A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

Correio Braziliense

Manchete: GDF anuncia aumento e concurso para a Polícia Civil.
Estes terão paridade salarial com servidores da Polícia Federal, também receberão reajuste salarial de 37% dividido em seis parcelas, duas a cada ano, até atingir o percentual total, em 2021. O preenchimento de 1.800 vagas para Polícia Civil a ser divulgado em abril, prevê contratação de 1,5 mil agentes e 300 escrivões, o salário inicial dos cargos é de R$ 8.698,78.

Exército abre 1.100 vagas para Escolas de Sargentos das Armas.

Marinha Lança edital do curso de formação de fuzileiro naval.

Tucano lavava e secava propina

PF no coração do Sistema S

Taxação maior a supersalários na Previdência
Alíquota menor para quem ganha salário mínimo – hoje é de 8% e cairia para 7,5% e de até 22% para servidores públicos que ganham acima do teto constitucional atualmente de R$39,3 mil. O texto prevê idade mínima de 62 anos para a aposentadoria de mulheres e de 65 para homens. No poder Legislativo mostra especialista a aposentadoria é, em média, 19 vezes maior que a de trabalhadores da iniciativa privada. Pg 2
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Com base de apoio incerta, Bolsonaro leva reforma à Câmara
Um dia antes de receber texto da Previdência, plenário impõe derrota ao Planalto
O presidente Jair Bolsonaro apresenta hoje, na Câmara, o texto da reforma da Previdência elaborado pela equipe do ministro Paulo Guedes (Economia). Com a iniciativa, o presidente assume a articulação da base de apoio e tenta dissipar dúvidas sobre seu empenho pessoal na aprovação da reforma. A visita ocorre um dia após a primeira derrota do governo no Congresso. Ontem, o Planalto não conseguiu maioria simples para manter o decreto que amplia para funcionários comissionados e de segundo escalão o poder de impor sigilo de documentos públicos. Por 367 votos a favor, 57 contrários e 3 abstenções, o projeto foi incluído na pauta como urgente. O PSL ficou praticamente isolado e o presidente do partido, o deputado Luciano Bivar (PE), votou contra o Planalto. Hoje, Bolsonaro se reúne pela manhã com a bancada de seu partido. O Senado aprovou convite para o ex-ministro Gustavo Bebianno falar sobre sua demissão. (POLÍTICA / PÁG. A4)

Vera Magalhães
Derrotas de ontem foram recado: Bolsonaro não sabe o que o espera se insistir em lidar com o Congresso de forma desorganizada ou, pior, impositiva. (PÁG. A6)

Previdência deve prever mínimo de 20 anos de contribuição
Reforma da Previdência prevê exigência de 40 anos de contribuição para que segurados do INSS recebam aposentadoria integral, respeitando o teto do benefício, hoje em R$ 5,8 mil. O tempo mínimo passaria a ser de 20 anos – hoje são 15 –, quando o contribuinte teria direito a 60% do benefício. A cada ano adicional, são somados dois pontos porcentuais. As regras só valem para os que ganham acima de um salário mínimo. (ECONOMIA / PÁGS. B1 e B4)

Idosos de baixa renda
Governo prevê resistência às regras do benefício para idosos de baixa renda, mas quer manter modelo “em fases”, com valores crescentes. (PÁG. B4)

Lava Jato diz que ex-Dersa era operador da Odebrecht
Na 60.ª fase da Lava Jato, a PF prendeu pela 3.ª vez o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza. Além de ser apontado como arrecadador do PSDB, ele é acusado de ser operador da Odebrecht. Souza teria repassado R$ 100 milhões de propinas a políticos. A PF também fez buscas em imóveis do ex-senador Aloysio Nunes (PSDB-SP). (POLÍTICA / PÁG. A10)

Presidente da CNI é investigado
Robson Andrade foi preso em operação da PF que investiga fraudes em contratos com o Ministério do Turismo e o Sistema S. Ele foi solto ontem mesmo. (ECONOMIA / PÁG. B6)

Ministro declarou R$ 400 mil em dinheiro vivo
Suspeito de envolvimento em esquema de candidaturas laranjas, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, declarou à Justiça Eleitoral em 2018 ter R$ 400 mil em espécie. O valor é 280% maior do que ele disse ter em 2016. Receita e Coaf monitoram candidatos que declaram altos valores em espécie. (POLÍTICA / PÁG. A8)

Moro ameniza tom sobre caixa 2
O ministro Sérgio Moro (Justiça) cumprimenta Paulo Guedes (Economia) durante a entrega do pacote de leis anticrime ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (ao centro); Moro admitiu ter havido pressão para que a proposta de criminalização do caixa 2 fosse separada das demais. Ele disse que caixa 2 ‘não é tão grave’ como o crime de corrupção. (POLÍTICA / PÁG. A8)

Ford vai fechar fábrica em São Bernardo
Em busca do “retorno à lucratividade sustentável”, a Ford anunciou sua saída do mercado de caminhões na América do Sul e o fechamento da fábrica de São Bernardo. Grande parte dos cerca de 3 mil trabalhadores será demitida. (ECONOMIA / PÁG. B10)

Brasil confirma envio de ajuda à Venezuela (INTERNACIONAL / PÁG. A12)

Monica de Bolle
Lavação de roupa suja da semana passada deixa claro que urgências do governo passam longe do ajuste das contas públicas. (ECONOMIA / PÁG. B2)

Notas&Informações
Não basta baratear o emprego
O governo deveria cuidar da criação de empregos em vez de carregar a bandeira de uma nova e ainda muito mal explicada reforma trabalhista. (PÁG. A3)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Áudios confrontam Bolsonaro
Conversa colide com versão do presidente, que chamou Bebianno de mentiroso; ala militar se queixa da influência dos filhos
O presidente Jair Bolsonaro conversou com o ex-ministro Gustavo Bebianno no dia 12 de fevereiro. E eles falaram do esquema de candidaturas laranjas do PSL, revelado pela Folha dois dias antes. Áudios das conversas, divulgados ontem pela revista Veja, confrontam a versão que o presidente e seu filho Carlos tornaram pública e derivou na crise que acabou na exoneração de Bebianno. O ex-ministro foi chamado de mentiroso pelos dois por ter dito que conversara com o presidente naquele dia. Tentava com isso atenuar sua situação após a revelação do escândalo. Bebianno declarou ontem à rádio Jovem Pan que foi demitido por Carlos Bolsonaro. Para ele, o filho “fez uma macumba psicológica na cabeça do pai”. “O presidente precisa dar um basta nisso.” A ala militar também está preocupada com a influência dos irmãos Bolsonaro. Em reunião com o presidente, generais alertaram que o governo precisa de um freio de arrumação. (Poder A4)

Análise – Daniela Lima
Bolsonaro oculta crise em sua comunicação direta (A6)

Clóvis Rossi
Cargo de presidente não prevê ‘foro íntimo’ (A6)

Governo fatia tramitação de pacote de Sergio Moro
O governo dividiu em três partes o pacote anticrime proposto pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, apresentado ontem à Câmara. A alteração nas regras de competência da Justiça Eleitoral e a criminalização de caixa dois tramitarão em textos separados. Ao anunciar a mudança, Moro atenuou a gravidade deste crime em relação à corrupção, o que não fez enquanto juiz. (Poder a10)

Presidente da CNI é alvo de operação que apura fraude no Sistema S
Operação da Polícia Federal em parceria com o Tribunal de Contas da União prendeu ontem o presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Braga de Andrade, em Brasília. A investigação mira uma suposta organização criminosa que usa ONGs e empresas de fachada para celebração, desde 2002, de contratos que chegam a R$ 400 milhões com Sistema S e o Ministério do Turismo. Do valor total dos contratos, R$ 398,5 milhões foram celebrados com o Sesi. O restante, que engloba cinco contratos de R$ 300 mil cada um, foi firmado com o Ministério do Turismo. Robson Andrade foi solto no início da noite, após audiência de custódia feita por videoconferência. Em nota, a CNI afirmou que o presidente prestou esclarecimentos à PF e que o caso Será esclarecido. (Mercado A25)

Câmara derruba decreto que altera regras da Lei de Acesso
O texto segue para análise do Senado e, se aprovado, anulará decreto assinado pelo vice-presidente. Episódio marca a primeira derrota do governo no plenário — o presidente do PSL, Luciano Bivar, votou pela derrubada do texto. Em resposta, Jair Bolsonaro indicou Fernando Bezerra (MDB) para líder do governo no Senado. (Poder a5)

Lava Jato prende Paulo Preto e o leva para Curitiba
O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza foi preso ontem na 60a fase da Lava Jato. Ele é suspeito de operar propina da Odebrecht para o PSDB, manter um bunker com R$ 100 milhões em espécie e usar desvios para pagar a ex-diretores da Petrobras. O caso migrou para a Justiça no Paraná. A ação mirou também o ex-chanceler Aloysio Nunes, que se desligou da gestão João Doria. (Poder A12)

Ford vai fechar fábrica em São Bernardo do Campo neste ano
De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a unidade emprega 2.800 funcionários, além de terceirizados. Segundo o Dieese, uma cadeia de 24 mil empregados deve ser afetada. A medida faz parte do plano de reestruturação global da montadora americana, que deixará o mercado de caminhões na América do Sul. (Mercado A17)

Cancelamento de encontro sobre reforma contraria base
O presidente Jair Bolsonaro desistiu de realizar uma reunião prévia para explicar a reforma da Previdência a líderes partidários. Siglas simpáticas à proposta argumentam que, sem articulação política, deputados tendem a criar opinião pessoal sobre o texto. Na esteira da crise envolvendo a saída de Gustavo Bebianno, Bolsonaro irá à Câmara hoje para entregar a reforma. (Mercado A27)

Território brasileiro poderá ser usado para ajuda à Venezuela (A15)

Críticas alemãs veem mitificação e recorte racial em filme sobre Marighella (C3)

Editoriais
Palavra em xeque
A respeito de conversa entre Bolsonaro e Bebianno (A2)

PF nas ruas
Sobre operações policiais de alto impacto político (A2)
————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.