19.4 C
Cambé
sexta-feira, maio 24, 2024

Manchete nos Jornais desta Segunda-feira, 17 de Junho de 2019

0:00

Escute a noticia. Clique no Player acima!

O Globo

Manchete : Após ataque de Bolsonaro, Levy deixa o BNDES
Paulo Guedes quer nome com experiência no setor privado para comandar banco estatal
Menos de seis meses após assumir o comando do BNDES, Joaquim Levy entregou sua carta de demissão. A decisão foi anunciada um dia após o presidente Jair Bolsonaro dizer que ele estava com a “cabeça a prêmio”. A gota d’água foi a nomeação de diretor que havia trabalhado no governo do PT, o que desagradou a Bolsonaro.
Especialistas criticaram a interferência do presidente, e fontes afirmam que a equipe econômica pode ter dificuldades para escolher um substituto com o perfil pretendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que busca um nome com experiência no setor privado. (Página 17)

Maia diz que nova crise não afeta reforma (Página 17)

Leis propostas não consideram dados técnicos (Página 4)

Demétrio Magnoli
É grave o ato de criminalizar a verdade (Página 3)

40 milhões sem luz na Argentina e no Uruguai
Um gigantesco apagão,inédito, atingiu a Argentina e o Uruguai, afetando mais de 40 milhões de pessoas. A falta de energia começou às 7h da manhã, mas à noite ainda havia regiões argentinas sem luz. A poucos meses das eleições,a oposição aproveitou para atacar o presidente Macri. (Página 19)

Polícia investiga se marido de deputada foi executado
O pastor evangélico Anderson do Carmo, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD), foi morto ontem com mais de dez tiros na garagem de casa, no bairro de Pendotiba, em Niterói. A polícia investiga a hipótese de uma desavença familiar estar por trás do assassinato. (Página 11)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Sem Levy, BNDES deverá concentrar privatizações
Após ameaça presidencial, executivo pede demissão e equipe econômica avalia mudança no papel do banco
Com a saída de Joaquim Levy, que pediu demissão ontem após o presidente Jair Bolsonaro ameaçar dispensá-lo, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deverá passar por uma reformulação em sua forma de atuação. A equipe econômica avalia concentrar a gestão das privatizações no banco, que já tem papel auxiliar no programa, além de colocar em prática promessa de Bolsonaro de abrir a “caixa-preta” da instituição e reforçar sua “despetização”. Um dos mais cotados para a vaga é o secretário de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, que esteve com Bolsonaro várias vezes nos últimos dias. Também fazem parte da lista o economista Gustavo Franco, atual presidente do conselho do BNDES, Carlos Thadeu de Freitas, ex-diretor do banco, e Solange Vieira, presidente da Superintendência de Seguros Privados (Susep). POLÍTICA / PÁGS. A4 e A8

Governo estuda imposto menor para celular e computador
O presidente Jair Bolsonaro disse ontem que o governo estuda reduzir o imposto sobre importação de produtos como celulares e computadores, de 16% para 4%. Em publicação no Twitter, ele afirmou que o objetivo da medida é “estimular a competitividade e a inovação tecnológica”. O corte nas tarifas de importação não precisa passar pelo Congresso. Bastam a decisão do presidente e a aprovação pela Câmara de Comércio Exterior, vinculada ao Ministério da Economia. ECONOMIA / PÁG. B3

Cresce número de brasileiros reincidentes na inadimplência
O número de brasileiros reincidentes na inadimplência – que conseguiram pagar dívidas atrasadas nos últimos 12 meses, mas voltaram a ficar com nome sujo – está em alta. Segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do SPC Brasil, eles representaram em média 27% dos inadimplentes entre janeiro e maio deste ano ante 24,9% do total no mesmo período de 2018. ECONOMIA / PÁGS. B1 e B4

Prazo para corte de juros divide ex-diretores do BC (Economia / Pág. B7)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Atacado, Levy se demite do BNDES
Ministro da Fazenda sob Dilma, executivo foi criticado publicamente por Bolsonaro; é a 1a baixa na equipe econômica
Depois de ser atacado publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) no sábado, o economista Joaquim Levy pediu demissão da presidência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) ontem de manhã.
Foi a primeira baixa na equipe montada pelo ministro Paulo Guedes, da Economia, que não procurou defender o auxiliar.
Bolsonaro disse que Levy, titular da Fazenda no segundo mandato de Dilma Rousseff (PT), estava “com a cabeça a prêmio” devido a sua intenção de nomear um diretor também com passagem pela administração petista.
O Palácio do Planalto também cobrava, segundo relatos, venda de ativos em poder do BNDES, devolução de recursos ao Tesouro Nacional e revelações acerca de empréstimos concedidos pela instituição durante os governos de Dilma e de Luiz Inácio Lula da Silva. (Mercado A15)

Bolsonaro intensifica fritura de auxiliares às vésperas da ida de Moro ao Congresso (Poder A4)

Renda no futebol não segue gênero, mas o mercado
ENTREVISTA DA 2a – Kasper Rorsted
Atletas homens e mulheres não devem necessariamente receber os mesmos salários e premiações.
A afirmação é de Kasper Rorsted, presidente global da Adidas, patrocinadora da Copa, que decidiu igualar os bônus pagos nos Mundiais de futebol masculino e feminino (Pág. A4)

Marcus Melo
Bolsonaro é um dos beneficiários do caso Moro
O retorno ao status quo que marcou a campanha favorece o presidente, que se afirma como liderança antipetista e antissistema. Recrudesce intensamente a polarização. (Opinião A2)

Inquérito apura cabide de emprego no Sebrae paulista
Inquérito civil em São Paulo apura se integrantes da cúpula estadual do Sistema S usaram o Sebrae para empregar parentes e aliados. Um dos alvos da investigação, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, nega irregularidades. (Poder A8)
————————————————————————————

📲 Siga o Portal Cambé no Instagram: @portalcambe
📲 Participe do nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/K6R666pxmUqLtqZ1uRcWiU
📲 Quer anunciar no Portal Cambé, entre em contato com nosso departamento comercial: *Contato: - (43) 9.9954-5270

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Eu Aceito a Política de Privacidade

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Redes Sociais

150,000FãsCurtir
44,604SeguidoresSeguir
50,000SeguidoresSeguir
1,633SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
spot_img
Podologia Cambé
https://miliozzi.com.br/loja/
WhatsApp chat