Prefeitura intensifica fiscalização em locais que acumulam inservíveis em espaços públicos

0

A Prefeitura de Cambé realizou, na manhã desta quarta-feira (21), uma fiscalização em oficinas de desmanches e ferros velhos que acumulam materiais inservíveis em espaços públicos. A ação contou com a participação de fiscais da Vigilância Sanitária, Departamento de Posturas, Departamento Municipal de Trânsito e Polícia Militar. O objetivo da ação é retirar todo este material que fica depositado no entorno de oficinas de desmanche e de outros estabelecimentos com acúmulo de material.

Nos locais, foram encontrados restos de veículos desmontados como carcaças, carrocerias de caminhão, chassis, pneus, diversas outras peças e materiais de ferro velho, que são depositadas a céu aberto pelos proprietários de oficinas.

“Eles acumulam tanto material na área interna das oficinas que começam a depositar na rua, sobre as calçadas, canteiros e terrenos no entorno dos estabelecimentos. Este material, além de dificultar a passagem de pedestres e veículos, pode causar acidentes de trânsito e servir de vetor de proliferação do mosquito da dengue”, afirma o diretor do Departamento de Posturas da Prefeitura de Cambé, Cecílio Araújo.

Os locais fiscalizados foram multados e os proprietários têm o prazo de cinco dias úteis para retirar o material dos locais e, em caso de desobediência, podem responder criminalmente com encaminhamento de denúncia ao Ministério Público.
A fiscalização vai continuar a ser realizada semanalmente em todos os locais que acumulam inservíveis em locais públicos.

A Prefeitura de Cambé realizou, na manhã desta quarta-feira (21), uma fiscalização em oficinas de desmanches e ferros velhos que acumulam materiais inservíveis em espaços públicos. A ação contou com a participação de fiscais da Vigilância Sanitária, Departamento de Posturas, Departamento Municipal de Trânsito e Polícia Militar. O objetivo da ação é retirar todo este material que fica depositado no entorno de oficinas de desmanche e de outros estabelecimentos com acúmulo de material.
Nos locais, foram encontrados restos de veículos desmontados como carcaças, carrocerias de caminhão, chassis, pneus, diversas outras peças e materiais de ferro velho, que são depositadas a céu aberto pelos proprietários de oficinas.
“Eles acumulam tanto material na área interna das oficinas que começam a depositar na rua, sobre as calçadas, canteiros e terrenos no entorno dos estabelecimentos. Este material, além de dificultar a passagem de pedestres e veículos, pode causar acidentes de trânsito e servir de vetor de proliferação do mosquito da dengue”, afirma o diretor do Departamento de Posturas da Prefeitura de Cambé, Cecílio Araújo.
Os locais fiscalizados foram multados e os proprietários têm o prazo de cinco dias úteis para retirar o material dos locais e, em caso de desobediência, podem responder criminalmente com encaminhamento de denúncia ao Ministério Público.
A fiscalização vai continuar a ser realizada semanalmente em todos os locais que acumulam inservíveis em locais públicos.

Via Assessoria de Imprensa/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.