O Globo

Manchete : Divulgação de vídeo obsceno gera críticas a Bolsonaro. Após polêmica, presidente diz que ato era ‘crime’, mas defende carnaval. A decisão de Jair Bolsonaro de compartilhar um vídeo de um ato obsceno entre dois homens num bloco gerou críticas de adversários e apoiadores e repercutiu até no exterior. Em nota, o governo disse que o presidente ficou escandalizado com a cena, mas não quis criticar o carnaval. (Pág. 4)
Com Marielle presente, Mangueira é campeã. Escola conquista vigésimo título; Imperatriz e Império Serrano são rebaixados. A Mangueira conquistou seu vigésimo título do carnaval com um enredo que exaltou “o Brasil que não está no retrato” e seus heróis esquecidos, uma homenagem à vereadora Marielle Franco, cujo assassinato completa um ano daqui a uma semana, e ainda sem solução.A Beija-Flor terminou em décimo primeiro lugar, seu pior resultado em mais de quatro décadas. Nos blocos, o engajamento e a solidariedade ficaram em alta. Mas também houve violência, desorganização e sujeira. (Pág. 15 a 20)

Setor aéreo
Governo acelera privatização de aeroportos (Pág. 21)

Imposto de Renda
Começa a entrega do IR; dicas para evitar a malha fina (Pág. 24)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Equipe critica e Bolsonaro tenta explicar tuíte de carnaval
Repercussão negativa gerou crítica de apoiadores; em nota, Planalto afirma que vídeo ‘violenta valores familiares’. A repercussão do tuíte de Jair Bolsonaro com um vídeo em que dois homens aparecem em atos obscenos no carnaval causou desconforto no núcleo central do governo, gerou críticas de opositores e apoiadores e fez com que o Planalto divulgasse nota para explicar a postagem. Aliados alertaram o presidente de que o tuíte foi considerado “inapropriado” e “chocante” – monitoramento das redes sociais indicou que 69% das mensagens sobre o episódio eram negativas. Na nota, o Planalto argumenta que o vídeo escandalizou grande parte da sociedade. “É um crime, tipificado na legislação, que violenta os valores familiares.” A atual divisão do setor de comunicação preocupa a equipe de governo. A área é “repartida” entre o grupo do porta-voz, general Otávio do Rêgo Barros, que atua em pautas positivas, o de Carlos Bolsonaro, que fomenta polêmicas, e o da Secretaria de Comunicação. POLÍTICA / PÁG. A4 – Previdência ganha só 5 posts – Prioridade do governo, a reforma da Previdência foi assunto de apenas cinco mensagens de Bolsonaro no Twitter desde 1º de janeiro. A maior parte dos textos traz saudações a aliados, seguidas por mensagens com conteúdo ideológico. (PÁG. A4)

Governo quer promover concorrência entre sindicatos
O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o governo vai propor o fim da obrigatoriedade de que exista somente um sindicato por categoria profissional numa mesma base territorial. Objetivo do fim da unicidade sindical – que mudaria a estrutura atual das centrais sindicais – é permitir a concorrência e “estimular a melhoria da prestação de serviços aos associados” Economia / Pág. B1

CCR fecha leniência e vai baixar pedágio em 30% no PR
Em acordo de leniência fechado com o Ministério Público, a Rodonorte, empresa do grupo CCR, se compromete em reduzir em 30%, por um ano, tarifas de pedágio nas praças operadas pela empresa no Paraná. A companhia reconheceu o pagamento de propina para ser beneficiada em concessões no Estado. No total, a Rodonorte foi multada em R$ 750 milhões. O acordo precisa ser homologado. Economia/ Pág. B6)

Ex-Dersa pega 145 anos de prisão
Paulo Vieira de Souza foi condenado a 145 anos por desvios de R$ 7,7 milhões no Rodoanel Sul. Lava Jato pediu suspeição de Gilmar Mendes nos casos de Souza. POLÍTICA / PÁG. A10
William Waack – A era do Twitter sepultou o racionalismo da diplomacia. Pior ainda quando a política externa fica com amadores arrogantes. POLÍTICA / PÁG. A8
Zeina Latif – A julgar pelo pobre histórico brasileiro de mudanças amplas, o risco de uma reforma modesta da Previdência é real. ECONOMIA / PÁG. B3

Notas & Informações
O debate sobre o pacote anticrime
As discussões travadas entre membros das cúpulas do Executivo e do Judiciário indicam que há mais pontos de convergência do que de divergência. Esse diálogo é fundamental. Pág. A3

Lá fora, o quadro é inquietante
Governo terá de cuidar da economia num ambiente global marcado por muita incerteza. Pág. A3
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Ministro me chamou para ser laranja, diz candidata pelo PSL
Marcelo Álvaro Antônio teria usado campanha de Zuleide Oliveira em Minas para desviar verbas do fundo eleitoral. Postulante a deputada estadual pelo PSL-MG em outubro, Zuleide Oliveira diz que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a chamou pessoalmente para ser candidata-laranja, com o compromisso de que ela devolvesse à sigla parte dos recursos do fundo eleitoral. Esta é a primeira acusação a implicar diretamente o ministro no esquema de candidaturas de laranjas, revelado pela Folha em fevereiro. O caso levou à queda de Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral) e é investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público de Minas. “Minha candidatura foi usada para fazer parte de uma lavagem de dinheiro do partido”, afirma Zuleide em entrevista à reportagem. Álvaro Antônio diz não se lembrar de encontros com Zuleide e nega ter feito a ela oferta ou pedido de devolução de valores. (Poder A4) Criticado por vídeo, Bolsonaro nega ataque ao Carnaval. Opositores e aliados de Jair Bolsonaro (PSL) reagiram negativamente às publicações obscenas do presidente em rede social. Ontem à noite, ele disse que “não houve intenção de criticar o Carnaval de forma genérica, mas sim caracterizar uma distorção clara do espírito momesco”. (Poder a5) Paulo Preto recebe pena de 145 anos a 1 dia de prescrição
O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza foi condenado ontem a 145 anos de prisão. A sentença, a segunda no âmbito da Operação Lava Jato, foi dada um dia antes de ele completar 70 anos, quando a acusação prescreveria. (Poder A12)

Capitalização será opção a trabalhador ainda na ativa
O texto da reforma da Previdência abre espaço para que o trabalhador na ativa possa, através de conta virtual, aderir à capitalização — na qual faz poupança particular para ser sacada após a aposentadoria. A alternativa é vista com ressalvas por especialistas porque, caso não seja bem implementada, pode prolongar o rombo nas contas públicas. (Mercado A16)

Envio da declaração do IR à Receita pode ser feito a partir de hoje (A17)

CCR admite propina e reduzirá tarifa de pedágio no Paraná (A12)
————————————————————————————

A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.