Após denuncia de evento de carros rebaixados, PM guincha carros irregulares em Cambé

0
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

A Polícia Militar de Cambé apreendeu na tarde do ultimo domingo (19) dois veículos que estavam participando de um encontro de veículos rebaixados no Parque Zezão em Cambé.

Segundo informações este evento estaria sendo realizado de forma clandestina, o que motivou várias denuncias a Polícia Militar, no local a Rotam do Sargento Carlos, Soldados R. Fernandes e Santos com apoio dos Soldados Mandeli e Ferreira apreenderam dois veículos que estavam irregular, e após a chegada a Polícia Militar o evento foi esvaziado.

A Polícia Militar orientou aos proprietários dos veículos apreendidos para que façam a regularização dos veículos.

Os carros rebaixados voltaram a ser legalizados pelo Departamento Nacional de Trânsito, Denatran, desde 2014, com algumas restrições para segurança dos condutores e passageiros que explicamos abaixo.

A modificação da suspensão dos carros rebaixados pode ser feita com uso de mola esportiva, mola preparada, suspensão com rosca ou suspensão a ar, que devem ser instaladas conforme determinações do Conselho Nacional de Trânsito, Contran. O uso de suspensões reguláveis é liberado apenas para veículos com peso de até 3.500 kg.

A regra determinada pelo Contran também limita o nível de rebaixamento em uma altura mínima de 10 cm em relação ao solo ao ponto mais baixo do chassi.

O conjunto de rodas e pneus também não podem tocar a carroceria durante o teste de esterçamento.

Quanto custa um carro rebaixado

As adaptações para rebaixar um veículo podem custar até R$3000 com taxas e mão de obra especializada. Vale lembrar que é importante buscar um mecânico especializado no assunto para não ter problemas na hora de regularizar o veículo.

Confira abaixo as taxas de regularização para modificação do carro segundo Detran do Paraná. As taxas podem variar de estado para estado.

Taxas regularização para carros rebaixados

  • Certificado de Registro de Veículo, CRV – R$ 193
  • Autorização prévia – R$ 17,33
  • Certificado de Segurança Veicular,CSV – R$ 39,66

Como regularizar um carro rebaixado

Para regularizar um carro rebaixado o primeiro passo é solicitar a Autorização Prévia da Autoridade de Trânsito (DETRAN-CIRETRAN) antes de executar a alteração. Após ser feita a modificação no veículo o condutor precisa obter um Certificado de Segurança Veicular, CSV. Para isso o carro rebaixado deve passar por duas vistorias: uma no Detran e outra em uma unidade credenciada pelo Inmetro. Os veículos aprovados recebem o Certificado de Segurança Veicular – CSV. Quem já fez a alteração sem autorização do Detran deve seguir os mesmos passos mas terá que pagar uma multa administrativa no valor de R$ 118,96.   Confira abaixo os documentos necessários para a regularização de carros rebaixados.

  • CRV (Documento do Veículo) ou declaração de extravio;
  • Certificado de Segurança Veicular (CSV);
  • Nota fiscal das peças utilizadas;
  • Nota Fiscal do serviço quando feito por oficina autorizada ou declaração (quando feito por meios próprios), o proprietário deve levar uma declaração específica com firma reconhecida se responsabilizando civil e criminalmente pelo serviço, com todos os dados do veículo e do proprietário;

Carros rebaixados sem autorização do Detran podem ser apreendidos

Dirigir um carro rebaixado sem autorização do Detran é considerado infração gravíssima, com perda de cinco pontos na carteira de motorista e aplicação de multa no valor de R$ 293,48.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.