O Globo

Manchete : Clã Bolsonaro contratou 102 pessoas com laços familiares
Babá e dona de casa estão entre nomeadas; defesa nega irregularidade
Levantamento feito pelo GLOBO revela que, desde o primeiro mandato de Jair Bolsonaro como deputado, em 1991, foram nomeados para seu gabinete e os de seus três filhos políticos (Flávio, Carlos e Eduardo) 286 assessores, dos quais 102 têm algum parentesco ou relação familiar entre si. Só da família Bolsonaro, são 22.
Em vários casos, há indícios de que as pessoas não exerceram as funções dos contratos. Procurados, dois dos nomeados negaram ter trabalhado; e duas pessoas declararam outras ocupações. Uma mulher que foi contratada por 15 anos no gabinete de Flávio com o salário médio de R$ 7,3 mil, por exemplo, informou na Justiça ser “do lar”.
Outra, apesar de contratada por Carlos de 2005 a 2019 por R$ 10,7 mil em média, declarou em cartório ser “babá”. A defesa do senador Flávio Bolsonaro diz que as contratações foram legais. O Palácio do Planalto, o vereador Carlos Bolsonaro e o deputado federal Eduardo não comentaram o assunto. (Páginas 4,5 e 10)

Garimpo ilegal de ouro avança em terra indígena
Miséria dourada
O GLOBO percorreu por quatro dias a maior reserva indígena do país, a Ianomâmi, entre Roraima e Amazonas, onde 23 mil índios dividem a terra com 15 mil garimpeiros ilegais de ouro, numa rotina de violência, conflitos e destruição ambiental. Os dois rios mais importantes para os nativos estão contaminados por mercúrio. (Páginas 12 e 13)

Anatel teme que boatos sobre 5G atrapalhem leilão
Os boatos sobre a quinta geração de redes móveis de telefonia, como os de que causaria câncer e mutações de DNA que acelerariam o envelhecimento ou contribuiria para a extinção das abelhas, preocupam a Anatel. A agência planeja fazer o primeiro leilão de 5G no ano que vem. (Página 33)

Cracolândias se alastram pela cidade
Em expansão pelo Rio, cracolândias levam pânico a lugares como o bairro de Maria da Graça, o Parque Garota de Ipanema e as adjacências da Uerj. Para bancar o consumo da droga, usuários assaltam e cometem pequenos furtos no entorno desses agrupamentos. Prefeitura não informa número atualizado de cracolândias. (Página 15)

Rumo a Portugal
Braga, o novo eldorado dos brasileiros (Página 39)

Reprodução assistida
Congelamento de embriões dá um salto no país (Página 42)

Ancelmo Gois
Desemprego passa longe do setor de saúde (Página 26)

Ascânio Seleme
PP pressiona por novo projeto para regular lobby (Página 14)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Terra desapropriada pode ser devolvida aos antigos donos
Mutirão do governo irá priorizar fazendas em que não existam acampamentos
Sob o argumento de que é preciso destravar a reforma agrária, o governo prepara um mutirão para fechar acordos com proprietários que questionam a tomada de suas terras ou reclamam do valor pago como indenização. Segundo o secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Nabhan Garcia, o governo espera que as conciliações permitam devolução da terra, ou de parte dela, aos fazendeiros. Há casos em que a disputa judicial se arrasta há décadas. O secretário sustenta que a intenção é resolver os litígios sem confronto com as famílias.
“Vai ter reintegração de posse. Mas o objetivo é que a família seja acomodada em outro lote, desde que cumpra requisitos previstos em lei”, diz. O governo também tem como meta entregar 200 mil títulos definitivos de terra até 2022. O Ministério da Agricultura calcula que 975 mil famílias estão assentadas, mas apenas uma pequena parte tem o documento final de propriedade. (Política/Pág. A4)

Produção de petróleo em terra firme cai 50%
A capacidade da Petrobrás na exploração no mar, somada à crise da empresa, colocou em segundo plano a produção de petróleo em terra firme, que caiu 50% no período entre 2000 e 2019. (Economia/Pág. B12)

Rota de tráfico no Norte atrai cobiça de 17 facções
Pelo menos 17 grupos criminosos, incluindo PCC e Comando Vermelho (CV), além de facções locais, disputam rota da cocaína vinda de Colômbia,Peru e Bolívia até o Norte do País. Embates trazem violência e instabilidade à região. (Metrópole/ Pág. A18)

Dentes de deputado custam à Câmara R$ 157 mil
Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) entregou a conta, referente a tratamento odontológico, e foi reembolsado. “Sou político e pregador. Minha boca é minha ferramenta”, justificou. (Política/Pág. A8)

Jovem, cego e determinado
Perfil – Felipe Rigoni, deputado
Saído dos movimentos de renovação da política, parlamentar do PSB do Espírito Santo quer ser presidente da República e procura sua primeira-dama. (Política/Pág. A10)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Leilão de 5G põe em xeque serviço de TV por assinatura
Tecnologia de quinta geração permite transmissões pela internet via celular
O governo federal quer leiloar as frequências da telefonia de quintageração, o chamado 5G, até o primeiro semestre de 2020, mas as empresas do setor resistem por-que, com esse serviço, acreditam colocar em risco de extinção a TV por assinatura. A capacidade de transmissão de dados, bem maior que a do 4G, dispensaria levar via cabo ou fibra a conexão de internet às residências.
Seria possível oferecer o serviço de TV por antenas de celular, o que faria as teles perderem parte de seu negócio. Essa realidade, associada à crescente oferta de aplicativos que exibem canais de TV e conteúdo de estúdios estrangeiros pela internet, sem a necessidade de passar pelo empacotamento das operadoras, tem sido encarada como uma ameaça. Embora defendam publicamente a evolução da tecnologia, nos bastidores, as teles tentam ganhar tempo para se posicionar diante das mudanças com o 5G. Na melhor das hipóteses, o leilão ocorrerá em julho do ano que vem. (Mercado Pág. 1)

Bolsonaro emula Trump e sobe tom em agrado a base
Assim como Donald Trump, Jair Bolsonaro tem aumentado a quantidade de declarações ofensivas. Ambos dizem ser espontâneos, mas especialistas veem cálculo político como afago a suas bases. Para um analista, Trump mostra a Bolsonaro ser possível manter, na Presidência, o tom de ataques da época de candidato. (Mundo A16)

STF parece ‘tribunal de exceção’, afirma Dodge em recurso (Poder A8)

A sociedade livre do Estado
Utopias ultraliberais que sonham com o fim do Estado e que consideram os impostos uma forma de roubo têm conquistado adeptos pelo Brasil, inclusive profissionais da equipe econômica do governo de Jair Bolsonaro (PSL). (Ilustríssima Pág. 4)
————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.