As adolescentes Mônica Silveira Dionizio, 14 anos, e Larissa Cintia Soares, 12, que estavam desaparecidas desde a tarde de quinta-feira, quando sairam de casa para irem à escola, foram reencontradas hoje à tarde.

Mônica estava em Maringá, e Larissa em Paiçandu, ambas na casa de amigos. Encaminhadas de volta para Campo Mourão, elas disseram na delegacia que preferem ficar em um abrigo a voltar para suas casas. Elas, no entanto, não disseram o motivo da rejeição da família.
         As duas contam que foram a pé até Maringá. “Primeiro fomos a Paiçandu, e chegamos até a casa de um amigo da Larissa. Depois eu queria ir para Maringá, mas a Larissa não quis me acompanhar e fui sozinha”, disse Mônica. Em Maringá, a adolescente relatou que ficou na casa de um conhecido do amigo de Larissa.
         Uma reportagem da RPC sobre o caso, mostrando imagens das adolescentes fez com que um dos moradores identificasse Mônica. “Na hora eu desliguei a televisão, mas ele disse que a gente deveria voltar para casa”, completou. A polícia foi comunicada e as duas foram encaminhadas de volta para Campo Mourão. “Vamos falar para o Conselho Tutelar que queremos ficar em um abrigo”.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.