Três menores foram apreendidos ao tentar arremessar “kit” para dentro da cadeia pública de Cambé.

O primeiro episódio aconteceu por volta das 21h30 deste sábado (06/01), quando o Policial Civil Marcelo, flagrou pelas câmeras de segurança da Delegacia e do Fórum, a movimentação suspeita de um adolescente tentando arremessar algo para dentro da unidade.

A equipe ROTAM da Polícia Militar dos Soldados Foglie, Ferreira Lima e Guimarães, foram acionados e ao chegarem no local, o suspeito tentou empreender fuga e acabou sendo abordado. Com ele foi encontrado uma linha indiana, e em uma das pontas havia um “peso”, o qual os presos pescariam esse peso e em seguida seria amarrado na ponta contrária, o material, e arremessado para dentro da unidade.

O segundo episódio ocorreu por volta das 2h30 da madrugada deste domingo (07/01), quando o mesmo Policial Civil, percebeu pelas câmeras de segurança, outros dois indivíduos tentando também arremessar algo para o interior da cadeia, tendo em vista que, após a tentativa da fuga da última terça-feira (02/01), foi realizado a operação “bate grade”, para retirar de posse dos detentos, celulares, serras, drogas e outros artefatos, através do SOE (Serviço de Operações Especiais).

A equipe RPA dos Soldados Everton e Gouvea juntamente com a equipe RPA dos Soldados Fontana e Claudinei foram acionados, com apoio das equipes ROTAM dos Soldados Foglie, Ferreira Lima e Guimarães e da equipe RPA dos Soldados Alves e Marisangela. Os policiais deslocaram até o Fórum, onde dois suspeitos, ao perceberem a presença das viaturas, se evadiram, pulando muros e saindo para a rua.

A dupla foi abordada. No pátio do Fórum e no pátio da Delegacia foi apreendido 1,275 kg de maconha. No Fórum foram apreendidos ainda 19 celulares, carregadores, fones de ouvidos e até um chip de uma determinada operadora de serviço de telecomunicação.

Na sequência, ainda próximo a delegacia, um rapaz por nome de MARCOS FELIPE DOS SANTOS de 19 anos, conduzia uma motocicleta HONDA/CG TITAN 150 de cor preta em atitude suspeita. Ele foi abordado. Santos relatou aos policiais que foi um dos responsáveis por realizar o transporte de um dos menores e do material até a cadeia.

O material e os detidos foram encaminhados para a Polícia Civil e o caso foi registrado para investigação.

A Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar, está intensificando o patrulhamento e as atenções voltadas para as proximidades da cadeia de Cambé, com o intuito de inibir o acesso de materiais ilegais aos detentos.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.