Os processos em papel estão com os dias contados na Justiça do Trabalho do Paraná Além do funcionamento das três primeiras Varas Digitais de Curitiba (21, 22 e 23 Varas do Trabalho de Curitiba), desde 2009, o processo eletrônico começou a funcionar em 1 de dezembro deste ano, também na Vara do Trabalho de Cambé (Norte) Foram protocoladas, nesse período, 54 ações que tramitarão de forma totalmente eletrônica O sistema também entrou em funcionamento, neste ano, na 2, 4 e 17 Varas do Trabalho de Curitiba e a partir do dia 7 de janeiro todas as outras Varas do Trabalho da Capital e o Posto de Atendimento de Campo Largo funcionarão de forma eletrônica

”Até junho de 2011 deveremos concluir a implantação do processo eletrônico em todas as 86 Varas do Trabalho do Paraná”, informou o presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, desembargador Ney José de Freitas

O início do funcionamento do processo eletrônico em Cambé foi considerado tranquilo pela diretora da Vara do Trabalho, Claudia Boal ”Os servidores estão muito entusiasmados com o processo eletrônico, pois sabem que o trabalho burocrático vai diminuir e melhorar o atendimento aos advogados e às partes”

Nessa fase inicial, a Vara do Trabalho de Cambé ainda está aceitando o protocolo em papel (os próprios servidores estão digitalizando os documentos), mas a partir de janeiro esse procedimento só será feito por meio digital, com assinatura eletrônica

A Vara do Trabalho de Cambé foi escolhida para iniciar a implantação do processo eletrônico no Interior do Estado por ser vara única (não tem um Serviço de Distribuição dos processos) ”Desta forma, teríamos a experiência em Curitiba, com um Serviço de Distribuição para 23 Varas, e uma em Cambé com sistema de funcionamento unitário”, explicou o juiz Bráulio Gabriel Gusmão, coordenador da implantação do processo eletrônico

Para orientar os profissionais na utilização do processo eletrônico, o TRT-PR está promovendo vários encontros Os profissionais contam ainda com o Escritório Digital na página do TRT-PR – wwwtrt9jusbr/escritoriodigital – para facilitar o uso das novas rotinas e onde poderá ser feito o peticionamento eletrônico até a meia-noite, sem a necessidade de deslocamento

Na Justiça do Trabalho do Paraná já existem mais de 5 mil processos eletrônicos tramitando, alguns em grau de recurso no Tribunal Superior do rabalho

Fonte: Folha de Londrina

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

5 Comentários

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.