DSC04895Caminhoneiros de Londrina e Cambé se uniram ao movimento nacional e protestam na manhã desta terça-feira (2) na PR-445. A manifestação começou por volta das 10h30m e é realizada próximo ao viaduto da BR-369, região oeste da cidade. O trânsito foi interrompido nas duas pistas da PR-445.

Aproximadamente, 20 pessoas estão no local e seguram faixas em protesto contra as tarifas de pedágio. As manifestações devem durar o dia todo. O presidente do Sindicam, Carlos Delarosa, declarou que a categoria também reivindica subsídio para os custos com o diesel. As equipes da Polícia Rodoviária Federal e Estadual acompanham a manifestação.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), até às 11h40, a manifestação ocorria de forma tranquila e sem maiores problemas. Uma viatura da PRE está acompanhando a situação. Um outro manifesto, previsto para acontecer na região da Warta foi descartado.

Durante a tarde, os caminhoneiros prometem fechar a BR-369. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também acompanham o manifesto e ajudam a orientar os motoristas que trafegam pela BR-369 a não seguirem pela PR-445. As alças de acesso à rodovia foram bloqueadas.

 

DSC04865 DSC04882 DSC04896 DSC04897 DSC04900 DSC04903 DSC04907

(Com informações da rádio CBN Londrina)

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.