Copel orienta sobre cuidados com a decoração de natal.

De norte a sul do Brasil, as cidades já começam a ganhar as luzes e o colorido típicos do Natal, com enfeites de casas, edifícios, fachadas, praças, jardins e comércios. A Copel orienta seus consumidores sobre os cuidados na compra, instalação e manuseio desses artefatos para evitar acidentes com choque elétrico e curto-circuito.

O cuidado começa na hora da compra, verificando a procedência e a qualidade dos equipamentos que utilizam energia elétrica, e dando preferência aos que são certificados pelo Inmetro. É importante observar informações como potência, tensão de alimentação e instruções de uso, e os cordões de luzes devem indicar se são próprios para uso interno ou externo por causa da resistência à exposição aos raios solares.

“Também é preciso garantir que os enfeites que utilizam eletricidade sejam compatíveis com a capacidade de carga das instalações elétricas do imóvel, o que evita a sobrecarga”, alerta Oneil Schlemmer, gerente da Segurança do Trabalho da Copel.

INSTALAÇÃO – Durante a instalação ou montagem dos enfeites, deve-se manter distância da rede elétrica, evitando o choque por contato com a rede energizada, e também a ocorrência de quedas. Todas as emendas e conexões devem estar protegidas com fita isolante de boa qualidade para evitar choques e curtos-circuitos.

Somente após a conclusão da decoração é que se pode fazer a ligação dos enfeites na tomada para evitar choque por falhas no isolamento de fios ou nas emendas. Se for preciso trocar lâmpadas, arrumar fios ou mudar os enfeites de lugar, a tomada precisa ser desligada antes.

APROVEITAR – Se a ideia é aproveitar os enfeites comprados em anos anteriores, o alerta é para que se verifique as condições dos mesmos, observando se há fios ressecados, descascados ou rompidos. Nesse caso, o ideal é descartá-los e adquirir novos.

E lembre-se de jamais utilizar a mesma tomada para ligar vários enfeites com o uso de benjamins, pois isso pode ocasionar superaquecimento nos circuitos elétricos e, consequentemente, incêndios. Crianças não devem brincar ou ficar muito próximas dos enfeites com instalações elétricas. E antes de ir dormir ou sair de casa, desligue sempre as luzes.

Agência Estadual de Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.