Desigualdade não caiu desde 2006

Estudo da UnB e do Ipea, com base em declarações do Imposto de Renda, mostra que a desigualdade não caiu no Brasil desde 2006, contrariando pesquisas anteriores, que apontavam melhora…

Governo omite gasto de R$ 2,4 bi

A projeção do governo para as contas públicas deste ano omite despesas de pelo menos R$ 2,4 bi que precisam ser pagas até dezembro. Já as receitas com royalties e venda de ativos foram superestimadas…

Cresce apoio à coalizão antijihadista

Reino Unido, Dinamarca e Bélgica participarão de ataques aéreos contra Estado Islâmico no Iraque…

Diplomacia e comércio exterior

Primeiro de uma série de editoriais defende o fim da influência ideológica no Itamaraty e no comércio…

O globo

Manchete: Dilma amplia vantagem e passa Marina no 2º turno

Petista chega a 40% no Datafolha. Ex-senadora tem 27%, e Aécio, 18%

Na simulação de confronto direto entre as duas candidatas feita pelo instituto, presidente aparece pela primeira vez à frente da adversária do PSB, mas ainda em situação de empate técnico

Pesquisa Datafolha mostra que a presidente Dilma (PT) ampliou de sete para 13 pontos sua vantagem sobre Marina Silva, do PSB, no primeiro turno. Dilma chegou a 40% das intenções de voto, contra 27% de Marina, que perdeu 3 pontos. Aécio, do PSDB, passou de 17% para 18%. No segundo turno, Dilma ultrapassou Marina, embora as duas estejam em empate técnico. Em evento ontem com evangélicos, Marina disse que “Deus também ama Dilma e Aécio” (Págs. 1, 3 e 6)

Para agradar ao PMDB, presidente critica a PF. (PÁG. 1 e 5)

Pezão é líder isolado com 31%, diz pesquisa

O governador Pezão, que concorre à reeleição, foi o único a crescer no Datafolha no Rio e chegou a 31%. Garotinho caiu para 23%, e Crivella, para 17%. No 2º turno, Pezão vence Garotinho por 54% a 30%. (Págs. 1 e 4)

Delator de corrupção deve deixar a cadeia

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa deve deixar a cadeia nos próximos dias e usar tornozeleira eletrônica, após ter revelado detalhes de esquema de corrupção na estatal em acordo de delação premiada.
O MP é favorável à prisão domiciliar. A decisão agora depende da Justiça. (Págs. 1 e 8)

Desigualdade não caiu desde 2006

Estudo da UnB e do Ipea, com base em declarações do Imposto de Renda, mostra que a desigualdade não caiu no Brasil desde 2006, contrariando pesquisas anteriores, que apontavam melhora. (Págs. 1 e 28)

Governo omite gasto de R$ 2,4 bi

A projeção do governo para as contas públicas deste ano omite despesas de pelo menos R$ 2,4 bi que precisam ser pagas até dezembro. Já as receitas com royalties e venda de ativos foram superestimadas. (Págs. 1 e 29)

Duas versões para reunião cancelada

O Departamento de Estado dos EUA disse que reunião marcada com o chanceler brasileiro não ocorreu porque Figueiredo teve de voltar ao país. Já o Itamaraty atribuiu o cancelamento à agenda do vice americano. (Págs. 1 e 34)

Cresce apoio à coalizão antijihadista

Reino Unido, Dinamarca e Bélgica participarão de ataques aéreos contra Estado Islâmico no Iraque. (Págs. 1, 33 e 34)

Só clube pode ser dono de jogador

Por ordem da Fifa, fundos e empresários não poderão ter qualquer percentual do passe de jogadores. Haverá prazo para adaptação. (Págs. 1 e 38)

Diplomacia e comércio exterior

Primeiro de uma série de editoriais defende o fim da influência ideológica no Itamaraty e no comércio. (Págs. 1 e 22)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Dilma sobe e abre 13 pontos sobre Marina no 1º turno

Presidente tem 40%. e ex-senadora, 27%, mostra Datafolha; no 2º turno, petista aparece à frente da rival

Pesquisa Datafolhasobre a sucessão presidencial mostra que a candidata à reeleição, Dilma Rousseff, duplicou a vantagem sobre Marina Silva (PSB) no primeiro turno. A petista tem 40%, e a pessebista, 27%.
No levantamento anterior, realizado na semana passada, Dilma tinha 37% das intenções de voto, enquanto Marina estava com 30%. Aécio Neves (PSDB) oscilou um ponto percentual para cima, para 18%.
Em votos válidos(sem nulos e em branco), a presidente tem 45%. A ex-ministra soma 31%, e o tucano, 21%. Para que a disputa seja decidida no primeiro turno,a petista precisa de 50% mais um dos votos válidos.

O índice dos eleitores que rejeitam votar em Dilma oscilou de 33% para 31%. A rejeição contra Marina passou de 22% para 23%. Contra Aécio, de 21% para 20%. Nos três casos, dentro da margem de erro, de dois pontos.
Com 47% a 43%, pela primeira vez a presidente aparece numericamente à frente da ex-senadora no segundo turno.

FERNANDO RODRIGUES Se Dilma ganhar, terá de agradecer aos ataques de Aécio contra Marina. (Págs. Eleições, 1 e A4)

Assessor de ministério pediu à PF dados sobre Marina

O chefe da Secretaria Nacional de Justiça, vinculada ao Ministério da Justiça, esteve na sede da PF há algumas semanas para ver inquérito que poderia atingir Marina Silva (PSB). A investigação apurava suspeita de corrupção no Ministério do Meio Ambiente na gestão da ex-senadora, de 2003 a 2008.

Entretanto, o inquérito, aberto em 2010, foi arquivado por falta de provas dois anos depois. O secretário Paulo Abrão disse que foi atender a um pedido de uma revista de circulação nacional, cujo nome não revela.O Ministério da Justiça negou que a pasta agiu por motivação política. (Págs. Eleições, 1 e A16)

PF não pode servir a fins eleitorais, afirma presidente

A presidente Dilma (PT) afirmou que a Polícia Federal não pode atuar ao “arrepio da lei” nem ser usada para fins eleitorais. Um dia antes, a cúpula do PMDB, incluindo o vice Michel Temer, criticou a PF após agentes revistarem avião da campanha de Lobão Filho no Maranhão. (Págs. 1 e A7)

Ônibus com radar deve fazer multas em SP dispararem

A entrada em circulação de 300 ônibus equipados com radares em São Paulo, a um custo de R$ 43,2 milhões, deve fazer o número de multas por mês crescer 171%. O sistema, segundo a gestão Fernando Haddad (PT), tem potencial para registrar 1,5 milhão de infrações mensais. (Págs. 1 e C1)

Eleitores da ex-senadora se complicam em simulação com urna eletrônica. (Págs. 1 e A6)

Editoriais

Leia “Gestão Suprema”, a respeito de dois relatórios publicados recentemente que analisam a produtividade do STF e demais tribunais do Brasil. (Págs. 1 e A2)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Tiroteio no bom fim

Bando que atacou carro-forte trocou mais de cem tiros com seguranças, na manhã de ontem, em estacionamento de supermercado no tradicional bairro da Capital. (Págs. 1, 8 e 9)

Ana Amélia e TArso empatados em 31%

Levantamento ouviu 1.374 eleitores entre os dias 25 e 26. (Págs. 1 e 12)

Olívio tem 31% e Lasier, 29%

Candidato do PT supera concorrente do PDT em cenário de empate técnico.

EBC

Edição: Equipe Fenatracoop

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.