Uma equipe do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmb – FV) aprendeu mais de 1,7 mil metros de redes que estavam instaladas em local onde a pesca é proibida, durante ação realizada nesta quinta-feira (29) na Represa Capivara, a aproximadamente 40 km de Londrina. Também nesta semana, a Força Verde apreendeu mais 2 kg de maconha em Icaraíma, no Noroeste do estado.

Segundo o sargento da 2ª Companhia da Força Verde de Londrina, Julio Cezar da Silva, a apreensão das redes aconteceu em decorrência de uma denúncia feita pelo Ministério Público (MP) de Uraí, município do Norte do Paraná. “As informações eram de que havia pesca profissional e amadora na região que é considerada um berçário para várias espécies de peixes”, conta o policial.

Os policiais em uma lanha se deslocaram até a área encontrando uma grande rede montada que, com três emendas, apresentava uma grande largura. Segundo a PM, o material estava fixo às duas pontas da Represa, característica de um instrumento de pesca profissional. “Felizmente, ainda não haviam pego muitos peixes. Encontramos apenas dois pintados presos, que soltamos logo em seguida”, diz Julio Cezar. Há dois meses, a Força Verde, a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (SEAB) e o Ministério Público de Uraí promoveram a soltura na Represa Capivara de aproximadamente 100 mil exemplares juvenis de pacu, o que atraiu pescadores para a região.

“Os peixes foram soltos em área de pesca proibida. A denúncia tratava de uma possível cobiça a esses animais por parte de pescadores”, lembra o policial. A represa Capivara é localizada em uma área afastada no distrito rural de Ibiaci. Há várias lagoas em suas margens, que são áreas de pesca proibida. Lá podem ser encontrados Corvinas, Pacus, Surubins, Pintados, Piaparas e Corimbas ainda em estágios primários de desenvolvimento.

De acordo com a legislação, ao pescar em locais proibidos, o suspeito estará sujeito a responder de forma administrativa (através de multa que varia entre R$ 700,00 e R$ 100.000,00), cível (com possível reparação do danos causados ao Ecossistema) e criminalmente (por meio de detenção de um a três anos), além de ser de fundamental importância o apoio da sociedade através de denúncias feitas ao telefone 0800 643 03 04 (Disque Denúncia da Força Verde).

Maconha – Policiais da 2ª Cia da FV apreenderam 2,4 kg de maconha, que estavam em uma residência da área rural do Município de Icaraíma na última quarta-feira (30). A denúncia anônima tratava da receptação de um motor gerador de energia furtado há poucos dias. “No decorrer das vistorias, percebemos um comportamento suspeito do dono da casa, que sinalizava algo para um menor de idade. Quando o adolescente tentava sair da casa, o interceptamos com a droga”, conta o sargento.

“O Proprietário da casa tem 39 anos e foi autuado por tráfico de drogas e já possuía antecedentes de receptação de mercadorias ilegais”, disse ainda o policial. O menor de idade foi apreendido e encaminhado junto com o detido e o entorpecente para a Delegacia de Polícia local, para as providências cabíveis.

Fotos: BPAmb – FV

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.