Moradores fazem uso da Tribuna Livre para reclamar e reivindicar

96

Três moradores cambeenses fizeram uso da Tribuna Livre da Câmara Municipal durante a sessão da segunda-feira (25). Eles relataram problemas de três regiões da cidade e pediram a intermediação dos vereadores junto ao poder executivo para que tome as providências necessárias.

Região do Santo Amaro pede rotatórias

TRIBUNA-1Representando a ONG Comunidade em Ação de Cambé, Manoel Cícero dos Santos foi o primeiro inscrito a fazer uso da Tribuna Livre da Câmara Municipal, na sessão da segunda-feira (25). Ele solicitou a implantação de três rotatórias ajardinadas em vias de grande de fluxo de tráfego de veículos na região do Santo Amaro.

A primeira na esquina das ruas Paraná e Iguaçu. A outra na esquina das ruas Bento Munhóz da Rocha Neto e Rio Tietê, principal acesso para os bairros Bela Itália, Bela Suíça e Chácaras Santa Maria. Por fim, a mais urgente, segundo Manoel Cícero, na esquina das ruas Gabriel Freceiro de Miranda e Bento Munhóz da Rocha Neto, nas proximidades da Faculdade Catuaí e o Conjunto Habitacional Castelo Branco.

Ele justificou suas reivindicações afirmando que nos horários de “pico”, o trafego de veículos nestes locais tem sido intenso, o que vem causando frequentes acidentes, inclusive um mais grave acontecido recentemente que resultou na morte de um jovem.

Usuários querem regularização do terreno da horta do Jardim Tupi

TRIBUNA-2Implantada em 1983 em um terreno cedido pela Prefeitura, a primeira horta comunitária, que deu origem ao programa até hoje desenvolvido no Município, está passando por problemas. É que depois destes 30 anos de funcionamento, o local está sendo reivindicado na justiça por uma pessoa que alega ser a proprietária do imóvel.

O problema foi trazido à Câmara pelo primeiro presidente, um dos fundadores da horta, senhor Abel Alves Feitosa. Ele argumentou que o terreno passou a pertencer à comunidade, inclusive através de um termo que consta no estatuto de fundação da horta, que na época foi abonado por autoridades.

Diante da situação, ele pediu o apoio dos vereadores que intercedam na questão em favor dos moradores, para que tudo seja solucionado. “Aquele espaço foi uma conquista da comunidade e lutamos muito para mantê-lo em funcionamento até hoje, até mesmo contra uma possível invasão que estava sendo preparada há tempos atrás”, disse.

Morador do Novo Bandeirantes reclama de problemas

TRIBUNA-3O morador da região do Jardim Novo Bandeirantes, senhor Manoel Rodrigues Nunes, reclamou de uma série de problemas que a população está enfrentando. Primeiro ele questionou sobre a falta de cuidados com a instalação do Posto de Saúde, que permanece com seus portões abertos, mesmo fora de expediente, permitindo a entrada de qualquer pessoa em suas imediações.

Falou ainda da grande quantidade de lâmpadas queimadas nas ruas da região, fato que vem ocorrendo desde a troca da iluminação pública e ainda pediu providências para o reparo de vias públicas que se encontram cheias de buracos. Outra questão levantada pelo morador é a demora para a implantação dos serviços de coleta de esgoto, o que vem obrigando algumas famílias a escoarem águas de uso doméstico nas ruas, já que as residências estão com as fossas sépticas cheias.



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *