Após a construção de uma faixa de pedestres elevada na rua Espanha, pais de alunos do Centro Municipal De Educação Infantil Dr Daisaku Ikeda localizado na Av. Canadá em Cambé pedem para que prefeitura faça a obra também na frente do centro de educação.

Segundo informações levantadas pelo Portal Cambé o pedido já foi protocolado na prefeitura de Cambé em outubro de 2019, mas até o presente momento não obtiveram retorno do executivo municipal de quando a obra seria executada, ainda segundo eles o a construção precisava de analise e de um projeto.

O questionamento veio após a construção da faixa de pedestre elevada próximo a paróquia, que chegou a prefeitura em caráter de urgência.
“Mas qual é mais importam? Em frente a uma escola onde circulam crianças todos os dias, ou em um local onde o fluxo só é maior uma ou duas vezes por semana?”. Questionou um pai de aluno.

“O local é usado como ponto de acesso ao centro de educação, algo que exige a uma faixa de pedestre, devido ao grande fluxo de veículos, foi tomada a iniciativa de solicitar a construção da faixa de pedestre elevada. ” Disse Rodrigo Martinelli Valduga

Vale lembrar que em frente as escolas e obrigatório ter no mínimo uma faixa de pedestre.
Conforme a Resolução 495/14, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), sobre o assunto, a altura dessas faixas deve ser igual à altura da calçada, desde que não ultrapasse 15 cm.

Nota da Prefeitura de Cambé:
O Portal Cambé entrou em contato com a prefeitura mas não recebeu o retorno até o fechamento da matéria.

Oficio enviado a prefeitura de Cambé em 2019:

A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

2 COMENTÁRIOS

  1. Entendo a preocupação. Eu estudei naquele local quando era a escola Helena Kolody…..antigo Colégio Alemão….e até hj NUNCA vi um acidentes que merecesse num maior cuidado….e.moro a.meis quadra deste local….ter cuidado é importante….mas quebra mola JAMAIS…..O maior erro é as Vans…..deveriam ter acesso internou para recolher as crianças….como é na Escola Nossa Senhora Auxiliadora….e quando acaba de reclhwr6 as crianças TEMOS QUE AGUENTAR ESTES QUEBRA MOLAS3 NOS FINAIS DE SEMANA3 E NOS HORÁRIOS QUE NÃO NECESSITAM??? Tenha SANTA
    PACIÊNCIA… Cambé é a Terra dos quebra molas!!! Toda esquina tem um!!! Temos que acabar com isso,!!!
    Vamos fazer uma educação de trânsito!!Daqui a pouco todas as escolas vão pedir…..Sejamos coerentes!! Londrina tem isso?? Rolândia tem isso??? São Paulo tem isso…isso se chama IGNORÂNCIA!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.