A Secretaria de Estado da Fazenda iniciou nesta segunda-feira (16/01) a postagem de 3,7 milhões de boletos bancários para o pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) 2012. Os primeiros a receber o documento são os proprietários de veículos com placas com final 1, 2 e 3. No vencimento, é possível realizar o pagamento integral com desconto de 5%.

O governo estadual manteve a mesma alíquota praticada nos últimos anos. São 2,5% para veículos em geral e 1% para ônibus e caminhões. Proprietários de veículos usados deverão pagar, em média, 6% a menos que no ano passado, em função da desvalorização dos automóveis. O valor de referência é a tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Segundo a Inspetora Geral de Arrecadação da Secretaria da Fazenda, Suzane Dobjenski, neste ano o Estado assumiu a emissão dos boletos, enquanto em 2011 o Banco do Brasil foi responsável pela remessa.

De acordo com ela, o Paraná deve arrecadar R$ 1,65 bilhão com a frota existente. A estimativa de arrecadação para 2012, no entanto, é de R$ 1,9 bilhão, por causa da entrada dos veículos novos no mercado e do pagamento de débitos atrasados.

O calendário para pagamento à vista vai de 8 a 24 de fevereiro. A partir de março, começa o pagamento para quem optar pelo parcelamento; sempre no mesmo dia, as parcelas têm vencimento programado para março, abril, maio, junho e julho. A tabela, também de acordo com o final da placa, vence entre os dias 12 e 23 de cada mês.

RECOLHIMENTO – O recolhimento do IPVA pode ser feito, prioritariamente, nos bancos do Brasil e Itaú. Nessas duas instituições, basta apresentar o número do Renavan. Quem preferir pagar em qualquer outro banco, ou na rede de casas lotéricas, deve usar o boleto enviado pelo Correio, desde que esteja com o endereço residencial atualizado no Detran.

Caso o contribuinte não receba o boleto, ou queira antecipar o pagamento, pode imprimir a guia de recolhimento ou ficha de compensação pelo site www.fazenda.pr.gov.br. Na mesma guia aparecem também eventuais débitos anteriores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.