR NO PLEITO

Indicadores positivos sobre a economia americana resfriaram ontem a temperatura dos mercados globais, perigosamente febril na quarta-feira. A recuperação do mercado de trabalho dos EUA prossegue em ritmo até mais intenso do que o esperado pelos analistas, servindo de contraponto às apreensões suscitadas pela inflação muito baixa na Europa. (Pág. 20)

Ponto Final

Octávio Costa

EMOÇÃO ATÉ A ÚLTIMA HORA

Após a nova rodada de pesquisas do Ibope e do Datafolha, ninguém mais se atreve a fazer previsões sobre o resultado da eleição no próximo dia 26 de outubro. Uma semana depois, nada mudou. (Pág. 32)

————————————————————————————

O Estado de S.Paulo

– Dilma e Aécio elevam tom de acusações; petista passa mal

– Ex-diretor da Petrobrás diz que tucano recebeu R$ 10 mi

– Juiz autoriza Sabesp a usar segundo volume morto

– Cantareira não secará, afirma Alckmin

– Economia melhorou em agosto, diz BC

Folha de S. Paulo

Manchete : Delator diz ter pago propina a ex-president e do PSDB

Ex-diretor da Petrobras afirmou que Sérgio Guerra recebeu para ajudar a esvaziar CPI em 2009

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa disse ao Ministério Público que repassou propina ao ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra para que ajudasse a esvaziar a CPI da estatal em 2009, informam Mônica Bergamo e Mario Cesar Carvalho. Segundo quatro pessoas envolvidas na investigação da Lava Jato, Costa contou ter tomado providências para que o dinheiro chegasse ao senador, mas disse não saber se ele recebeu. O delator disse que não foi mais procurado sobre o assunto. (…) O PSDB defendeu que todas as denúncias sejam apuradas, independentemente da filiação partidária. Francisco Guerra, filho do ex-senador, disse que desconhece a citação. “Preservo o legado do meu pai com muita honra.” (Eleições 2014 pág. 1)

Debate acalorado tem ataques pessoais; no fim, Dilma passa mal

Os candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) levaram acusações pessoais para o segundo debate do turno final, em clima que remeteu à disputa entre Collor e Lula em 1989. No evento do SBT, do UOL e da Jovem Pan, a petista insinuou que o rival foi apanhado dirigindo “sob álcool e droga” e que beneficiou parentes em seu governo. O tucano afirmou que um irmão de Dilma foi funcionário-fantasma da prefeitura petista de Belo Horizonte e a acusou de patrocinar a “mais baixa das campanhas eleitorais” da história. Em entrevista ao vivo após o debate, Dilma passou mal por causa de uma crise glicêmica. Médicos atribuíram o episódio ao calor e ao cansaço. (Eleições 2014 pág. 4)

Análise NELSON DE SÁ

Debate lembrou um programa de auditório do SBT. (Eleições 2014 pág. 5)

Análise FERNANDO RODRIGUES

‘Pancadaria’ é tática para tirar votos do rival (Eleições 2014 pág. 5)

Governo ajuda viagem de Lula ao Acre para ato de campanha

O governo federal facilitou uma viagem do ex-presidente Lula em ato pró-candidaturas da presidente Dilma e do governador Tião Viana (PT) em Rio Branco. O uso do aeroporto estava proibido das 8h à meia-noite, para obras, mas foi reaberto nesta quinta-feira (16). A estatal Infraero disse que havia uma “janela” de três dias, mas não enviou a programação. Pela manhã, só o avião com Lula utilizou o local. (Eleições 2014 pág. 3)

SP dará bônus também para quem poupa até 20% de água

A Sabesp criará um modelo de bônus gradual para quem poupar até 20% na conta de água. Hoje, pessoas que economizam ao menos 20% por mês têm um desconto de 30% no valor. O objetivo do governo Alckmin (PSDB) com a medida é motivar o consumidor que não consegue atingir a meta atual a continuar economizando água. (Cotidiano C1)

Justiça suspende decisão que impedia Sabesp de usar a 2ª cota do ‘volume morto’ do sistema Cantareira. (C2)

Impasse na OMC põe em xeque aposta comercial do Brasil (Mercado B1)

Itamaraty investiga consulado após denúncia argentina (Mundo A17)

Hospital dos EUA admite erro em gestão de caso de ebola (Mundo A8)

Editoriais

Leia “O caso da reeleição”, sobre vantagem da regra em vigor no Brasil, e “O limite da energia”, a respeito de atuais problemas do setor elétrico. (Opinião A2)

EBC

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.