Ação unificada: PF identifica 130 ligados à violência em protestos; Relatório da Polícia Federal, compartilhado com as polícias de São Paulo e Rio, identifica 130 pessoas suspeitas de ligação com as atividades criminosas durante as manifestações. (…) O documento aponta ainda possível articulação com grupos do exterior para dar apoio financeiro aos detidos pela PM…- As distorções do seguro-desemprego; Cresce o número de pessoas que, mesmo com oferta de emprego, preferem ficar em casa recebendo o benefício ou no mercado informal. (…) Entre 2002 e 2012 os pagamentos de seguro-desemprego saltaram de R$ 5,7 bilhões para R$ 25,7 bilhões. Uma das principais razões é a alta rotatividade. Estudo mostra que, entre os jovens, sete em cada 10 trabalhadores deixam o emprego ao longo de um ano. Segundo especialistas, num cenário de praticamente pleno emprego, muita gente pede para ser demitida para sacar o FGTS e sabe que será contratada de novo…

O Globo

Manchete: Pressão nas bombas – Governo cede e Petrobras pode aumentar gasolina

Reajuste deve começar a valer ainda este ano, seguindo proposta da estatal Diferença de preços em relação ao mercado internacional já impõe perdas à empresa O governo deve autorizar a Petrobras a reajustar o preço da gasolina ainda este ano para cobrir parte da defasagem em relação ao mercado internacional, que já chega a 17,2%. O aval deve ser dado na próxima reunião do Conselho de Administração da empresa, no dia 22. Até semana passada, o governo estudava uma metodologia alternativa à proposta da Petrobras, mas teria concordado em implementar a política da estatal. (Págs. 1 e 21)

Ação unificada: PF identifica 130 ligados à violência em protestos

Relatório da Polícia Federal, compartilhado com as polícias de São Paulo e Rio, identifica 130 pessoas suspeitas de ligação com as atividades criminosas durante as manifestações. É a primeira iniciativa da parceria na área de inteligência para combater a violência nos atos. O documento aponta ainda possível articulação com grupos do exterior para dar apoio financeiro aos detidos pela PM. (Págs. 1 e 5)

Motoristas evitam o caos

As previsões pessimistas não se confirmaram, e o primeiro dia útil sem o Elevado da Perimetral não deu o nó no trânsito que se esperava. O caos foi evitado graças aos motoristas que usaram o transporte coletivo, optaram por rotas alternativas para chegar ao Centro ou saíram mais cedo para o trabalho. Nova ligação entre o Elevado do Gasômetro e a Praça Mauá, a Via Binário do Porto permite passeio por uma área do Rio antigo pouco explorada por cariocas e turistas. (Págs. 1, 10 e 12)

Turbulência egípcia: Julgamento de Mursi é adiado

Em sua primeira aparição pública desde o golpe que o depôs do cargo, em julho, o primeiro presidente eleito da História do Egito, Mohamed Mursi, negou-se a vestir roupa de presidiário no tribunal que o julgará por incitação à violência. “Eu sou o presidente legítimo do Egito. É o líder do golpe que deve ser trazido a julgamento” afirmou. O início do julgamento foi adiado para janeiro. (Págs. 1 e 26)

Na mira da Ficha Limpa: Justiça de SP condena Maluf

O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) foi condenado ontem por improbidade administrativa. Por ser decisão de um colegiado, ele poderá ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa e ficar impedido de disputar eleições. (Págs. 1 e 3)

Violência brasileira: Total de estupros supera homicídios

Em 2012, o Brasil registrou 50.617 estupros — total que supera o de homicídios dolosos (47.136) e é considerado alarmante. Para especialistas, o aumento pode ser resultado do estímulo maior à notificação. (Págs. 1 e 7)

Privatização: Galeão atrai seis consórcios

Seis consórcios têm interesse na privatização do aeroporto do Galeão, no próximo dia 22. No caso de Confins, em Minas, empresas querem novas regras para disputar o leilão, que poderá ter ágio mínimo. (Págs. 1 e 25)

Ciência: Corrida espacial

A Índia vai a Marte Em sua mais ambiciosa missão espacial, a Índia lança hoje uma nave não tripulada para Marte. (Págs. 1 e 28)

Colunistas: Merval Pereira

Nova proposta de Roberto Carlos ameaça imprensa livre. (Págs. 1 e 4)

Transporte de presos: Presidente do TJ critica insegurança

A presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Justiça do Rio, Leila Mariano, criticou a falta de segurança no transporte de presos para audiências. Semana passada, tentativa de resgate de detento acabou com uma criança e um PM morto em Bangu (Págs. 01 e 15)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Prefeitura fará pente-fino e vai cobrar ISS de 15 construtoras

Empresas que pagaram propina e sonegaram o imposto nos últimos 5 anos terão de ressarcir o município O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciou que as 15 construtoras suspeitas de envolvimento no esquema de fraude no recolhimento do ISS na gestão de Gilberto Kassab (PSD) serão chamadas para prestar esclarecimentos e ressarcir os cofres públicos. Ele disse que as empresas responsáveis por grandes empreendimentos terão de apresentar as notas de pagamento do tributo. Um pente-fino será feito nas grandes obras. “Pretendemos recuperar a memória de cálculo nos últimos cinco anos porque o recolhimento desses tributos não prescreveu”, disse Haddad. Até ontem, somente a incorporadora Brookfield assumiu ter pago propina a fiscais, num total de R$ 4,1 milhões. Vanessa Caroline Alcântara, ex-amante de Luis Alexandre Cardoso Magalhães, fiscal preso que delatou o esquema, disse sentir “medo” e procurou o Ministério Público Estadual. (Págs. 1 e Metrópole A12 a A14) Secretário sofre pressão Fernando Haddad saiu em defesa do secretário de Governo, Antonio Donato, citado em escutas da investigação de fraude na Prefeitura. Mas crescem as pressões internas para que o secretário e afaste do cargo. (Págs. 1 e A14)

TJ condena Maluf à perda de direitos políticos

O Tribunal de Justiça de SP condenou o deputado Paulo Maluf (PP-SP), de 82 anos, à suspensão dos direitos políticos por 5 anos em ação de improbidade administrativa na qual é acusado de superfaturamento em obras do Túnel Ayrton Senna. O colegiado impôs ao deputado e às empreiteiras Constran e GBPO pagamento de R$ 42,28 milhões. A sanção terá eficácia só com trânsito em julgado, e a defesa anunciou que recorrerá ao Superior Tribunal de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal. Maluf escapa da Lei da Ficha Limpa porque no processo não é imputado a ele enriquecimento ilícito e poderá se candidatar em 2014. (Págs. 1 e Política A4)

Grupo Clarín cria plano para atender a Lei de Mídia

O Grupo Clarín apresentou um plano de adequação voluntária à Lei de Mídia, mesmo discordando da legislação imposta pelo governo Kirchner. O grupo informou que separará suas concessões de TV, rádio e internet em seis unidades empresariais, respeitando os limites estabelecidos pela lei. A empresa diz que seguirá lutando na Justiça para preservar seus ativos. (Págs. 1 e Internacional A6) Análise: The Washington Post Um jornal sitiado e um governo enfraquecido Autoridades do governo de Cristina Kirchner, derrotado nas eleições parlamentares, alegam que a lei pretende impedir monopólios de mídia. (Págs. 1 e A8)

Dado contradiz deputado e presidente do Cade

Registros revelam que o deputado licenciado Simão Pedro (PT), denunciante do cartel dos trens, levou informações ao presidente do Cade, Vinícius Marques de Carvalho, apesar de os dois negarem ter se encontrado. (Págs. 1 e Política A5)

Crise fiscal foi inventada, diz secretário do Tesouro

A política fiscal brasileira está sob “ataque especulativo”, disse o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. Após reação negativa do mercado financeiro ao déficit das contas públicas, o secretário rejeitou a avaliação de que os preços dos títulos públicos, das taxas de juros e do câmbio já embutem prêmio adicional decorrente do risco de piora fiscal no País. Segundo Augustin, o superávit primário das contas públicas de outubro “foi bom”. (Págs. 1 e Economia B1)

MP quer anular votação do aumento do IPTU

O Ministério Público Estadual ajuizou uma ação na qual questiona a legalidade da aprovação do aumento do IPTU, realizada em sessão sem prévia convocação dos vereadores para o fim específico de apreciar aquele matéria. (Págs. 1 e Metrópole A15)

STF julgará recurso do mensalão nos dias 13 e 14 (Págs. 1 e Nacional A5)

Irã lembra tomada da embaixada americana (Págs. 1 e Internacional A10)

Dora Kramer

Rolando lero Reunião ministerial já foi coisa séria. A última, durante os protestos, produziu meia dúzia de anúncios cujas consequências inexistem. (Págs. 1 e Política A6)

Thomas L. Friedman

Chamando os EUA: Alô? Alô? Os governantes americanos não apenas deixaram de ser inovadores; eles são incapazes até mesmo de copiar boas ideias. (Págs. 1 e Visão Global A9)

José Paulo Kupfer

Ovo ou galinha A teoria de que déficits fiscais empurram transações correntes para déficits volta a se repetir, mas essa vinculação continua inconclusiva. (Págs. 1 e Economia B4)

Notas & Informações

As marcas de junho Pesquisa da ONG Latinobarômetro não traz resultados de que Dilma Rousseff possa se orgulhar. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: O jeitinho distrital de ganhar sem trabalhar

Os deputados driblaram a Lei Orgânica e criaram regras internas na Câmara Legislativa para facilitar a justificativa à gazeta nas sessões, evitando a cassação do mandato e garantindo o salário integral. (Pág. 1 e 25)

Fotolegenda: Um transplante de vida ou morte

As 67 sibipirunas que estão sendo retiradas do canteiro central da Estrada Parque Aeroporto correm o risco de não sobreviver à mudança de lugar. Planalto está preocupado com atraso nas obras do balão da dona Sarah. (Págs. 1, 27 e Brasília-DF, 6)

Quem tem medo de voto aberto

A lista é grande: apenas cinco dos 16 partidos com representação no Senado prometem votar pelo fim do sigilo em todas as votações do legislativo. Diante da perspectiva sombria, já se pensa em reduzir o alcance do texto. (Págs. 1 e 2)

O médico com ficha na polícia

Yasser Arafat Salinas Cury começa a trabalhar esta semana em Manaus no programa Mais Médicos. Autuado pela Polícia Civil do Amazonas por exercício ilegal da profissão, ele não tem registro no CRM. (Págs. 1 e 4)

A vergonhosa escalada dos estupros no Brasil (Págs. 1 e 7)

A nova revolução chinesa

Desde a modernização liberal de Deng Xiaoping, no fim dos anos 1970, os chineses não testemunhavam um ciclo de reforma tão radical para aumentar a abertura da economia do país ao capital estrangeiro. (Págs. 1 e 11)

Venezuela convoca o Papai Noel

Quase sete meses depois de assumir o poder, Nicolás Maduro, sucessor de Chávez, antecipa o Natal e cria um vice-ministério da Felicidade Social. Com essas medidas, ele espera superar a crise econômica. (Págs. 1 e 14)

Fotolegenda: Azul, a cor da prevenção

A iluminação do Congresso Nacional marca, em novembro, a campanha contra o câncer de próstata. Só no Brasil, foram 60 mil casos da doença em 2012. (Págs. 1 e 7)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: As distorções do seguro-desemprego

Cresce o número de pessoas que, mesmo com oferta de emprego, preferem ficar em casa recebendo o benefício ou no mercado informal Entre 2002 e 2012 os pagamentos de seguro-desemprego saltaram de R$ 5,7 bilhões para R$ 25,7 bilhões. Uma das principais razões é a alta rotatividade. Estudo mostra que, entre os jovens, sete em cada 10 trabalhadores deixam o emprego ao longo de um ano. Segundo especialistas, num cenário de praticamente pleno emprego, muita gente pede para ser demitida para sacar o FGTS e sabe que será contratada de novo. A operadora de caixa desempregada Ana Clara Almeida, de 22 anos, já teve duas propostas de trabalho, mas as recusou. Só pretende voltar a trabalhar depois de receber mais duas parcelas do seguro. Para evitar isso, o governo estuda exigir que o desempregado faça cursos de reciclagem para ter acesso ao benefício. (Págs. 1 e 11)

Minas exporta menos para EUA

Com a crise, mercado norte-americano cai de segundo para quinto destino de vendas mineiras, atrás da China, Holanda, Argentina e Japão. (Págs. 1 e 10)

Condenado, Maluf fica inelegível

O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) foi condenado pelo Tribunal de Justiça por improbidade administrativa devido a desvio de verba em obra, quando era prefeito de São Paulo. Com isso, ele fica impedido de disputar eleições por cinco anos. Maluf nega estar inelegível e pretende recorrer. (Págs. 1 e 6)

Morte de JK: Comissão da verdade de SP quer ouvir legista

Um médico, cujo nome está mantido em sigilo, que viu os corpos de JK e de seu motorista no dia do suposto acidente que os matou está sendo procurado. (Págs. 1 e 4)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Estupros superam homicídios no Brasil

Anuário Brasileiro de Segurança mostra que o número de crimes sexuais (50.617) superou o de homicídios dolosos (47.136) em 2012. Revelação do estudo foi considerada alarmante. (Págs. 1 e 6)

Bike brasileira é a mais cara

Estudo mostra que as bicicletas de padrão internacional comercializadas no Brasil têm os preços mais altos do mundo. Valores cobrados no País chegam a ser 114% acima dos praticados nos Estados Unidos. (Págs. 1 e Economia 1)

Brasileiro agredido na Austrália tem morte cerebral (Págs. 1 e 10)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Trânsito está matando menos em 2013 no RS

Até setembro, houve 1.477 mortes, contra 1.550 do mesmo período em 2012. Se a tendência se mantiver, pode ser o menor índice em quatro anos. (Págs. 1 e 26)

Em 2014: Central terá galeria para estrangeiros

Durante a Copa, quem se meter em confusão e for preso será levado a ala do presídio da Capital. (Págs. 1 e 39)

Caso Molinas: Justiça condena PMs por morte de coronel

No crime ocorrido um ano atrás, soldados da BM teriam tentado roubar arsenal de militar. (Págs. 1 e 37)

Decisão unânime: Condenado, Maluf pode ficar fora da eleição

Político recebeu punição por superfaturar obra. (Págs. 1 e 6)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Elétricas entram no leilão da ANP para escapar da Petrobras

A francesa GDF Suez, a paranaense Copel, a Eneva, controlada por Eike Batista e pela alemã E.ON, e a norte-americana R2 Energy foram habilitadas pela ANP para a 12ª rodada, marcada para o próximos dias 28 e 29. O grupo, assim como a indústria, tem o interesse de buscar alternativas de acesso ao gás, atualmente dominado pela estatal. (Págs. 1, 4 e 5)

Dívida estadual: Mudança de indexador esbarra em novo conflito

Estados com menor fatia do ICMS condicionam apoio a São Paulo a mudanças na arrecadação do tributo no comércio eletrônico. Votação no Senado pode ser adiada. (Págs. 1 e 6)

Mais antenas para melhorar 3G e 4G

Diretor da Vivo, Leonardo Capdeville, diz que sem mais infraestrutura será impossível garantir a qualidade da banda larga móvel no país. (Págs. 1, 12 e 13)

Relatório D.C.: Fernando de Noronha dá lição para quem tem mais recursos (Págs. 1 e 8)

Juros: Bancos fogem de risco com consignado mas cobram caro (Págs. 1, 20 e 21)

Pagamentos: BC avisa que sistema eletrônico ainda terá mais regras (Págs. 1 e 22)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.