O desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná, Antônio Loyola Vieira concedeu na data de sexta-feira ( 26), um habeas corpus concedendo liberdade ao motorista do veículo VW Polo que provocou o acidente que vitimou uma família em um acidente registrado no dia 30 de setembro na PR 445 próximo ao Distrito da Warta.
Segundo o desembargador, o acusado Ricardo Martins Morais, 39 anos, deverá cumprir algumas exigências como, comparecer ao fórum sempre que solicitado, não deixar a cidade, avisar a justiça em caso de mudança de endereço e não manter contato com testemunhas. A carteira de habilitação de Ricardo será suspensa.
No acidente provocado pelo motorista morreram na hora 4 pessoas de uma mesma família (Adna Simões, Fernando Alfonso e as filhas Sofia e Poliana) que estavam em um veículo Renault Megane.
O condutor do caminhão em que Ricardo bateu, também morreu na madrugada do último dia 24 de outubro, devido a complicações de saúde que teve após o acidente.  No dia do acidente, Luiz Carlos de Miranda foi atendido e levado à  Santa Casa em Cambé, sendo liberado, horas após o fato, porém teve complicações com o passar dos dias. O homem foi internado, mas acabou morrendo em um hospital de Londrina.
Londrina News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.