15.4 C
Cambé
domingo, maio 26, 2024

MANCHETE DOS JORNAIS DESTA SEGUNDA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2023

0:00

Escute a noticia. Clique no Player acima!

OS RATOS TEM APETITE
Matéria: Pressa de centrão por cargo desgasta ministros de Lula
Padilha tem feito série de reuniões para identificar os entraves na articulação política, que vão de nomeações a festas juninas. A insatisfação de parlamentares com a gestão Lula (PT) tem gerado embates entre membros do governo. As queixas sobre ministros vão de descumprimento de ordens para nomeações e liberação de recursos até patrocínio para festas juninas. Deputados e senadores reclamam ainda de dificuldades no Ministério da Cultura. Contam que pedidos de patrocínio para festas juninas foram negados sob argumento de falta de tempo hábil para execução, tendo recorrido à Caixa. No banco, o tempo para liberação pode consumir 40 dias. No Ministério da Educação, até petistas têm se queixado da relutância do ministro em aceitar indicações de seus companheiros de partidos. Cobrado, Camilo Santana afirmou ter recebido carta branca de Lula para montagem de sua equipe direta. Outra fonte de dificuldades está no Ministério da Saúde, alvo de cobiça inclusive do PP. Petistas reclamam que a ministra Nísia Trindade definiu as nomeações no ministério sem consultar os demais partidos e até mesmo os pares.
Nota: E o enredo segue no mesmo clima em todos os ministérios e secretarias criadas, já inchadas de vagas para atender o número dos queixosos e pacificar os manos. E o custo Brasil se ampliam com mais gastos e sem espaços para benefícios fiscais e ainda mais, com aumento dos tributos, o meu e o seu imposto pra pagar tudo isso. (Folha)

ENQUANTO ISSO – MAIS FOME ONDE O LEÃO RUGE MAIS ALTO – SISTEMA JUDICIÁRIO
Um projeto de lei apresentado pelo TJ de São Paulo para elevar as taxas judiciárias enfrenta resistência de advogados. A tarifa inicial para quem ingressa com uma ação passaria de 1% para 1,5% do valor da causa, um acréscimo de 50%. As taxas são cobradas de quem apresenta uma ação na Justiça. Os valores costumam ser pagos por advogados e depois devolvidos pelo cliente, que pode solicitar ao juiz a isenção por falta de recursos.
Os valores praticados atualmente no estado estão previstos em uma lei de 2003, e a cobrança ocorre em diferentes etapas do processo judicial. Segundo a proposta apresentada em outubro de 2021, a taxa inicial aumentaria de 1% do valor da causa para 1,5%, ou seja, um acréscimo de 50%. Outros custos também seriam elevados.O TJ-SP afirma que o aumento das taxas é necessário para tornar o valor mais “condizente com o custo do serviço público prestado”. Em 2022, o tribunal arrecadou cerca de R$ 1,5 bilhão com taxas processuais no estado, quase 10% do orçamento atual, de R$ 15 bilhões.Se for aprovado pela Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), a previsão é de um aumento de R$ 400 milhões na arrecadação, que, segundo o TJ, seria usado para melhorar a estrutura dos prédios dos fóruns, sistemas e equipamentos de informática e instalar novas varas. (Folha)

O MUNDO DOS DITADORES
Nunca foi tão difícil se livrar dos ditadores
É um tema cuja urgência fezse impossível de ignorar desde a criminosa invasão que o ditador russo lançou contra o vizinho democrático em sua fronteira. Mas não é apenas um problema russo: dos campos de concentração que o governo chinês mantém em Xinjiang ao férreo controle sobre a dissidência que Teodoro Obiang mantém desde 1979 sobre a Guiné Equatorial, no mundo de hoje governam ao menos 39 ditadores (sem contar os 8 reis, emires e sultões que governam unipessoalmente).Desses 39 ditadores hoje no poder, 20 exercem seu poder irrestrito na África, outros 14 na Ásia, 3 na América Latina e 2, e 2 na Europa. Três ditadores comandam arsenais nucleares – Vladimir Putin, Xi Jinping e Kim Jong-un, que tem o apoio declarado do Lula. Outros tiranizam países de grande peso geoestratégico, como Egito, Cuba e Vietnã. E entre eles se encontram os chefes de muitos dos países mais pobres do mundo: Burundi, Laos, Nicarágua e muitos outros mais, cuja miséria se deriva, em muitos casos, da liderança incompetente e corrupta do ditador. Sair de um ditador hoje é muito mais difícil do que era um par de gerações atrás. A solução clássica era o exílio. Figuras como Idi Amin, em Uganda, ou Baby Doc Duvalier, no Haiti, souberam que, chegado o momento, poderiam se eximir de suas responsabilidades embarcando discretamente num avião com malas cheias de dinheiro e aposentando-se em uma luxuosa mansão, preferivelmente no sul da França. Coisas assim já não ocorrem. Tiranos hoje são derrubados com menor frequência e, quando se vão, deixam o caos. APEGO AO PODER. Quando a alternativa ao poder absoluto é morrer na cadeia e perder o acesso às enormes fortunas que os ditadores, suas famílias e seus testas de ferro acumularam, não deve surpreender que os tiranos se aferrem ao poder por qualquer meio. Em parte por isso, o processo ocorrido em alguns países onde os ditadores deixavam o poder nas mãos de líderes democráticos agora é incomum. São raros os casos nos quais protestos de rua combinados com apoio das forças armadas e partes da comunidade internacional conseguem desalojar o antigo ditador. REPRESSÃO. Isso acontece com frequência cada vez menor. (Estado)

O ESTADO DE S.PAULO

China tem papel fundamental no desempenho das vendas para fora do País
Cenário externo ajuda e balança comercial pode bater recorde
‘O problema do Brasil é a insegurança’
STF volta a analisar piso nacional de enfermagem
‘Arranjo do arcabouço é pior do que o do teto de gastos’
Sob Lula, desmate avança 22% e a Amazônia perde 21 árvores por segundo Crise leva argentinos a emigrar em número recorde ao Brasil

O GLOBO

Governo precisa de mais R$ 110 bi em receitas para zerar déficit em 2024
Despoluição é negocio promissor para petrolíferas
Planeta aquecido: Quase metade da população da Terra já enfrentou extremos de calor recentes

FOLHA DE S.PAULO

Crédito privado começa a dar primeiros sinais de recuperação
Com restrição no crédito, consórcio atrai mais jovens
Crise leva argentinos a emigrar em número recorde ao Brasil
O Consenso de Brasília e o direito internacional
Trabalho híbrido continua, mas novas vagas abertas são presenciais
Local de trabalho pode ajudar homens a vencer a solidão
Cooperativas reforçam pleito de R$ 410 bi para safra
Agro Amazônia investe em estrutura própria para beneficiar sementes em MG

📲 Siga o Portal Cambé no Instagram: @portalcambe
📲 Participe do nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/K6R666pxmUqLtqZ1uRcWiU
📲 Quer anunciar no Portal Cambé, entre em contato com nosso departamento comercial: *Contato: - (43) 9.9954-5270

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Eu Aceito a Política de Privacidade

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Redes Sociais

150,000FãsCurtir
44,604SeguidoresSeguir
50,000SeguidoresSeguir
1,633SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
spot_img
Podologia Cambé
https://miliozzi.com.br/loja/
WhatsApp chat